Austrália se emociona com deputada que denunciou o próprio marido por pornografia infantil

(dr) Eddie Jim / The Age

Rachel Carling-Jenkins

No dia em que a deputada australiana Rachel Carling-Jenkins descobriu que seu marido tinha pornografia infantil no computador da sua casa, foi diretamente à polícia, junto a seu filho, denunciá-lo. Após a denúncia, o homem foi preso.

Em um discurso emocionado no parlamento de Victoria, na Austrália, a deputada conservadora Rachel Carling-Jenkins surpreendeu esta quinta-feira seus colegas quando pela primeira vez revelou a história que, segundo ela, durante 18 meses virou sua vida do avesso.

Eu e meu filho Terry encontrámos imagens no computador de meu marido que me provocaram grande aflição naquele momento e até agora”, revelou a deputada, “encontrámos uma enorme coleção de pornografia infantil, material muito perturbador que me causou grande angústia”.

Meu casamento terminou imediatamente. Saí de casa no mesmo dia em que descobri o que estava acontecendo e não voltei, exceto quando fui buscar alguns pertences”, conta a deputada.

Rachel Carling-Jenkins conta que chamou a polícia, saiu de casa imediatamente e que manteve até agora silêncio sobre o acontecido para não interferir na investigação policial e no processo judicial.

Após a revelação, colegas de todos os quadrantes políticos elogiaram sua atitude e se mostraram solidários com Carling-Jenkins. Mas, segundo o jornal local The Age, a deputada acabou sendo criticada por algumas pessoas. “Foram poucos os que me criticaram, mas nem todos eram estranhos”, diz.

A política do partido Conservadores Australianos nunca havia suspeitado que seu marido fosse viciado em pornografia infantil. “Não me arrependo, como mãe ou esposa, de ter denunciado esse crime horrível que ocorreu na privacidade do meu lar”, acrescentou.

Carling-Jenkins diz que seu marido se negou a assinar os papéis do divórcio e a chegar a um acordo sobre as propriedades e outros ativos do casal.  A deputada conta que se sente financeira e mentalmente abusada por seu ex-marido, que foi condenado a quatro meses de prisão pela posse de pornografia infantil.

Rachel Carling-Jenkins também falou sobre a angústia que sentiu pelas vítimas. “O crime de meu marido não se trata de mim. Não se trata sequer de meu marido. O crime é sobre as vítimas, as muitas meninas que foram abusadas para prazer de pedófilos”.

“Os rostos de muitas delas ficarão gravados em minha memória para sempre. Rezo para que a polícia possa identificar e resgatar tantas vítimas pobres, desamparadas e vulneráveis quanto for possível”.

“Essas meninas, e outras como elas, nunca seriam abusadas se pessoas como meu ex-marido não criassem um mercado para o seu abuso“, conclui a deputada australiana.

Ciberia // BBC / The Times

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …