Afinal, o funeral da Princesa Diana foi uma mentira

PaddyBriggs / Wikimedia

Funeral de Diana de Gales, Princesa do Povo, 6 de setembro de 1997

Funeral de Diana de Gales, Princesa do Povo, 6 de setembro de 1997

Em 6 de setembro de 1997 todo o mundo estava de olhos atentos ao caixão em que a Princesa Diana descansaria eternamente. A urna seguia em uma carruagem – e depois em uma viatura fechada – e atrás caminhavam o Príncipe Charles, os filhos William e Harry, com 15 e 12 anos na época, e Charles Spencer, irmão de Diana.

Durante os mais de 13 quilômetros de cortejo fúnebre, o mundo acompanhou o caixão da princesa de Gales pelas ruas de Londres, desde o Palácio de Saint James até a Abadia de Westminster.

No entanto, aparentemente, tudo o que foi visto é mentira. Pelo menos a parte do caixão, que estaria vazio. Quem garante é a jornalista Concha Calleja, que investigou o assunto e publicou tudo no livro “Diana. Réquiem por una mentira“.

“William e Kate Middleton sabem que a princesa Diana foi cremada e enterrada com os Spencer. Ele e o irmão Harry sempre souberam. E a evidência mais forte é que visitaram a Igreja da Virgem Santa Maria, um dia antes do seu casamento”, contou a autora do livro, lançado em 24 de junho, à Vanitatis.

A jornalista não tem pudores em afirmar que toda a suposta mentira é um escândalo. “O cortejo fúnebre de Diana em Londres era de mais de 13 quilômetros e foi liderado pelos seus dois filhos, seu ex-marido e seu irmão. E o melhor de tudo é que acompanhavam uma caixa de madeira sem restos mortais porque Diana já estava enterrada na cripta familiar do pai. Pura encenação. E um insulto para os que a amavam”, assegurou Concha.

Segundo afirma na entrevista, a cripta da Igreja da Virgem Santa Maria é a mesma que aloja a família Spencer há 20 gerações, e era lá que Diana queria ser enterrada, tendo dito isso mesmo no testamento que deixou.

Mas, supostamente, o corpo teria sido sepultado no mausoléu criado em uma ilha artificial em Althorp – como o próprio irmão, conde de Spencer, disse.

“Para desvendar todas essas mentiras recolhi provas forenses, provas policiais, entrevistas, imagens e documentos não publicados. A primeira vez que visitei a pequena ilha artificial de Althorp, propriedade da família Spencer e na casa de Diana, onde eles dizem que ela foi enterrada e para onde centenas de turistas que viajam todos os anos para a homenagear. É sabido que o seu irmão Charles, o nono Conde de Spencer, se apressou em construir um grande mausoléu, que se tornou hoje em todo um negócio”, continuou.

Para aumentar a dúvida, a cripta dos Spencer foi aberta no dia 1º de setembro de 1997 e fechada apenas em 4 de setembro. O acidente que matou Lady Di no túnel de Alma, em Paris, foi no dia 31 de agosto.

“O mais alucinante é que os moradores com quem falei na minha investigação mantêm que, na noite de 4 de setembro, o crematório de Great Brington estava funcionando e ninguém tinha falecido naquela área de 150 habitantes. Apenas poucos se atreveram a reconhecer com sinceridade que a versão oficial sobre o enterro da princesa não é aquela transmitida oficialmente nos últimos 20 anos”, disse a jornalista.

20 anos depois da morte da “Princesa do Povo”, sua morte continua bem presente.

// ZAP

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sarcófago de 'supervisor dos tronos' é desenterrado no Egito

Um sarcófago de pedra calcária e várias estatuetas funerárias ushebti foram descobertas na cidade egípcia de Minya, por uma missão arqueológica do país, liderada por Mostafa al-Waziry, o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do …

Trump não se compromete com transferência pacífica de poder

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recusou-se a se comprometer com uma transferência pacífica de poder caso seja derrotado na eleição presidencial de 3 de novembro. "Vamos ver o que vai acontecer", disse Trump, ao …

TikTok impõe restrições em anúncios de emagrecimento para combater gordofobia

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (23) uma série de novas regras que restringem a veiculação de anúncios de aplicativos e suprimentos de emagrecimento dentro da plataforma. Segundo o comunicado oficial da rede social, o objetivo das …

Volkswagen vai indenizar ex-trabalhadores que denunciaram ditadura militar no Brasil

A subsidiária da montadora alemã Volkswagen anunciou que vai indenizar ex-trabalhadores por violações de direitos humanos no Brasil. Como reconhecido pela própria empresa, seus serviços de segurança interna colaboraram com a ditadura militar brasileira …

Coreia do Sul acusa Norte de ter matado brutalmente um de seus funcionários desaparecido

A Coreia do Sul afirmou que um dos funcionários de seu Ministério dos Oceanos e Pesca foi morto e queimado após ter desaparecido durante o serviço no mar. O funcionário de 47 anos teria desaparecido nesta …

Pedaço de gelo quase do tamanho do Recife se descola da última plataforma do Ártico

Um pedaço de quase 110 quilômetros quadrados de gelo se desprendeu da última plataforma de gelo da Groenlândia, chamada de Nioghalvfjerdsfjorden ou 79N. A título de comparação, o tamanho da parte que se soltou equivale …

Blue Origin quer criar habitats espaciais comerciais já na década de 2020

Parece que a Blue Origin, empresa de Jeff Bezos focada em voos espaciais comerciais, está mesmo querendo entrar no novíssimo e vindouro mercado de habitats na órbita da Terra — e pode ter a NASA …

Brasil é líder em conflitos socioambientais na Amazônia

Dono da maior extensão de Floresta Amazônica, o Brasil também é campeão em conflitos socioambientais na região. Um levantamento inédito comparando a situação de quatro países mostrou que, dos 1.308 confrontos registrados em 2017 e …

Lukashenko toma posse em cerimônia secreta em Belarus

O presidente de Belarus prestou juramento, nesta quarta-feira (26), em uma cerimônia mantida em sigilo. Este é o sexto mandato do chefe de Estado, no poder há 26 anos. "Alexander Lukashenko prestou juramento no idioma bielorrusso, …

Pássaros sacrificados como oferenda aos deuses são encontrados no Egito

Milhões de aves, que teriam sido utilizadas como oferenda aos deuses Hórus, Rá ou Thoth foram encontradas por uma equipe de arqueólogos no Egito. Os arqueólogos da Universidade Claude Bernard Lyon estavam trabalhando nas escavações de …