Oposição pede impeachment e diz que demissão era questão de tempo

Lula Marques/ Agência PT

Michel Temer durante pronunciamento a imprensa em Brasília

Michel Temer durante pronunciamento a imprensa em Brasília

A demissão de Geddel Vieira Lima da Secretaria de Governo da Presidência da República já era, mas não é o bastante para acabar a crise no governo de Michel Temer, avalia a oposição.

Em entrevista à Tribuna, o líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, Daniel Almeida, disse que “os fatos deixaram muito claro que o problema foi muito além do Geddel. Com sua saída, Geddel jogou o problema no colo do presidente”.

“Os fatos que afastaram Geddel são os mesmos que devem afastar o presidente, que se envolveu em questões pessoais de um de seus ministros. Isso é crime de responsabilidade, o mesmo que Geddel cometeu. Esse governo não se sustenta mais de jeito nenhum. Temer tem que renunciar”, afirmou o deputado baiano.

Daniel Almeida disse ainda que “a prática de Geddel já era esperada”. “Sempre se soube que Geddel não separa o público do privado. Já era de esperar essa prática de Geddel, de usar um cargo público para interesses pessoais”, disparou o líder comunista.

Ainda ontem, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) prometeu protocolar um pedido de impeachment de Michel Temer na próxima segunda-feira (28), por considerar que o episódio envolve o chefe do governo em crime de responsabilidade.

Para Lindberg, o presidente pressionou o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero para que ele liberasse a construção de um edifício de alto padrão em Salvador no qual o ministro Geddel adquiriu um imóvel, o qual é o centro da crise.

“Vamos entrar com pedido de impeachment porque houve crime de responsabilidade, tráfico de influência, ele desmoralizou a instituição da Presidência da República”, disse o senador, acrescentando que está conversando com movimentos sociais e representantes da sociedade civil sobre o pedido.

Em nota divulgada ontem, a bancada do PT na Câmara, liderada pelo também baiano Afonso Florence (BA), anunciou que os parlamentares do partido vão requerer à Polícia Federal, junto com outros partidos de oposição, “cópia do depoimento de Calero e de provas apresentadas por ele”.

Objetivo é o de “avaliar, a partir dos documentos, eventuais crimes cometidos pelo presidente da República e seus ministros”.

A nota diz ainda que os relatos do ex-ministro Marcelo Calero à Polícia Federal sobre as pressões que sofria de Geddel Vieira Lima indicam crime de responsabilidade cometido por Temer, o que “leva a um desdobramento natural, o pedido de abertura do processo de impeachment”.

Florence disse ainda que “identificado o crime de responsabilidade, o caminho é a abertura de um processo de impeachment de Temer. O governo Temer derrete”. O líder petista prometeu que as bancadas de oposição na Câmara e no Senado vão continuar atuando unidas para apurar “o caso Geddel”.

“Agora ficou muito mais grave com o envolvimento de Temer nas denúncias”, avaliou. Calero, em depoimento à Polícia Federal, disse que Temer o “enquadrou” no intuito de encontrar uma “saída” para a obra de interesse de Geddel.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …