Merkel e Schulz confirmam pré-acordo para grande coalizão na Alemanha

European Parliament / Flickr

Angela Merkel e Martin Schulz

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o líder social-democrata, Martin Schulz, confirmaram nesta sexta-feira (12) que alcançaram um acordo para uma futura grande coalizão, após cinco dias de conversas e uma rodada final de negociação de mais de 24 horas de duração.

Os três partidos envolvidos recomendarão o início formal de negociações, após alcançar um acordo “sólido e sério”, capaz de garantir a “governabilidade do país” durante toda a legislatura, afirmou a líder do bloco conservador em entrevista coletiva conjunta com Schulz e o presidente da União Social-Cristã da Baviera (CSU), Horst Seehofer.

O pré-acordo alcançado é, segundo a chanceler, um texto “não superficial, baseado na ideia de dar e receber” que reflete o compromisso das partes de trabalhar para criar as condições para que “dentro de 10 e de 15 anos se siga vivendo bem na Alemanha”.

Nesse sentido, falou dos investimentos em âmbitos como a digitalização, a educação e a segurança.

Merkel lembrou também que “a Alemanha tem sua responsabilidade no mundo” e ressaltou a necessidade de dar “um novo impulso para a Europa”, que será alcançado, segundo ela, pelas mãos da França.

Tanto Merkel como Schulz admitiram que na negociação houve “momentos turbulentos”, mas asseguraram que nunca se chegou “à beira do fracasso”, já que compartilhavam um “objetivo comum” e a vontade de alcançar um acordo.

Schulz detalhou que as conversas foram dominadas pelo “espírito de jogo limpo”, durante negociações que qualificou como “longas, duras, emocionantes, interessantes, turbulentas e baseadas no respeito mútuo”.

O líder social-democrata disse ainda que os resultados alcançados nas negociações são “excelentes” e garantiu que os acordos refletidos no documento não são apenas “retórica”.

Para Schulz, o aspecto fundamental é que se conseguiu pôr a ênfase necessária no termo “impulso para a Europa”, reflexo do “senso de responsabilidade da Alemanha” e do apoio à linha marcada pelo presidente francês, Emmanuel Macron.

Seehofer, cuja legenda insistia em dar uma guinada direitista à política migratória, destacou o “excelente resultado obtido” e o “equilíbrio conseguido” entre os aspectos sociais, entre eles o correspondente às aposentadorias.

O pré-acordo prevê também a limitação da chegada de refugiados a 200 mil por ano, assim como a restrição do direito ao reagrupamento familiar a mil pessoas ao mês, dois aspectos que levam o selo da CSU.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

STF suspende resolução da ANS sobre coparticipação em planos de saúde

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, suspendeu temporariamente nesta segunda-feira (16) a Resolução Normativa 433, de 28 de junho de 2018, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) da Agência Nacional de …

Trump e Putin na Finlândia: "Nosso relacionamento nunca foi pior"

Os presidentes dos EUA e da Rússia realizam, nesta segunda-feira (16), em Helsinque, sua primeira cúpula bilateral, sob o espectro da ingerência russa nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016 e ainda da situação na Ucrânia …

Após 25 anos em queda, mortalidade infantil volta a subir no país

O índice de mortalidade infantil voltou a aumentar no Brasil, pela primeira vez, desde 1990. Segundo dados do Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade de 2016 ficou em 14 óbitos infantis a cada mil …

Cinco meses de intervenção no Rio: chacinas aumentam e apreensão de arma diminui

O Observatório da Intervenção, do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes, divulgou nesta segunda-feira (16) um balanço dos cinco meses de intervenção federal no Rio de Janeiro. A conclusão? “Muito …

Feminicídio: funcionária do Ministério dos Direitos Humanos é assassinada

Uma funcionária terceirizada do Ministério dos Direitos Humanos foi assassinada neste sábado (14), em Santa Maria, região administrativa do Distrito Federal a cerca de 26 quilômetros do centro de Brasília. A 33ª Delegacia de Polícia …

Mergulhador manda Elon Musk enfiar submarino onde dói mais; empresário reage: "Pedófilo"

Elon Musk, o multimilionário da Tesla, se envolveu em uma troca de insultos no Twitter com um dos mergulhadores que participaram do resgate dos 12 adolescentes da Tailândia, chegando mesmo a chamá-lo de “pedófilo”. O CEO …

Brasil é ouro na Olimpíada Internacional de Matemática

Um estudante brasileiro conquistou medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO) em Cluj-Napoca, na Romênia. Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de 17 anos, é de São Paulo. Desde 2012 o Brasil não conseguia um …

Violência toma conta da festas na França: 2 pessoas morreram

Pelo menos duas pessoas morreram e cerca de 300 foram detidas na sequência dos episódios de violência registrados na França, neste domingo (15), nas festas pela vitória da seleção francesa na Copa do Mundo de …

Nova Constituição de Cuba reconhecerá propriedade privada

Esboço de reforma apresentado em diário do Partido Comunista acena com mudanças profundas na política, judiciário, economia e sociedade cubanas. Comissão encarregada é liderada por ex-presidente Raúl Castro. O governo de Cuba revelou novos detalhes sobre …

Naufrágio do século XVI é encontrado na Flórida, mas seu tesouro pertence à França

Um naufrágio do século XVI, sobrevivente de uma das primeiras viagens europeias à América, foi descoberto na costa da Florida. O achado guarda tesouros que valem milhões de dólares, mas uma juíza americana determinou que a …