Mais de 90% dos usuários deixam de comprar na internet por causa do valor do frete

European Parliament / Flickr

-

Com a crise econômica dos últimos dois anos, muitas lojas virtuais brasileiras deixaram de oferecer um dos maiores atrativos para quem gosta de comprar só pela internet: o frete grátis.

E isso tem refletido na hora de concluir uma transação: de acordo com um relatório da Cuponomia, site que reúne cupons de desconto das principais varejistas online do país, mais de 90% dos usuários já desistiram de uma compra devido ao valor cobrado pela entrega dos produtos.

Os moradores da região Nordeste são os que sentem o maior impacto, uma vez que os principais centros de distribuição das varejistas ficam localizados no Sudeste.

Segundo a pesquisa, 60% dos consumidores nordestinos têm maior preferência por compras com frete grátis, e outros 35% não adquirem nenhum item online todos os meses – a média é de apenas uma vez por mês, ou menos.

Na região Sudeste, por sua vez, 58% dos clientes realizam compras até duas vezes por mês em sites da internet. Cerca de 60% dos consumidores dos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo compram, em média, duas vezes ou mais por mês.

Com as múltiplas ofertas de produtos e a praticidade das compras pela internet, 43% dos consumidores afirmam que já gastaram mais que o planejado nas compras online, sendo que 11% sempre ultrapassam o orçamento programado.

As datas mais esperadas são os feriados de Natal e Dia das Mães, além da Black Friday, dos quais 1 em cada 4 usuários diz esperar sempre essas datas especiais para comprar o que desejam.

Cupons de desconto

Outra constatação do estudo é que cresceu o número de consumidores que adotam cupons de descontos oferecidos pelas varejistas online. Esse mercado teve um aumento de 20% em 2016 em comparação com o ano anterior.

O Distrito Federal é o local onde foi registrada a maior taxa de penetração desses códigos promocionais, duas vezes maior que em São Paulo.

No ano passado, o Cuponomia registrou mais de 15 milhões de cupons de descontos utilizados em compras online e foi responsável por gerar mais de R$ 500 milhões em faturamento para o e-commerce, um aumento de aproximadamente 70% em comparação a 2015.

Na América Latina, o Brasil é o país com maior número de buscas por cupons de descontos online, seguido pelo México, Argentina e Colômbia. Nos últimos três anos, a procura por cupons cresceu 130% no território nacional.

Segundo a pesquisa, o preço dos produtos no e-commerce costuma ficar entre 5% e 15% mais baratos que nas lojas físicas. Os usuários que utilizam cupom de desconto chegam a economizar em média 20% a mais por compra. Mais de 50% desses usuários afirmam que os cupons podem motivá-los a fazer compras que não estavam planejadas.

A maioria dos e-consumidores que utiliza os cupons para conseguir economizar um pouco mais nas compras são mulheres (56%), entre 25 a 34 anos (47%), que ganham até dois salários mínimos (50%), com ensino médio (34%) e superior completo (24%).

Os estados com maior número de usuários são: São Paulo (36%), Rio de Janeiro (15%) e Minas Gerais (12%). A maior parte (68%) dos consumidores utiliza seus cupons via dispositivos móveis.

A pesquisa da Cuponomia foi realizada entre os períodos de 8 a 14 de novembro e 7 a 17 de dezembro de 2016. O estudo tem uma taxa de confiança de 95%, e a margem de erro pode variar em 6 pontos percentuais para mais ou para menos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mark Zuckberg abre guerra contra seus funcionários ao não banir posts de Trump

E eis que Mark Zuckerberg terá semanas agitadas pela frente no que se refere à administração de seus funcionários. Isso porque o CEO e co-fundador do Facebook afirmou na última terça-feira que não fará nada …

Em 24 horas ocorrem 11 terremotos na área do Parque de Yellowstone

O parque nos EUA, conhecido por suas características geotérmicas e vida selvagem, está situado em cima de um supervulcão que, se entrar em erupção, pode causar enorme devastação na Terra. Em 24 horas, em uma área …

Mais uma vez os Simpsons previram tudo que está acontecendo nos EUA agora

Os roteiristas de “Os Simpsons ” ficaram conhecidos por prever diversos acontecimentos mundiais, da eleição de Donald Trump ao final de Game of Thrones. Parece que a bola de cristal da animação voltou a funcionar …

Brasil ultrapassa 30 mil mortes por covid-19

Em novo recorde, país registra 1.262 óbitos em um dia, elevando total para 31.199. Casos confirmados em 24 horas passam de 28 mil, chegando a 555.383. Apenas Reino Unido, Itália e EUA contabilizam mais de …

Suécia vai abrir “CPI da Covid-19” para saber se governo fez bem ao não isolar a população

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Suécia tem ido na contramão de seus vizinhos. O país escandinavo preferiu manter um ritmo quase normal em suas atividades e não impôs o confinamento …

Uber testa modalidade que permite ao usuário reservar carro por hora

Na tentativa de achar novas fontes de receita para seu negócio de corridas compartilhadas, seriamente afetado pela COVID-19, a Uber está testando uma nova modalidade, focada nos passageiros que precisam fazer viagens mais longas e …

Revelada razão de comportamento instável de estrelas perto dos centros galácticos

Estrelas de ramo horizontal extremo são mais brilhantes e têm um ciclo de vida inferior ao das estrelas comuns, de acordo com um novo estudo. Os astrônomos estudaram o comportamento de um tipo especial de estrelas, …

Trump ameaça acionar Forças Armadas para conter protestos

No 7.º dia de manifestações antirracismo, Presidente dos EUA critica inação de governadores e promete enviar milhares de soldados para pôr fim a distúrbios. Visita de Trump a igreja é criticada como tentativa de autopromoção. O …

Não é apenas o coronavírus: surto de ebola retorna ao Congo

Foi confirmada, pelo ministro da Saúde do Congo, a descoberta de novos casos de Ebola na província de Équateur. O último surto do vírus altamente mortal ocorreu em 2018 e matou 33 pessoas no país. O …

Coronavírus: São Paulo se prepara para reabertura com 70% de leitos ocupados

O governo estadual de São Paulo ordenou a reabertura gradual dos estabelecimentos comerciais a partir dessa terça-feira (2). A gestão diz se basear no índice de infecções do novo coronavírus por cidade. Mesmo com 70% …