Projeto de Lei quer exigir CPF para você acessar a internet

Texto prevê criação do Cadastro Nacional de Acesso à Internet, que tem como objetivo proibir o acesso de crianças e adolescentes a sites com conteúdo inadequado. Mas, para isso, todas as pessoas precisarão disponibilizar documentos a cada conexão.

Está em tramitação no Congresso Nacional o Projeto de Lei 2.390/2015, de autoria do deputado Pastor Franklin.

O texto prevê a criação do Cadastro Nacional de Acesso à Internet, que tem como objetivo “proibir o acesso de crianças e adolescentes a sítios eletrônicos com conteúdo inadequado”.

Para que o novo sistema funcione, se aprovado, todas as pessoas deverão informar nome e CPF, além de outros dados pessoais a cada conexão e esperar o serviço checar com a receita a veracidade do documento e a idade do usuário para só aí, liberar a navegação.

Desta forma, ao identificar que o usuário é menor de idade, conteúdos considerados impróprios para a faixa etária, devem ser bloqueados. Mas, para isso, o Projeto de Lei também interfere na rotina de produção das fabricantes de eletrônicos.

O texto obriga as empresas de smartphones, computadores e outros eletrônicos que tenham acesso à internet a incluírem de fábrica um aplicativo que permita o cadastro do usuário no sistema e bloqueie os conteúdos considerados impróprios.

Em caso de desobediência, o Projeto de Lei prevê multa R$ 1.000 a R$ 3.000, sendo que este valor será dobrado em caso de reincidência.

Tais aplicativos não poderão ser removidos, ou seja, o usuário não terá escolha entre fornecer seus dados ou não.

Outra imposição do texto se refere ao Estado, que seria obrigado a criar e manter atualizada uma lista de sites considerados inapropriados.

Como justificativa para tal medida, o deputado Franklin diz ser preocupante a “proliferação de sítios na internet com temáticas inadequadas ao público infantil sem qualquer restrição de acesso, expondo crianças a conteúdos de violência, sexo e nudez”.

Com o sistema, “toda vez que uma criança ou adolescente (ou uma pessoa estranha ao cadastro) acessar um sítio impróprio na internet, um aplicativo instalado em seu computador ou celular bloqueará automaticamente o acesso a esse conteúdo”.

Na contrapartida, instituições como o Instituto Beta para Internet e Democracia (Ibidem) defendem que a decisão põe em risco a liberdade de expressão e de comunicação de todos os cidadãos brasileiros.

Conforme o Instituto, pelo modo como o Projeto de Lei foi elaborado, qualquer conteúdo publicado na internet estaria passível de ser censurado.

Desta forma, conteúdos relevantes de cunho político e social, ou questões referentes a sexualidade e gênero também poderiam ser bloqueados.

O Ibidem também ressalta que em relação à privacidade “o texto segue na contramão da proteção do sigilo da navegação, essencial para a liberdade de expressão e acesso a informações.

Condicionar o acesso à internet a uma prévia identificação de toda e cada pessoa materializaria a web em uma estrutura panóptica a serviço do Estado”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pesquisadores descobrem a primeira nova cepa de HIV em quase duas décadas

Um estudo dos Laboratórios Abbott e da Universidade do Missouri (EUA) detectou a primeira nova cepa de HIV em 19 anos, desde que as diretrizes para classificação de subtipos foram estabelecidas em 2000. A cepa faz …

Google, Facebook e Microsoft propõem que Pentágono controle inteligência artificial

Microsoft, Google e Facebook estão pedindo para que Washington assuma controle sobre o desenvolvimento da inteligência artificial. Dois gigantes do Vale do Silício do GAFAM, Google e Facebook, juntos com a Microsoft, exortam, através de seu …

Georg Elser, o lobo solitário que quase matou Hitler

Em 8 de novembro de 1939, um carpinteiro alemão por pouco não mudou o rumo da história. Mas ditador nazista escapou do atentado preparado por ele em Munique. Passaram-se décadas até Elser ser reconhecido. Consta que …

Pela primeira vez, Brasil apoia embargo dos EUA a Cuba na ONU

Pelo 28º ano consecutivo, o embargo dos EUA imposto a Cuba há quase seis décadas foi condenado nesta quinta-feira (7) por uma esmagadora maioria na Assembleia Geral da ONU, onde a resolução cubana obteve 187 …

Inteligência artificial resolveria problema de Isaac Newton do século XVII

Um algoritmo astronômico descoberto por pesquisadores no Reino Unido resolveu um dos problemas que ninguém conseguiu solucionar desde Newton. A inteligência artificial (IA) poderia permitir que cientistas britânicos encontrassem uma solução em menos de um segundo …

O universo pode ser um loop gigante

Segundo um novo estudo liderado pelos cosmólogos Eleonora Di Valentino, da Universidade de Manchester (Reino Unido), Alessandro Melchiorri, da Universidade de Roma “La Sapienza” (Itália) e Joseph Silk, da Universidade Johns Hopkins (EUA), o nosso …

Macron afirma que Otan está em estado de "morte cerebral"

Em uma entrevista publicada nesta quinta-feira (07/11) pela revista The Economist, o presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou considerar que a Otan está em situação de "morte cerebral". A opinião foi prontamente rebatida pela chanceler …

Hotel espacial com gravidade artificial pode ser construído em 2025

A Gateway Foundation planeja criar uma estação espacial rotativa que servirá tanto para pesquisas científicas quanto para passeios turísticos. Descrita no site da empresa como "o primeiro espaçoporto", a "The Von Braun Rotating Space Station" é …

Sobrevivente do Holocausto terá escolta policial após ser ameaçada na Itália

Uma sobrevivente do Holocausto de 89 anos recebeu a proteção da polícia italiana depois de ser ameaçada centenas de vezes nas redes sociais. Liliana Segre, que foi enviada ao famoso campo de extermínio de Auschwitz aos …

Lula poderá ser solto depois do STF derrubar prisão após segunda instância

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou nesta quinta-feira (7), por 6 votos a 5, a prisão após condenação em segunda instância. A decisão pode beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpre pena …