Arqueólogos descobrem enorme metrópole maia na Guatemala

(dr) Blue Media / National Geographic

Metrópole Maia descoberta usando a técnica LIDAR

Pesquisadores encontram, sob densas florestas do país centro-americano, dezenas de milhares de construções, que sugerem que civilização maia tinha milhões de habitantes a mais do que se pensava.

Usando uma tecnologia de mapeamento aéreo, uma equipe internacional de pesquisadores descobriu, debaixo das densas florestas da Guatemala, pelo menos 60 mil casas, prédios, pirâmides e outras construções da civilização maia até então desconhecidas.

Anunciada nesta quinta-feira (02/02), a descoberta está sendo considerada um marco na arqueologia maia. O achado inclui campos de agricultura de tamanho industrial e canais de irrigação, e sugere que ali viviam milhões de pessoas a mais do que se pensava.

A descoberta foi feita na região de El Peten, que faz fronteira com o México e o Belize. Por trás do trabalho, que se estendeu por dois anos, estiveram pesquisadores americanos, europeus e guatemaltecos.

É uma revolução na arqueologia maia”, disse Macello Canuto, um dos pesquisadores à frente do projeto. Segundo ele, o achado significa que os maias tinham uma população de 10 milhões de pessoas. “Isso é duas ou três vezes mais habitantes do que se dizia antes.”

Os pesquisadores usaram uma técnica chamada “Lidar”, Light Detection and Ranging, uma espécie de escâner que, instalado em uma aeronave, mapeou uma aérea superior a 2 mil quilômetros quadrados por meio de sensores.

Agora não é necessário cortar a mata para ver o que há por baixo“, afirmou Canuto. De acordo com o pesquisador da Universidade de Tulane, a tecnologia permite descobrir em tempo relativamente curto o que demoraria décadas por meio da arqueologia tradicional.

Uma das revelações do estudo foi uma nova pirâmide de 30 metros, que antes havia sido identificada como um morro natural em Tikal, o principal sítio arqueológico guatemalteco. Também foi verificado um sistema de fosso e muralha de 14 quilômetros no mesmo local.

As imagens revelam, sobretudo, que os maias alteraram a paisagem local de forma muito mais ampla do que se pensava. Em algumas regiões, 95% da área era de terras cultiváveis.

A agricultura era muito mais intensa e sustentável do que pensávamos, eles cultivavam cada canto de terra”, disse o pesquisador Francisco Estrada-Belli. “Eles modificaram a paisagem de forma inimaginável.”

O maias, segundo ele, chegaram a drenar áreas pantanosas para usar na agricultura. O extenso sistema de muros, fortificações e canais de irrigação sugerem, além disso, uma força de trabalho altamente organizada.

A civilização maia teve seu esplendor entre os anos 1.000 a.C. e 900 d.C., continuando a se desenvolver durante todo o período pós-clássico, até a chegada dos conquistadores espanhóis. Foi uma das mais avançadas da Mesoamérica devido à sua matemática e engenharia sofisticadas, que lhe permitiram se espalhar ao largo das áreas hoje conhecidas como América Central e México.

Sua rica cultura, que incluía língua escrita, arquitetura, artes e sistemas astronômicos, se expandiu pelos territórios que atualmente abrangem Guatemala, México, Belize, El Salvador e Honduras. Seus descendentes vivem na região até hoje.

As revelações do estudo, apoiado pela Fundação Patrimônio Cultural e Natural Maia, serão exibidas em um documentário que estreará em 11 de fevereiro pelo canal de TV da National Geographic.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

TikTok impõe restrições em anúncios de emagrecimento para combater gordofobia

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (23) uma série de novas regras que restringem a veiculação de anúncios de aplicativos e suprimentos de emagrecimento dentro da plataforma. Segundo o comunicado oficial da rede social, o objetivo das …

Volkswagen vai indenizar ex-trabalhadores que denunciaram ditadura militar no Brasil

A subsidiária da montadora alemã Volkswagen anunciou que vai indenizar ex-trabalhadores por violações de direitos humanos no Brasil. Como reconhecido pela própria empresa, seus serviços de segurança interna colaboraram com a ditadura militar brasileira …

Coreia do Sul acusa Norte de ter matado brutalmente um de seus funcionários desaparecido

A Coreia do Sul afirmou que um dos funcionários de seu Ministério dos Oceanos e Pesca foi morto e queimado após ter desaparecido durante o serviço no mar. O funcionário de 47 anos teria desaparecido nesta …

Pedaço de gelo quase do tamanho do Recife se descola da última plataforma do Ártico

Um pedaço de quase 110 quilômetros quadrados de gelo se desprendeu da última plataforma de gelo da Groenlândia, chamada de Nioghalvfjerdsfjorden ou 79N. A título de comparação, o tamanho da parte que se soltou equivale …

Blue Origin quer criar habitats espaciais comerciais já na década de 2020

Parece que a Blue Origin, empresa de Jeff Bezos focada em voos espaciais comerciais, está mesmo querendo entrar no novíssimo e vindouro mercado de habitats na órbita da Terra — e pode ter a NASA …

Brasil é líder em conflitos socioambientais na Amazônia

Dono da maior extensão de Floresta Amazônica, o Brasil também é campeão em conflitos socioambientais na região. Um levantamento inédito comparando a situação de quatro países mostrou que, dos 1.308 confrontos registrados em 2017 e …

Lukashenko toma posse em cerimônia secreta em Belarus

O presidente de Belarus prestou juramento, nesta quarta-feira (26), em uma cerimônia mantida em sigilo. Este é o sexto mandato do chefe de Estado, no poder há 26 anos. "Alexander Lukashenko prestou juramento no idioma bielorrusso, …

Pássaros sacrificados como oferenda aos deuses são encontrados no Egito

Milhões de aves, que teriam sido utilizadas como oferenda aos deuses Hórus, Rá ou Thoth foram encontradas por uma equipe de arqueólogos no Egito. Os arqueólogos da Universidade Claude Bernard Lyon estavam trabalhando nas escavações de …

Navalny deixa hospital em Berlim

Oposicionista russo recebe alta após um mês de tratamento para curar envenenamento por agente neurotóxico do tipo Novitchok. Médicos dizem que recuperação total é possível, mas não sabem estimar efeitos de longo prazo. O oposicionista russo …

Governo pede suspensão de filme da Netflix após acusações de pedofilia

Após diversas acusações de pedofilia nas redes sociais ao filme Lindinhas, que estreou com exclusividade na Netflix, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos pediu a suspensão e investigação sobre sua distribuição …