2020 será ano decisivo para o clima

O próximo ano é realmente crucial!” Isso já foi dito diversas vezes, em relação ao delicado tema da proteção climática. Como, por exemplo, em 2009, antes da conferência da ONU sobre o clima em Copenhague, na qual deveria ser acordado um grande tratado internacional por todos os 190 Estados-membros.

Foi um fracasso total, os países se brigaram feio e acabaram sem acordo. O mesmo aconteceu em 2015, mas desta vez o que não teve êxito seis anos antes acabou sendo bem-sucedido: um novo acordo climático foi assinado em Paris, com objetivos climáticos próprios por parte de todos os países, com promessas financeiras – e com grande otimismo.

Mas o acordo não foi elaborado em detalhes, e é exatamente por isso que 2020 será um ano crucial para a redução de gases de efeito estufa – novamente. A próxima conferência climática será realizada em Glasgow, Escócia, no fim de 2020, devendo finalmente ratificar todos os detalhes importantes do Acordo de Paris, acordados de forma vaga em 2015.

Jochen Flasbarth, secretário adjunto no Ministério do Meio Ambiente da Alemanha, afirmou à DW que “2020 será um ano fundamental para a proteção do clima: pela primeira vez, os signatários do Acordo Climático de Paris devem revisar suas metas nacionais de proteção climática e ampliá-las o máximo possível”.

Será bem difícil isso acontecer. Cerca de 80 nações já anunciaram a intenção de agir nesse, mas entre eles não constam os grandes emissores de gases de efeito estufa. Recentemente – também devido à disputa sobre metas climáticas mais ambiciosas para todos os países – a conferência climática da ONU em Madri (COP25) esteve prestes a fracassar, e por fim redundou apenas num consenso magro e sem importância.

No próximo ano, contudo, todos os países têm que cumprir sua parte para que se alcance um Acordo de Paris realmente eficaz. Suas atuais promessas climáticas não atingirão o objetivo de limitar o aumento da temperatura da Terra a 2° Celsius, em relação aos níveis pré-industriais. Os especialistas estimam que, se as metas não forem ampliadas, o aquecimento do planeta ultrapassará os 3°C.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vacinação contra COVID-19 será facultativa em Portugal; especialistas divergem sobre o tema

Portugal anunciou seu plano nacional de vacinação contra COVID-19 nesta quinta-feira (3). As vacinas serão distribuídas em 1.200 centros de saúde pública a partir de janeiro, de forma gratuita e facultativa. Especialistas ouvidos pela Sputnik Brasil …

Nosso sistema solar será destruído antes do que pensávamos

Embora o solo sob nossos pés pareça sólido e reconfortante (na maioria das vezes), nada neste Universo dura para sempre. Um dia, nosso sol morrerá, ejetando uma grande proporção de sua massa antes que seu núcleo …

Mãe em Estocolmo não é mais suspeita de aprisionar filho

Promotores suecos estão retirando seu caso contra uma mulher acusada de prender o filho por vários anos. De acordo com as últimas informações, não há provas suficientes de que ele havia sido detido contra sua …

Mistério de galáxia desprovida de matéria escura é revelado

As observações astronômicas apontam para forças de "maré" e comportamento "canibal" de uma galáxia vizinha, que explicariam a escassez deste componente invisível. Se alguma galáxia é pobre em matéria escura, pode ser devido a uma interação …

Maioria das vacinas da Moderna será reservada no início para os Estados Unidos

A Moderna espera disponibilizar entre 100 e 125 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 no primeiro trimestre de 2021. A empresa anunciou, nesta quinta-feira que, no início, entre 85 e 100 …

Amazonas é 3º estado com mais queimadas, emissões e desmatamento

Pela primeira vez, o Amazonas assume a terceira posição nos três principais rankings que indicam o avanço da degradação florestal na Amazônia brasileira, incluindo indicadores de queimadas, emissões de gases de efeito estufa e desmatamento …

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …