Presidente filipino ordena envio de toneladas de lixo ao Canadá

King Rodriguez, PPD / Wikimedia

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ordenou que sejam mandadas de volta para o Canadá toneladas de lixo que o governo filipino alega terem sido enviadas ilegalmente pelo país norte-americano ao seu território, anos atrás.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (22/05) pelo porta-voz da presidência filipina, Salvador Panelo. Segundo ele, se Ottawa se recusar a receber o lixo, ele será despejado em águas canadenses.

“O posicionamento do presidente é fundamentado em princípios e inflexível: as Filipinas, como uma nação soberana independente, não podem ser tratadas como lixo por outra nação estrangeira”, afirmou Panelo.

O porta-voz disse que Duterte ordenou seu governo a contratar uma empresa de transporte privada para transportar ao Canadá um total de 69 contêineres contendo cerca de 2 mil toneladas de lixo. As Filipinas vão arcar com os custos do envio, afirmou.

Segundo ele, a empresa contratada se chama Bollore Logistics Canada e levará “com segurança o lixo de volta ao Canadá o mais rapidamente possível”. O transporte deve ser concluído até o final de junho, calculou o porta-voz.

Esses contêineres foram enviados ao país asiático entre 2013 e 2014 por uma empresa canadense, supostamente para que o lixo fosse reciclado. As remessas foram rotuladas como plásticos, mas continham também resíduos como fraldas, jornais e garrafas de água. Há anos o debate sobre o que fazer com esse material é acirrado.

Ottawa afirma que o envio do lixo às Filipinas foi uma transação comercial realizada sem o consentimento do governo canadense. Ainda assim, o Canadá já havia concordado em transportar o lixo de volta, e os dois países estavam no processo de organizar esse envio.

Contudo, o governo canadense perdeu um prazo definido pelas Filipinas para retirar os contêineres, até 15 de maio, o que irritou o governo em Manila. Como represália, Duterte mandou chamar seus diplomatas em Ottawa na semana passada.

“Obviamente, o Canadá não está levando a sério esse assunto ou nosso país. O povo filipino está gravemente insultado por o Canadá tratar nosso país como um local de despejo”, disse Panelo.

Na semana passada, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou que seu governo estava trabalhando com as autoridades filipinas e que esperava chegar a uma solução para o lixo em breve, mas não especificou um novo prazo.

Nesta quarta-feira, a ministra canadense do Exterior, Chrystia Freeland, afirmou que Ottawa está “comprometida em resolver essa questão o mais rapidamente possível”. A declaração foi dada após ele conversar com o ministro filipino do Exterior, Teodoro Locsin, sobre a polêmica.

A questão, contudo, não é a única a elevar tensões entre os dois países. Os laços diplomáticos já haviam sido testados quando Trudeau questionou, logo após assumir o cargo, em 2015, a guerra contra as drogas conduzida por Duterte nas Filipinas. O presidente filipino rechaça ferozmente qualquer crítica internacional à sua política contra o tráfico, que desde 2016 já levou a polícia a matar mais de 5.300 supostos usuários e traficantes de drogas.

Em 2018, Duterte ordenou que as Forças Armadas cancelassem um contrato de 233 milhões de dólares para a compra de 16 helicópteros do Canadá, depois de Ottawa ter expressado preocupação de que eles poderiam ser usados para ações que ferem os direitos humanos. Em um discurso em abril, Duterte ameaçou declarar guerra ao Canadá por conta das toneladas de lixo paradas nos portos de seu país. “Vamos lutar contra o Canadá, vou declarar guerra contra eles.”

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

O Palácio do Planalto decidiu deixar em suspenso a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, para assumir a embaixada brasileira nos Estados Unidos, em meio a uma crise política …

Preso pai de família que vivia isolada na Holanda

Ex-membro de culto de 67 anos viveu quase uma década recluso, com os seis filhos, numa zona rural. Polícia suspeita privação de liberdade. Antes fora detido um austríaco, presumível locatário do sítio. Está detido o pai …

"É muito provável que haja verdadeiros análogos da Terra", afirma novo estudo

Um novo método de análise geoquímica de planetas distantes sugere que os muitos exoplanetas semelhantes à Terra podem existir fora do Sistema Solar, de acordo com pesquisa. Há um traço comum entre rochas de asteroides, ou …

Equipe 100% feminina vai para o espaço pela primeira vez na história da NASA

As astronautas norte-americanas Christina Koch e Jessica Meir deixaram juntas nesta sexta-feira (18) a Estação Espacial Internacional (ISS) para fazer um reparo de controladores de energia, marcando a primeira vez em seis décadas da história …

Tratamento para tuberculose é recorde, mas 3 milhões não têm acesso

Em 2018, o número de pessoas que receberam tratamento para a tuberculose bateu um recorde histórico em grande parte devido a uma melhor detecção e diagnóstico da doença. Em todo o mundo, sete milhões de pessoas …

"Blob": o que é a misteriosa criatura com 720 sexos e sem cérebro

Ele não tem boca, estômago, olhos, tampouco pode detectar ou digerir alimentos. Também não tem braços ou pernas, mas consegue se locomover — e, em um único dia, dobrar de tamanho. É capaz de aprender e …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

Desgaste político e crise entre clã Bolsonaro e PSL minam nomeação do filho do presidente, que dificilmente seria aprovada pelo Senado. Caso ocorre após batalha pela liderança da legenda na Câmara. O Palácio do Planalto decidiu …

EUA aplicam tarifas punitivas sobre produtos da UE

Após aval da OMC, entram em vigor aumentos tarifários de 10% e 25%, afetando 7,5 bilhões de dólares em produtos do bloco europeu. Bruxelas poderá retaliar com sanções. As autoridades de comércio dos Estados Unidos confirmaram …

Polícia libera filho do chefe do narcotráfico El Chapo depois de emboscada

Alvos de uma violenta represália dos narcotraficantes, os policiais mexicanos foram obrigados a soltar Ovidio Guzmán López, um dos filhos do célebre El Chapo, do cartel de Sinaloa, pouco depois de prendê-lo, nesta quinta-feira (17) …

Pesquisa identifica quais as preferências musicais em cada região do Brasil

Ainda que a cultura brasileira tenha o hábito de importar, no bom e no mal sentido, tudo que pode de países estrangeiros – em especial dos EUA e alguns países da Europa – na hora …