Brasil é o país mais depressivo da América Latina

Cerca de 5,8% da população brasileira sofre de depressão – um total de 11,5 milhões de casos registrados no país, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O índice é o maior na América Latina e o segundo maior nas Américas, atrás apenas dos Estados Unidos, que registram 5,9% da população com o transtorno e um total de 17,4 milhões de casos.

De acordo com a OMS, o número de pessoas vivendo com depressão está aumentando – 18,4% entre 2005 e 2015. A estimativa é que, atualmente, cerca de 322 milhões de pessoas de todas as idades sofram com a doença em todo o mundo.

O órgão alertou que a depressão é a principal causa de incapacidade laboral no planeta e, nos piores casos, pode levar ao suicídio.

A OMS estima ainda que, a cada ano, as consequências dos transtornos mentais gerem uma perda econômica de 1 trilhão de dólares para o mundo.

O levantamento mostra que, além do Brasil e dos Estados Unidos, países como Ucrânia, Austrália e Estônia também registram altos índices de depressão em sua população – 6,3%, 5,9% e 5,9%, respectivamente.

Entre as nações com os menores índices do transtorno estão Ilhas Salomão (2,9%) e Guatemala (3,7%). A prevalência na população mundial, segundo a OMS, é 4,4%.

Os dados também mostram que a depressão é mais comum entre as mulheres (5,1%) do que entre os homens (3,6%). Mas os homens cometem mais suicídio do que as mulheres. A prevalência de suicídio entre homens por grupo de 100 mil habitantes é quase três vezes superior à verificada entre mulheres.

Segundo a OMS, 788 mil pessoas cometeram suicídio em 2015. O número representou 1,5% de todas as mortes registradas no mundo. Entre jovens de 14 a 29 anos, o suicídio foi a segunda causa de morte no ano.

A prevalência de depressão também varia conforme a idade. O pico é registrado entre os 55 e 74 anos. Nesse grupo, a prevalência mundial foi de 7,5% entre as mulheres, e 5,5% entre os homens.

Além da depressão, a entidade indica que, pelo mundo, 264 milhões de pessoas sofrem com transtornos de ansiedade, uma média de 3,6% da população mundial. O número representa uma alta de 15% em comparação a 2005.

Uma vez mais, o Brasil lidera na América Latina, com 9,3% da população com algum tipo de transtorno de ansiedade. Em relação à média mundial, a taxa do país é três vezes superior. Os índices brasileiros também ultrapassam de forma substancial as taxas identificadas nos demais países da região: 7,6% no Paraguai, 6,5% no Chile e 6,4% no Uruguai.

Como na depressão, em números absolutos, o Sudeste Asiático é a região que mais registra casos de transtornos de ansiedade: 60 milhões (23% do total mundial). No segundo lugar vêm as Américas, com 57,2 milhões (21% do total).

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Vão ter que mudar", diz Greta sobre Bolsonaro e Trump em retorno à Europa

A ativista chegou em Lisboa na tarde desta terça-feira (3), 21 dias depois de sair dos EUA a bordo de um veleiro. A jovem sueca retorna à Europa para participar da COP 25, a conferência …

Museu decide comprar apenas obras de mulheres por um ano por reparação histórica

Para se transformar a velha normalidade repleta de preconceitos, violências e desigualdades embutidas é preciso atitudes efetivas e concretamente transformadoras. Da mesma forma que a dívida histórica racial deve ser reparada não somente no discurso, mas …

Black Friday no Brasil superou a dos EUA nos apps de compras, segundo estudo

Neste ano, a Black Friday fez a sua marca entre as compras dos brasileiros. O próprio Canaltech fez uma cobertura muito especial em torno da Black Friday deste ano.Importada dos EUA, a tradição está mesmo …

Para acalmar a crise, presidente chileno propõe ajuda de R$ 520 para 1 milhão de famílias

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, propôs nesta terça-feira (3) a criação de um bônus de 100.000 pesos chilenos (cerca de R$ 520), que serão distribuídos para 1,3 milhão de famílias. O objetivo da medida, …

Anvisa dá aval à venda de maconha medicinal em farmácias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (03/12) um novo marco regulatório para o registro e venda de produtos à base de cannabis em farmácias no país, tornando o Brasil a nação …

Visitante interestelar pode 'morrer' ao se aproximar do Sol

Um visitante interestelar, observado em nosso Sistema Solar, pode estar próximo de "morrer", isso porque, o 2I/Borisov provavelmente será desintegrado ao se aproximar do Sol. Os cientistas acompanham cada movimento do cometa, que está se aproximando …

Messi e Rapinoe levam o Bola de Ouro

Argentino bate recorde histórico ao ser eleito pela sexta vez o melhor jogador do mundo pela "France Football". Americana é a segunda mulher a receber a premiação na categoria futebol feminino. O atacante argentino Lionel Messi, …

Chuvas já mataram 12 pessoas em dez dias no sul da França

As fortes chuvas que atingiram no domingo (1) a Riviera Francesa (sul) deixaram seis mortos e sérios danos materiais. Temporais de intensidade semelhante ocorridos na semana passada já tinham matado seis pessoas e deixado um desaparecido. …

Butão: o ‘país mais feliz do mundo’ é eleito o ‘melhor lugar para visitar em 2020’

2019 ainda não acabou, mas nós já estamos planejando e sonhando com as viagens que faremos em 2020. Que tal fugir do roteiro óbvio e conhecer um país pouquíssimo explorado? O tradicional e respeitado guia Lonely …

Trump acusa Brasil de desvalorização "maciça" do real e anuncia retaliação

Presidente dos EUA promete impor tarifas sobre importação de aço e alumínio do Brasil e Argentina, acusando-os de desvalorizarem suas moedas de forma "maciça". Bolsonaro diz que vai falar com Trump. O presidente dos Estados Unidos, …