Calero diz que Temer o ‘enquadrou’ para falar sobre ‘irritação’ de Geddel

Tomaz Silva / Agência Brasil

O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero

O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero

Em depoimento à Polícia Federal, o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero afirmou que o presidente Michel Temer o chamou ao Palácio do Planalto para conversar sobre o prédio de alto luxo cuja obra fora embargada pelo Iphan em Salvador, e no qual o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, havia comprado um apartamento.

Segundo relata o G1, Calero alega que Temer lhe disse, na ocasião, que o embargo do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, órgão vinculado ao Ministério da Cultura) havia criado “dificuldades operacionais em seu gabinete”, já que Geddel estava bastante irritado e teria pedido ao presidente que “construísse uma saída para que o processo fosse encaminhado à AGU”.

Calero também disse à PF que se sentiu decepcionado pelo fato de não poder falar com mais ninguém sobre a situação em que se viu, uma vez que o próprio presidente da República o havia “enquadrado”.

Em entrevista à “Folha” no sábado (19), o ex-ministro afirmou que o motivo principal de sua saída do Ministério da Cultura, anunciada na última sexta-feira (18), havia sido a pressão que sofrera de Geddel para fazer o Iphan liberar o empreendimento

Segundo o porta-voz do Palácio do Planalto, Temer quis apenas mediar conflitos entre os ministros e defendeu apenas uma “saída técnica” quando pediu que o caso fosse levado à Advocacia Geral da União (AGU).

Na segunda-feira (21), a Comissão de Ética Pública da Presidência da República abriu um processo contra Geddel para investigar os relatos do ex-ministro da Cultura.

Nos últimos dias, o investigado admitiu que é proprietário de um apartamento no prédio em questão, confirmou que procurou o então ministro da Cultura para tratar da decisão do Iphan, mas negou que o tivesse pressionado para liberar a construção do edifício.

A obra foi embargada pelo órgão do Ministério da Cultura por estar localizada em uma área tombada como patrimônio cultural da União, sujeita a regras especiais.

Temer tentou resolver conflito e não pressionou Calero

Por meio do porta-voz Alexandre Parola, o presidente Michel Temer disse que buscou “arbitrar conflito” entre o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero e o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, e negou que teria “enquadrado” Calero por uma saída do caso.

O presidente trata todos seus ministros como iguais. E jamais induziu algum deles a tomar decisão que ferisse normas internas ou suas convicções. Assim procedeu em relação ao ex-ministro da Cultura, que corretamente relatou estes fatos em entrevistas concedidas”, disse o porta-voz.

“É a mais pura verdade que o presidente Michel Temer tentou demover o ex-ministro de seu pedido de demissão e elogiou seu trabalho à frente da Pasta”, acrescentou Alexandre Parola, de acordo com o qual o presidente propôs a solução jurídica por meio da AGU.

“O presidente buscou arbitrar conflitos entre os ministros e órgãos da Cultura sugerindo a avaliação jurídica da Advocacia-Geral da União, que tem competência legal para solucionar eventuais dúvidas entre órgãos da administração pública”, disse Alexandre Parola.

O ex-ministro sempre teve comportamento irreparável enquanto esteve no cargo”, e portanto o presidente “estranha sua afirmação, agora, de que o teria enquadrado ou pedido solução que não fosse técnica”, acrescenta Parola.

Michel Temer afirma, pelo porta-voz, que sempre buscou “caminhos técnicos” para solucionar licenças em obras do seu governo, e disse que tentou resolver o problema com Calero, sua equipe e demais ministros por duas vezes.

O porta-voz disse também que o presidente ficou surpreso com boatos de uma suposta gravação de conversa entre ele e Calero.

“Especialmente, surpreendem o presidente boatos de que o ex-ministro teria solicitado uma segunda audiência somente com o intuito de gravar clandestinamente conversa com o presidente da República para posterior divulgação”, disse Parola.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …