Oposição pede impeachment e diz que demissão era questão de tempo

Lula Marques/ Agência PT

Michel Temer durante pronunciamento a imprensa em Brasília

Michel Temer durante pronunciamento a imprensa em Brasília

A demissão de Geddel Vieira Lima da Secretaria de Governo da Presidência da República já era, mas não é o bastante para acabar a crise no governo de Michel Temer, avalia a oposição.

Em entrevista à Tribuna, o líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, Daniel Almeida, disse que “os fatos deixaram muito claro que o problema foi muito além do Geddel. Com sua saída, Geddel jogou o problema no colo do presidente”.

“Os fatos que afastaram Geddel são os mesmos que devem afastar o presidente, que se envolveu em questões pessoais de um de seus ministros. Isso é crime de responsabilidade, o mesmo que Geddel cometeu. Esse governo não se sustenta mais de jeito nenhum. Temer tem que renunciar”, afirmou o deputado baiano.

Daniel Almeida disse ainda que “a prática de Geddel já era esperada”. “Sempre se soube que Geddel não separa o público do privado. Já era de esperar essa prática de Geddel, de usar um cargo público para interesses pessoais”, disparou o líder comunista.

Ainda ontem, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) prometeu protocolar um pedido de impeachment de Michel Temer na próxima segunda-feira (28), por considerar que o episódio envolve o chefe do governo em crime de responsabilidade.

Para Lindberg, o presidente pressionou o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero para que ele liberasse a construção de um edifício de alto padrão em Salvador no qual o ministro Geddel adquiriu um imóvel, o qual é o centro da crise.

“Vamos entrar com pedido de impeachment porque houve crime de responsabilidade, tráfico de influência, ele desmoralizou a instituição da Presidência da República”, disse o senador, acrescentando que está conversando com movimentos sociais e representantes da sociedade civil sobre o pedido.

Em nota divulgada ontem, a bancada do PT na Câmara, liderada pelo também baiano Afonso Florence (BA), anunciou que os parlamentares do partido vão requerer à Polícia Federal, junto com outros partidos de oposição, “cópia do depoimento de Calero e de provas apresentadas por ele”.

Objetivo é o de “avaliar, a partir dos documentos, eventuais crimes cometidos pelo presidente da República e seus ministros”.

A nota diz ainda que os relatos do ex-ministro Marcelo Calero à Polícia Federal sobre as pressões que sofria de Geddel Vieira Lima indicam crime de responsabilidade cometido por Temer, o que “leva a um desdobramento natural, o pedido de abertura do processo de impeachment”.

Florence disse ainda que “identificado o crime de responsabilidade, o caminho é a abertura de um processo de impeachment de Temer. O governo Temer derrete”. O líder petista prometeu que as bancadas de oposição na Câmara e no Senado vão continuar atuando unidas para apurar “o caso Geddel”.

“Agora ficou muito mais grave com o envolvimento de Temer nas denúncias”, avaliou. Calero, em depoimento à Polícia Federal, disse que Temer o “enquadrou” no intuito de encontrar uma “saída” para a obra de interesse de Geddel.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Apple quer proibir lançamento de livro que revela segredos comerciais da empresa

O livro alemão App Store Confidential, de Tom Sadowski, é uma publicação temida pela Apple. Isso porque o autor foi o líder de desenvolvimento da loja de aplicativos da Gigante de Cupertino na Alemanha, Áustria …

Chineses acusam governo de usar epidemia de coronavírus para prender dissidentes

No momento em que a China enfrenta a epidemia do COVID-19 que já causou 2 mil mortes e infectou 74 mil pessoas no país, o mundo se pergunta se a crise reforça ou, pelo …

Suíça quer devolver dinheiro ganho com tráfico de escravizados para as Américas

O horror do tráfico de pessoas escravizadas entre os séculos XVI e XIX para os EUA, Caribe, América Latina e principalmente o Brasil teve mais responsáveis do que nos dita a história. E a Suíça …

Reino Unido pós-Brexit fecha portas para imigrantes pouco qualificados

No Reino Unido pós-Brexit, os estrangeiros que quiserem obter um visto de trabalho no país vão ter que provar muitas habilidades. Os candidatos receberão pontos de acordo com seu nível de inglês, diploma e profissão …

Síria realiza primeiro voo comercial entre Damasco e Aleppo desde 2013

Diretores de aeroportos da Síria mencionam o trabalho realizado no aeroporto de Aleppo para permitir o feito, realizado graças à vitória do Exército sírio e esforço dos operários. A Síria realizou seu primeiro voo comercial em …

Mudanças climáticas ameaçam futuro das crianças do mundo, diz ONU

Estudo de Nações Unidas, Unicef e revista 'The Lancet' aponta ações de sustentabilidade insuficientes. Países ricos fracassam em prover meio ambiente favorável, apesar de melhor ponto de partida. Países de todo o mundo estão fracassando em …

Bug no sistema do McDonald's forneceu lanches de graça sem limite de quantidade

Imagine você poder realizar quantos pedidos quiser no McDonald's e não ter que arcar com um só centavo para isso. Bem, essa mamata virtual era o que vinha acontecendo no sistema da multinacional de fast-food …

Governo chinês está até "queimando" dinheiro para combater o coronavírus

A briga do governo chinês contra o Covid-19 (também conhecido como "novo coronavírus") tem colocado diversos órgãos governamentais em alerta, e o governo da China parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença …

Maior organização de escoteiros dos EUA declara falência após processos de abuso sexual

O grupo Boys Scouts of America, principal movimento de escoteiros dos Estados Unidos, apresentou um pedido de falência nesta terça-feira (18), em um esforço para salvaguardar as indenizações às vítimas de abuso sexual, afirma um …

Ações humanas alteram dispersão de sementes na Amazônia, aponta estudo

Análise de mais de 26 mil árvores demonstra que atividades como queimadas e desmatamento abalam o equilíbrio entre fauna e flora. Com degradação, restam animais pequenos na floresta, que espalham sementes menores. Quando se fala em …