Príncipe Harry e Meghan Markle assinam acordo para criar novas séries na Netflix

Mark Jones / Wikimedia

Príncipe Harry e Meghan Markle

O príncipe britânico Harry e sua esposa Meghan Markle agora são funcionários da Netflix. De acordo com o The New York Times, o casal real assinou um contrato de anos com a gigante do streaming, cuja proposta inclui séries, filmes, documentários e até programas infantis.

Eles serão responsáveis por criar atrações ligadas aos seus ideais beneficentes e também terão o papel de representar diversas vozes da comunidade.

O acordo acontece sete meses depois que o duque e a duquesa de Sussex anunciaram que se separariam da família real britânica.

Vale lembrar que além dessa parceria com a Netflix, eles também possuem um acordo com o ex-presidente dos Estados Unidos e sua esposa, Barack e Michelle Obama, cuja Higher Ground Productions produziu o documentário American Factory, com o selo de título original da Netflix que levou o Oscar deste ano.

“Quem não estaria interessado?”, declarou Ted Sarandos, codiretor executivo e diretor de conteúdo da Netflix, à imprensa britânica quando questionado sobre trabalhar com Meghan e Harry.

“Por meio do nosso trabalho com diversas comunidades e seus ambientes, para iluminar as pessoas e causas em todo o mundo, nosso foco será a criação de conteúdo que informa, mas também dá esperança. Como novos pais, fazer uma programação familiar inspiradora também é importante para nós, pois é uma narrativa poderosa por meio de lentes verídicas e relacionáveis”, disse o casal aos jornalistas sobre o novo acordo.

Vale lembrar que o casal já possui projetos em desenvolvimento no serviço de streaming, incluindo uma série de documentários sobre a natureza e uma série animada sobre personalidades femininas inspiradoras.

Meghan Markle foi atriz na série Suits, antes de se casar com o Príncipe Harry. De acordo com o The Hollywood Reporter, a duquesa não possui planos de voltar a atuar, embora o acordo não os impeça de aparecer em frente às câmeras.

A realeza na ficção

Após a separação de Meghan Markle e Príncipe Harry da família real, os fãs do drama britânico The Crown ficaram curiosos em saber se o casal seria retratado na série, já que a trama está caminhando para os dias mais atuais. Ao THR, o criador Peter Morgan revelou que o casal não aparecerá nas temporadas finais.

“Eu simplesmente penso que as pessoas se tornam mais interessantes com o tempo. Meghan e Harry, por exemplo, estão no meio de suas jornadas, e eu não sei qual jornada será, ou como vai terminar. Eu desejo felicidade a eles, é claro, mas me sinto mais confortável em escrever sobre coisas que aconteceram ao menos 20 anos atrás”, declarou, justificando que não deseja que The Crown se torne uma “narrativa jornalística”, o que ele julga que vai acontecer caso tenha que escrever sobre fatos mais recentes.

No entanto, ele também declarou que a situação de Meghan não foi a única na família real britânica. “Tivemos tantos exemplos de complicações maritais, seja Wallis Simpsons e Edward 6º, ou Diana e príncipe Charles. Tivemos muitas mulheres que se casaram com membros da família real, mas não se sentiram bem-vindas nesta instituição. Podemos facilmente contar a história de Harry e Meghan sem contar a história de Harry e Meghan.”

The Crown está disponível na Netflix e é uma das produções originais da plataforma com indicações ao Emmy 2020.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …