Escola pública no Piauí supera desafios e coleciona mais de 150 medalhas em matemática

Seduc / RPA

Quando falamos em educação, sabemos que existem muitas negligências no Brasil, mas a boa vontade de alunos e professores consegue mudar os rumos dessa história, mesmo diante das dificuldades. É o caso de uma premiada escola pública no interior do Piauí, que supera desafios diariamente e há anos se destaca em matemática.

Os cálculos são sinônimo de motivação na Unidade Escolar Augustinho Brandão, em Cocal dos Alves, um dos municípios mais pobres e com um dos menores índices de desenvolvimento humano do país.

Entre seus títulos e méritos estão notas acima da média no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), que desbancam mais de 5 mil instituições públicas e privadas do Brasil, e inúmeras medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP).

Ao todo, são 153 medalhas conquistadas ao longo dos anos só nesta competição.

Aliás, o Piauí obteve recorde em medalhas de ouro na última edição do evento, somando 11 no total. Além disso, houve 20 medalhas de prata, 64 de bronze e 567 menções honrosas. O Centro de Ensino Médio de Tempo Integral João Henrique de Almeida Sousa, no bairro Morada Nova, em Teresina, é outro exemplo de superação no Estado.

Dentro de uma área com alto índice de violência, os alunos conseguem se destacar em provas e competições, com notas altas no ENEM e medalhas nas Olimpíadas de Matemática.

Ampliando os números da Augustinho Brandão ainda mais, a instituição possui prêmios anuais em outras competições de matemática, informática, astronomia, robótica, ciência e língua portuguesa. Os vestibulandos da Augustinho Brandão têm entre 70% e 80% de aprovação nas universidades públicas.

Atualmente, a escola conta com 275 alunos, sendo que quase 100% deles recebem auxílio do Bolsa Família. Filhos de trabalhadores rurais, eles sobrevivem com base do programa social, já que a seca no campo atrapalha a renda familiar há cerca de cinco anos.

A maioria dos estudantes ampliam seus conhecimentos em regime integral porque simplesmente querem estar lá.

Tudo começou em 2003, quando um grupo de jovens professores se reuniu para ensinar, mesmo com pouquíssima infraestrutura, na primeira e então única escola de ensino médio de Cocal dos Alves. Em 2011, o governo investiu na construção de uma nova e moderna sede, com direito a quadra poliesportiva, laboratórios, biblioteca e restaurante.

Tornando-se referência no país e no mundo, a instituição é levada a sério por um simples motivo: professores dedicados a ensinar e alunos dedicados a aprender. Segundo os próprios funcionários, não há segredo.

É o amor pela educação e pelo conhecimento que faz essa turma estar assim, sempre a frente nos resultados, teimando em fazer diferente para mostrar que o Brasil, quando quer, faz bonito. E muito!

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Colin Powell, ex-secretário de Estado dos EUA, morre aos 84 anos

Primeiro negro a ocupar topo da diplomacia e da máquina militar americana, ex-general teve papel de destaque na Guerra do Golfo e arranhou sua credibilidade ao apoiar a invasão do Iraque uma década depois. Colin Powell, …

Criminosos usam escaneamento por código do próprio usuário para 'sequestrar' contas do WhatsApp

Em 2019, um relatório divulgado pelo laboratório de pesquisa da empresa de segurança virtual Eset alertou que uma das formas crescentes de sequestro de contas do WhatsApp era feita por meio de um ataque conhecido …

EUA: Manobras de Trump bloqueiam investigação sobre invasão do Capitólio

Vários parceiros e associados do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se recusaram a comparecer à comissão da Câmara que investiga a invasão de 6 de janeiro de 2021 contra o Capitólio, sede do …

Dor nos olhos após COVID-19: cientistas explicam causa de complicação inesperada do vírus

Uma pesquisa de cientistas alemães mostrou que o coronavírus pode penetrar nos olhos e infectar os fotorreceptores e células ganglionares na retina. Isso pode ser uma causa de problemas com os olhos após a COVID-19. Os …

Estudo mostra como mudanças climáticas afetarão a energia hidrelétrica no Brasil

Um novo relatório publicado pela Global Environmental Change revela que, nas próximas décadas, as reduções de precipitação e vazão dos rios na região amazônica — a maior bacia hidrográfica do mundo e uma forte candidata …

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …

Explosões deixam vários mortos em mesquita no Afeganistão

Ao menos 33 pessoas morrem após explosões em mesquita xiita durante a oração de sexta-feira. Testemunha diz ter visto homens-bomba. Incidente ocorre dias depois de ataque do "Estado Islâmico" contra xiitas no país. Fortes explosões atingiram …