Justiça espanhola acusa Cristiano Ronaldo de fraude de quase 15 milhões de euros

Fanny Schertzer / Wikimedia Commons CC

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo

O Ministério Público de Madrid acusa o jogador português de ter, de forma “consciente”, criado uma sociedade para fraudar a Receita Federal espanhola em 14,7 milhões de euros (cerca de R$ 55 milhões), segundo a agência de notícias espanhola EFE.

O jogador do Real Madrid é acusado de quatro delitos contra os cofres do Estado, cometidos entre 2011 e 2014, que contabilizam a fraude tributária global de quase 15 milhões de euros.

Em declaração enviada ao Tribunal de Instrução de Alarcón, em Madrid, o Ministério Público cita a recente sentença do Supremo Tribunal contra o jogador Lionel Messi, do Barcelona, e escreve que Ronaldo se aproveitou de uma sociedade criada em 2010, para ocultar do Fisco as receitas geradas na Espanha pelos direitos de sua imagem.

Isto, para a Receita Federal espanhola, supõe um incumprimento “voluntário” e “consciente” das suas obrigações fiscais na Espanha.

Ronaldo corre o risco de pegar até 5 anos de prisão

O El País informa que estão em causa “1,39 milhões de euros em 2011; 1,66 milhões em 2012; 3,2 milhões em 2013 e 8,5 milhões em 2014”.

De acordo com o jornal espanhol, os valores “superam os 120 mil euros anuais (cerca de R$ 440 mil) que convertem a fraude fiscal em delito” criminal, pelo que Cristiano Ronaldo arrisca vir a ser condenado a uma pena de prisão de um a cinco anos.

As suspeitas do Fisco começam logo depois de sua contratação pelo Real Madrid, em 2008.

O El País transcreve o Ministério Público espanhol, que afirma: “com a intenção de obter um benefício fiscal ilícito quando chegasse a Espanha“, Ronaldo “simulou ceder seus direitos de imagem a uma sociedade chamada Tollin Associates LTD., domiciliada nas Ilhas Virgens Britânicas e da qual era sócio único”.

Essa sociedade cedeu então a exploração dos direitos de imagem de Ronaldo à sociedade Multisports & Image Management LTD., com sede na Irlanda. O MP espanhol entende que essa cessão era “completamente desnecessária e tinha somente como finalidade a interposição de uma tela para ocultar à Agência Estatal da Administração Tributária a totalidade dos rendimentos obtidos” com seus direitos de imagem, destaca o El País.

De acordo com os números divulgados pelo Fisco espanhol, Ronaldo teria declarado apenas 11,5 milhões de euros (R$ 42 milhões), alusivos a direitos de imagem obtidos na Espanha, durante 2011 e 2014, quando, na verdade, teria recebido quase 43 milhões de euros (cerca de R$ 155 milhões).

Segundo a Receita Federal espanhola, o capitão da seleção portuguesa também classificou estes rendimentos como sendo provenientes de capital mobiliário, o que lhe permitiu reduzir “consideravelmente” a base obrigatória para declarar, aponta o El País.

O processo contra Ronaldo cita concretamente o caso que foi aberto por fraude fiscal contra Messi e contra o pai do argentino. A acusação acabou com a condenação do jogador a 21 meses de prisão.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas acabam de descobrir um órgão misterioso escondido no centro da cabeça humana

Cientistas fizeram uma descoberta anatômica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana que de alguma forma passaram despercebidas até agora. Essa “entidade misteriosa” foi identificada acidentalmente …

Estudo revela por que formigas são excepcionalmente fortes

Neste trabalho, os pesquisadores conseguiram obter imagens detalhadas do que ocorre no tórax de uma formiga, tirando raios-X e criando modelos 3D para analisar os músculos e o esqueleto interno. Pesquisadores de universidades do Japão e …

Hackers russos são acusados de planejarem ataques contra as Olímpiadas do Japão

Hackers russos estariam planejando uma nova onda de ataques contra a organização das Olímpiadas de 2020, que aconteceriam neste ano, no Japão, e foram transferidas para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus. Mais uma …

Pais de 545 crianças separadas na fronteira dos EUA não foram localizados

Famílias foram separadas como parte da política anti-imigração de Trump a partir de 2017. Muitos dos pais podem ter sido deportados sem os filhos. Os pais de 545 crianças migrantes que foram separadas deles nos Estados …

ONG Repórteres Sem Fronteiras denuncia deterioração da liberdade de imprensa no Brasil

Um novo relatório publicado nesta terça-feira (20) pela ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF) denuncia o aumento de ameaças a jornalistas e veículos de comunicação no Brasil em 2020. Para a organização civil, sediada em …

Empreendedor mineiro cria vassoura mágica que também é meio de transporte

A sensação de voar em uma vassoura mágica se tornou possível em Belo Horizonte, Minas Gerais, pelas mãos do empreendedor Alexandre Russo, de 28 anos. Fundador da empresa Nuvem Vassouras, o mineiro criou a “Real Flying …

Bebês ingerem 1,5 milhão de partículas de microplástico por dia, diz estudo

Um bebê de 12 meses ingere, em média, mais de 1,5 milhão de partículas de microplástico por dia que são liberadas da mamadeira, revelou um estudo divulgado nesta segunda-feira (19/10). O impacto destas micropartículas para …

Aumento na densidade do espaço fora do sistema solar é descoberto pela sonda espacial Voyager

Em novembro de 2018, após uma viagem épica de 41 anos, a Voyager 2 finalmente cruzou a fronteira que marcava o limite da influência do Sol e entrou no espaço interestelar. Mas a missão da …

Polícia Federal faz operação de busca e apreensão na 77ª fase da Lava Jato

São sete mandatos no Rio de Janeiro e em Niterói contra suspeita de propina na Petrobras envolvendo pouco mais de três bilhões de litros de combustíveis. Por determinação da 13ª Vara Federal em Curitiba (PR), a …

Suspeitos de COVID-19 podem ter dados compartilhados com a polícia na Inglaterra

  As informações pessoais de suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) podem ser utilizadas pela polícia da Inglaterra para garantir que eles não quebrem o isolamento. De acordo com as informações oficiais, as autoridades poderão ter …