Avião que caiu na Rússia explodiu após se chocar com o solo

Dmitry Terekhov / Flickr

Aeronave Antonov AN-148

O avião de passageiros AN-148 que caiu neste domingo nos arredores de Moscou com 71 pessoas a bordo se incendiou e explodiu apenas após se chocar com o solo.

“Conseguimos determinar que, no momento de se chocar com solo, o avião estava inteiro, sem incendiar-se. A explosão aconteceu depois da queda“, disse hoje aos jornalistas Svetlana Petrenko, porta-voz do Comitê de Instrução da Rússia, a autoridade judicial que investiga a tragédia.

Por outro lado, as autoridades não anteciparam nenhuma hipótese sobre as possíveis causas do acidente e assinalaram que todas as linhas de investigação estão abertas.

Embora a neve, as condições do terreno e a grande dispersão dos restos da aeronave e das vítimas mortais dificultem os trabalhos de busca – que poderiam se prolongar durante pelo menos uma semana -, os serviços de resgate já localizaram as duas caixas-pretas do AN-148.

“Foram achados os dois registradores de voo. Portanto, a investigação já se encontra em pleno andamento”, disse o vice-primeiro-ministro russo, Arkadi Dvorkovich, que acrescentou que “é muito cedo para falar das causas” do acidente.

Fontes do jornal “Kommersant” assinalaram que o avião da companhia Saratovskie Avialínii, que minutos antes da tragédia tinha decolado do aeroporto Domodedovo (Moscou), caiu de forma brusca de uma altura de 1.800 metros.

“Após atingir uma altura de 1.800 metros e uma velocidade de 600 quilômetros por hora, o avião desabou bruscamente até os 1.500 metros. Depois recuperou a altitude anterior e em seguida caiu no solo”, afirma a publicação.

Um incêndio em um motor, uma falha nos indicadores de velocidade ou um erro de pilotagem são as causas mais prováveis do acidente, segundo os analistas consultados pelo “Kommersant”.

A companhia aérea informou em comunicado que a aeronave tinha passado no último mês de janeiro por uma revisão completa de manutenção que incluiu a checagem de todas as partes do avião, entre elas a fuselagem, as asas, o trem de pouso e os motores.

No lugar do acidente já foram localizados mais de 450 fragmentos de corpos e cerca de 400 pedaços do avião, segundo os últimos dados divulgados à agência “Interfax” pelo centro que coordena a operação de resgate.

A bordo do AN-148 encontravam-se seis tripulantes e 65 passageiros, entre eles três crianças.

Inicialmente, as autoridades comunicaram que todos os ocupantes do avião eram cidadãos russos, mas depois informaram que havia três passageiros estrangeiros, um cidadão suíço, um azerbaijano e um cazaque.

O AN-148 é um avião projetado pela empresa aeronáutica ucraniana Antonov para cobrir rotas de média distância, com uma autonomia de voo de entre 2.200 e 4.400 quilômetros, em dependência da sua configuração.

O acidente aéreo deste domingo é o mais grave ocorrido na Rússia desde 25 de dezembro de 2016, quando um Tupolev Tu-154 da força aérea russa caiu no mar Negro, causando a morte de seus 96 ocupantes.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas descobrem do que são feitos os exoplanetas semelhantes à Terra

Cientistas da Universidade de Zurique analisaram a composição e estrutura de exoplanetas distantes usando ferramentas estatísticas. A análise indica se um planeta é parecido com a Terra, se é composto por rocha pura ou um …

Caso de jornalista desaparecido mexe com a economia da Arábia Saudita

O desaparecimento sem explicações do jornalista Jamal Khashoggi, crítico do governo da Arábia Saudita, está se transformando em pesadelo para a economia do país. A monarquia saudita afirmou no domingo (14) que responderia com fortes represálias …

Encontrado o registro mais antigo sobre Jerusalém

Especialistas da Autoridade de Arqueologia de Israel (AAI) encontraram uma pedra com uma inscrição de 2 mil anos de idade na qual se lê "Jerusalém" em hebraico. Encontrada em uma escavação embaixo do Centro de Convenções …

Médicos escoceses estão receitando (literalmente) natureza aos pacientes

Médicos escoceses começaram a receitar natureza aos pacientes. Caminhadas, observação de pássaros ou passeios na praia são os “medicamentos” prescritos para ajudar a tratar doenças crônicas e debilitantes. Saia de casa e desfrute da companhia de uma nuvem. …

Mecânico dispara míssil sem querer e destrói um F-16

Um mecânico disparou, supostamente de forma acidental, um míssil de um F-16 que acabou atingindo outro avião que ficou totalmente destruído. Um acidente que aconteceu na base aérea de Florennes, no sul da Bélgica, com …

Príncipe Harry e Meghan Markle vão ser pais

O príncipe Harry e a duquesa de Sussex, Megan Markle, estão à espera do primeiro filho. O bebê deverá nascer na primavera de 2019 (outono no Brasil), anunciou nesta segunda-feira (15) o Palácio de Kensington, …

Catalunha: Parlamento aprova resolução que pede fim da monarquia

Segundo o Diário de Notícias, o primeiro-ministro espanhol já anunciou medidas legais contra a resolução aprovada na Catalunha. O governo espanhol empreenderá medidas legais contra o Parlamento catalão por considerar “inadmissível” a resolução aprovada pelos deputados …

Derrota histórica dos aliados de Angela Merkel põe em jogo estabilidade do governo alemão

Os aliados conservadores da chanceler Angela Merkel perderam a maioria absoluta no parlamento estadual da Baviera por larga margem na eleição regional que ocorreu neste domingo (14), um resultado que pode causar mais turbulência dentro …

Dia do Professor: Bolsonaro afirma que vai "resgatar o respeito em sala de aula"

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira (15), Dia do Professor, que pretende valorizar a categoria e resgatar o respeito em sala de aula. Lembrando que é formado em educação física, ele …

Tesla terá uma bebida própria (quando começar a ter lucro)

Carros elétricos, baterias, telhas fotovoltaicas e a Tesla não fica por aqui. Assim que começar a ter lucro, a marca vai começar a produzir uma bebida própria. A Tesla de Elon Musk não só produz automóveis elétricos, alimentados …