Manto de basalto pode explicar ausência de água na superfície de Marte

Um estudo apresentado nesta quarta-feira (20) pela revista Nature sugere que as rochas de basalto da superfície de Marte podem armazenar mais água que as da Terra e que isto poderia explicar a ausência deste elemento da camada superior do planeta vermelho.

A pesquisa, feita pelo especialista Jon Wade, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, e um grupo de colegas, tenta explicar porque a água desapareceu da superfície de Marte pouco tempo depois de sua formação e, por outro lado, continua presente na Terra, gerando condições propicias para a vida.

Segundo a descoberta, o basalto presente em Marte pode conter mais água que os que existem em nosso planeta, por isso o líquido poderia estar enterrado sob a superfície.

Durante a maior parte do período geológico existiu água na superfície, mas Marte a perdia pouco tempo depois de sua formação.

As pesquisas anteriores revelaram que Marte perdeu grande parte de sua água depois do colapso de seu campo magnético, mas isto não equivaleria à toda a água que falta, diz o estudo.

Wade e sua equipe calcularam os volumes relativos de água que poderiam ser retirados da superfície de cada planeta mediante a reação com a lava para formar uma crosta basáltica.

Os cientistas descobriram que o basalto relativamente rico em ferro encontrado em Marte pode conter cerca de 25% mais água que a rocha do mesmo tipo presente na Terra, e que estas levam a água para o interior de Marte, para o seu manto.

Os autores concluíram que, no início da história geológica da Terra, o planeta contava com uma crosta relativamente dinâmica e gradientes geotérmicos (a taxa de variação da temperatura do interior com a profundidade medida a partir da superfície do planeta) mais fortes que Marte.

Segundo os especialistas, isso impedia que a água ficasse enterrada no manto superior na Terra e continuasse próxima da superfície, favorecendo assim o desenvolvimento da vida.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Agora sabemos sobre o que os orangotangos estão conversando: estudo

Um novo estudo da Universidade de Exeter desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Cientistas desenvolvem holograma com som e toque iguais aos de Star Wars

Quando pensamos em desenvolver tecnologias baseadas nos filmes de Star Wars, a primeira, segunda e terceira coisa que passa pela cabeça dos fãs é a criação de sabres de luz da vida real. Mas, para os …

Secom diz que não há 'indicativo de câncer de pele' em Bolsonaro

Após o presidente Jair Bolsonaro declarar que tinha feito exame para investigar "possível câncer de pele", a Secretaria de Comunicação da Presidência disse por nota que não havia qualquer indicativo da doença. O chefe de Estado …

Evo Morales vai fazer da Argentina o seu comitê de campanha para as eleições na Bolívia

Em uma operação secreta, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou à Argentina de onde vai comandar a campanha do seu partido para as próximas eleições. Depois de passar quase um mês no México, …

Boris Johnson vence por ampla margem no Reino Unido

O Partido Conservador do atual primeiro-ministro, Boris Johnson, conquistou a maioria absoluta dos assentos no Parlamento do Reino Unido nas eleições realizuadas nesta quinta-feira (12/12) no país. Esse resultado eleitoral garante ao premiê o número …

Simples e atemporal, azul clássico é a cor de 2020, segundo a Pantone

A cor do ano de 2020 será o Classic Blue, um azul clássico que oferece estabilidade e conexão. Quem diz isso é a Pantone, a principal empresa de cores do mundo, que oferece o sistema …

Segredos do idioma dos orangotangos são revelados

Um novo estudo da Universidade de Exeter (Inglaterra) desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Exaustos com o Brexit, britânicos vão às urnas pela quarta vez em quatro anos

O Reino Unido está indo às urnas nesta quinta-feira (12) para o que está sendo chamada de a eleição mais importante desta era. Os britânicos estão diante de duas escolhas: apoiar o primeiro-ministro conservador Boris Johnson e …

VÍDEO da NASA revela degelo dramático das geleiras do Alasca

Vídeo recém-publicado mostra derretimento de geleiras e calotas de gelo do Alasca visto do espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos, e dão aos cientistas novas ideias relacionadas aos efeitos das mudanças climáticas …

Greta Thunberg é eleita Pessoa do Ano pela "Time"

Revista dedica capa à jovem adolescente sueca por liderar a maior manifestação pelo clima na história da humanidade e diz que mudanças significativas raramente ocorrem sem a força mobilizadora de indivíduos influentes. A ativista sueca Greta …