NASA descobre em Marte informações-chave sobre a origem da vida na Terra

NASA

Possível berço da vida em Marte

A descoberta de evidências de depósitos hidrotérmicos antigos em um relevo oceânico de Marte identifica uma área do planeta que pode oferecer pistas sobre a origem da vida na Terra. Um relatório internacional recente examina as observações feitas pelo Mars Reconnaissance Orbiter da NASA (MRO).

Os autores interpretam os dados como provas de que os depósitos hidrotérmicos foram formados por água aquecida de uma parte vulcanicamente ativa da crosta do planeta indo para o fundo de um grande mar há muito tempo.

“Mesmo que nunca encontremos provas de que tenha havido vida em Marte, este local pode nos informar sobre o tipo de ambiente onde a vida pode ter começado na Terra”, diz Paul Niles, do Centro Espacial Johnson da NASA.

“A atividade vulcânica combinada com água parada proporcionou condições que provavelmente eram semelhantes às condições que existiam na Terra aproximadamente no mesmo período – quando as primeiras formas de vida estavam em evolução aqui”, disse o cientista.

Marte hoje não tem água parada nem atividade vulcânica. Os cientistas estimam que os depósitos marcianos atribuídos à atividade hidrotiônica no fundo do mar tenham cerca de 3,7 bilhões de anos.

As condições hidrotérmicas submarinas na Terra durante aproximadamente o mesmo período são um forte candidato para a questão sobre onde e quando começou a vida na Terra.

A Terra ainda tem essas condições, onde muitas formas de vida prosperam em energia química extraída de rochas, sem luz solar. Mas devido à crosta ativa da Terra, o planeta possui pouca evidência geológica direta preservada do tempo em que a vida começou.

A possibilidade de atividade hidrotermal submarina dentro de luas geladas como Europa, em Júpiter, e Encélado, em Saturno, fazem delas possíveis destinos na procura de vida extraterrestre.

As observações do Espectrômetro de Reconhecimento Compacto de MRO para Marte (CRISM) forneceram os dados para a identificação de minerais em depósitos maciços na bacia de Marte Eridania, localizada em uma região com algumas das mais antigas crostas expostas do planeta vermelho.

“Este local nos dá uma história convincente sobre um mar profundo e de longa duração e um ambiente hidrotermal de águas profundas. É evocador dos ambientes hidrotermais do mar profundo na Terra, semelhante aos ambientes onde a vida pode ser encontrada em outros mundos – vida que não precisa de uma atmosfera agradável ou superfície temperada, mas apenas pedras, calor e água”, aponta Niles.

Niles é coautor do artigo publicado revista Nature Communications, escrito com o autor principal Joseph Michalski, que iniciou a análise no Museu de História Natural de Londres e com coautores do Instituto de Ciências Planetárias em Tucson, nos EUA, e o Museu de História Natural dos EUA.

Os cientistas estimam que o antigo mar de Eridania ocupava cerca de 210 mil quilômetros cúbicos de água, tanto quanto todos os outros lagos e mares nos primórdios de Marte combinados, e cerca de nove vezes mais do que o volume combinado de todos os Grandes Lagos na América do Norte.

A mistura de minerais identificados a partir dos dados do espectrômetro, incluindo serpentina, esteatita e carbonato, e a forma e textura das camadas de rocha grossa, levaram a identificar possíveis depósitos hidrotérmicos do fundo marinho.

A área possui fluxos de lava que datam do desaparecimento do mar. Os cientistas citam estes fluxos como prova de que esta é uma área da crosta de Marte com uma suscetibilidade vulcânica que também poderia ter produzido efeitos anteriormente, quando o mar estava presente.

O novo trabalho acrescenta à diversidade de tipos de ambientes úmidos para os quais existe prova em Marte, incluindo rios, lagos, deltas, mares, fontes termais, águas subterrâneas e erupções vulcânicas sob o gelo.

“Os antigos depósitos hidrotermais em águas profundas na bacia de Eridania representam uma nova categoria de alvo astrobiológico em Marte. Os depósitos de lençóis freáticos de Eridania não são apenas de interesse para a exploração de Marte, eles representam uma janela para o início da Terra”, afirma o relatório.

A primeira prova da vida na Terra vem dos depósitos do fundo do mar de origem e idade semelhantes, mas o registro geológico desses ambientes da Terra primordial estão mal preservados.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo de esqueletos de 200 gerações revela como humanos evoluíram para lutar contra germes

Estudiosos analisaram cerca de 70 mil esqueletos de 200 gerações a fim de entender como a humidade passou por pandemias anteriores. Os estudos foram feitos acerca de doenças infecciosas como tuberculose, treponematose e hanseníase. Os pesquisadores …

Médica adverte sobre síndrome inflamatória multissistema em pacientes que superaram covid

A médica-chefe de um hospital de Moscou, Mariana Lysenko, declarou em uma entrevista ao canal RT que alguns dos pacientes que superaram a COVID-19 podem desenvolver uma síndrome inflamatória multissistema. De acordo com a médica, a …

Militares abrem fogo contra manifestantes em Mianmar

Forças de segurança reforçam repressão aos protestos contra golpe de Estado e deposição do governo democraticamente eleito. Relatos de mortes surgem de várias cidades. ONU condena violência e o uso de força excessiva. As forças de …

LEGO lança quiz online para educar a criançada sobre cyberbullying

O sentido educacional que os brinquedos da LEGO oferecem ganha nova e ainda maior dimensão com o lançamento do Safer Internet Day (ou Dia da Internet mais Segura, em tradução livre), um quiz virtual desenvolvido …

Covid-19: Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março

O governo do Peru anunciou neste domingo (29) a prorrogação até 14 de março da suspensão de voos procedentes do Brasil. A medida preventiva visa evitar a entrada de passageiros que podem estar infectados …

Ex-funcionários do McDonald's revelam "estratégia de espionagem" da rede de fast-food

A revista Vice analisou testemunhos de supostos trabalhadores anônimos do McDonald's que tinham conhecimento direto da vigilância, e vazou documentos que explicam as táticas de espionagem. Uma equipe de analistas de inteligência da cadeia de fast-food …

Bolsonaro usa pesquisa alemã distorcida para criticar uso de máscaras

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live de quinta-feira (26/02) para mais uma vez desestimular o uso de máscaras contra a covid-19. No mesmo dia em que o Brasil registrou a segunda pior marca de mortes …

Cientistas congelam sêmen de corais para tentar salvar espécie da extinção no Brasil

Estima-se que até 50% dos recifes de corais já desapareceram dos oceanos. A previsão para o futuro também não é animadora: uma projeção da Unesco apontou que, caso as mudanças climáticas não sejam revertidas, eles …

Esqueletos descobertos podem revelar a história do mais rico pirata da historia, morto há 300 anos

No início do século XVIII, quem mandava nos mares sem lei do Caribe, da América Central e da América do Norte era o grande pirata inglês Samuel Bellamy, imortalizado pelo apelido de “Black Sam”. Um dos …

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …