O Chile tentou vender a Ilha de Páscoa aos nazistas

Um livro recente revela que o governo chileno queria vender a Ilha de Páscoa à Alemanha de Hitler, de modo a reforçar sua frota naval. O presidente Alessandri pediu o equivalente a cerca de R$ 3,7 milhões pelo mítico território insular.

Mario Amorós é o autor do livro Rapa Nui: Una herida en el océano no qual revela que, em 1937, decorreram negociações para vender a Ilha de Páscoa, território isolado no Oceano Pacífico a 3.700 quilômetros da costa chilena, à Alemanha nazista.

Até hoje, sabia-se apenas que o país, governado por Arturo Alessandri entre 1920 a 1925 e entre 1932 a 1938, tentou que os americanos, japoneses e britânicos se interessassem pela ilha, mostrando-se disponível a aliená-la a quem apresentasse a melhor oferta.

Ao El País, o historiador Amorós contou que Alessandri apostava em reforçar sua frota naval porque a Argentina, país que formara com o Peru e a Bolívia uma aliança que ameaçava os interesses chilenos, encomendou oito vasos de guerra aos estaleiros britânicos.

Para o Chile, a ilha de Páscoa era, sobretudo, um lugar marcado pelo estigma da lepra. Para o poder político, era um território distante cedido à Marinha e alugado a uma empresa privada, ou seja, “tinha muito pouco valor“, conta Mario Amorós.

Essa percepção do território, aliada às consequências da grave crise econômica internacional desencadeada com o crash da bolsa americana de 1929, fez com que o Chile quisesse vender a ilha, pedindo cerca de 1 milhão de dólares pelo território (cerca de R$ 3,7 milhões).

Amorós decidiu estudar os negócios secretos que envolveram a Ilha de Páscoa e o governo de Hitler, depois de ter tomado conhecimento da investigação realizada por um especialista nas Forças Armadas chilenas, o historiador húngaro Ferenc Fischer.

Segundo o Público, Fischer tinha encontrado provas de que o governo do Chile mantivera conversas com os nazistas, entre elas um documento, datado de 1937, que resumia uma conversa entre o embaixador do führer em Santiago e o ministro dos Negócios Estrangeiros chileno, destinada a averiguar se a proposta de venda era séria.

Dessa forma, o livro de Amorós é o resultado de um rigoroso trabalho de pesquisa, e nele o historiador explica que só os britânicos explicaram a razão de as negociações mantidas secretas durante décadas não chegarem a avançar.

“Descartaram a compra da ilha porque consideraram que, do ponto de vista militar, seu valor era escasso”, afirma o historiador espanhol.

Além disso, acrescenta, tanto Londres como Washington fizeram questão de frisar que não era conveniente que a ilha fosse parar nas mãos de nenhuma das potências que viriam a encabeçar o Eixo (Alemanha, Itália e Japão).

Com base em muita documentação, a obra de Amorós conta também a história de um povo e de um território desde os primeiros vestígios de ocupação humana encontrados por lá.

Aliás, “Rapa Nui“ é o nome que seus habitantes deram à Ilha de Páscoa, designação que decorre do fato de a descoberta pelos europeus (atribuída ao explorador holandês Jacob Roggeveen) ter ocorrido precisamente no domingo de Páscoa de 1722.

O governo do Chile trabalha, atualmente, em uma lei que irá permitir à ilha readquirir oficialmente seu nome local. Além disso, na quarta-feira (1º), entrou em vigor uma norma, proposta pelo governo de Sebastián Piñera, que limita o acesso de turistas à ilha como medida de proteção da sua fauna e flora.

“Essa ilha é mágica, todo mundo quer visitá-la, mas também é uma ilha delicada que temos de proteger. A nova lei tem como objetivo regular o turismo”, disse o presidente.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

NASA não consegue “despertar” Opportunity, a sonda adormecida em Marte

Os especialistas da NASA não conseguiram reestabelecer ligação com a sonda marciana Opportunity, embora o volume de pó na atmosfera de Marte já tenha reduzido a níveis muito próximos dos normais, revelou a agência norte-americana. “Neste …

Centenas de argentinos fazem renúncia coletiva ao catolicismo

Quase duas semanas depois da rejeição da legalização do aborto pelo Senado argentino, centenas de cidadãos participaram de uma apostasia coletiva no último fim de semana em Buenos Aires. O objetivo dos manifestantes era não apenas …

Cientistas identificam destino fatal da perdida 8ª Maravilha do Mundo

Os Terraços Rosa e Branco da Nova Zelândia, conhecidos como a 8ª Maravilha do Mundo, desaparecerem misteriosamente há mais de 130 anos. Agora, um grupo de cientistas acredita ter descoberto o que levou ao fatídico …

Revelada identidade das múmias do enorme sarcófago preto do Egito

No início de julho, um enorme sarcófago negro foi descoberto em Alexandria, no Egito. O misterioso túmulo foi aberto dias depois e os especialistas identificaram no interior três múmias danificadas pela água que tinha se …

2 mil anos depois, a rede de estradas romanas ainda gera riquezas

“Todos os caminhos levam a Roma”. Todo mundo já ouviu dizer e a ciência já nos mostrou que o ditado popular é realmente verdade. Um novo estudo mostra agora que a riqueza gerada pelas estradas …

Com apenas 3 anos, Ophelia tem um QI superior ao de Einstein

Ophelia Morgan-Dew tem apenas 3 anos, vive na cidade de Herefordshire, no Reino Unido, e pode ser o mais novo gênio do mundo. A menina fez o teste para medir o QI e os resultados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo (19) recorrer à Justiça, depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter cancelado seu acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Roraima volta a pedir ao STF limite de entrada de venezuelanos

O governo de Roraima voltou a pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspensão temporária de entrada de imigrantes em território brasileiro para tentar conter o perigo de conflitos e o “eventual derramamento de sangue …

Aumento do Judiciário compromete orçamento de 13 Estados

Metade dos 26 estados ligou o alerta orçamentário: o aumento que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) concederam a si mesmos – ainda depende de aprovação no Senado – pode inviabilizar a folha de …

Universidade de São Paulo abre inscrições para curso gratuito sobre Harry Potter

O universo de Harry Potter continua conquistando gerações. Desde o lançamento do primeiro romance em 1997 (A Pedra Filosofal), foram mais de 450 milhões de cópias vendidas, traduções para 73 idiomas e o surgimento de …