Espanha destitui presidente da Catalunha e convoca eleição regional

Gobierno de Espanha / Flickr

Mariano Rajoy, primeiro-ministro e líder do Partido Popular espanhol

O governo da Espanha decidiu neste sábado destituir o presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, todos seus conselheiros, e convocar eleições no prazo máximo de seis meses em aplicação do artigo 155 da Constituição para restaurar a legalidade na região autônoma.

O Conselho de Ministros decidiu hoje adotar uma série de medidas, que ainda precisam ser autorizadas pelo Senado, para assumir o controle da Catalunha e restabelecer a ordem constitucional diante da “desobediência rebelde” das autoridades regionais, que iniciaram um processo de independência.

A responsabilidade de dissolver o parlamento da Catalunha para convocar novas eleições caberá ao presidente do governo da Espanha, Mariano Rajoy, que espera que isso seja possível assim que a normalidade seja recuperada na região.

O governo da Espanha decidiu aplicar a Constituição depois de Carles Puigdemont ter alertado na quinta-feira que o parlamento catalão poderia voltar a independência se não houvesse diálogo entre as partes.

O artigo 155 estabelece que, se uma autoridade autônoma não atende aos requerimentos para voltar à legalidade, o governo pode aprovar um decreto com medidas concretas para assumir as responsabilidades regionais.

Em entrevista coletiva, Rajoy argumentou que os objetivos da aplicação do artigo 155 são, nesta ordem, retomar a legalidade, restabelecer a normalidade, manter a recuperação econômica e realizar eleições na Catalunha.

As funções exercidas pelos conselheiros regionais da Catalunha serão repassadas a órgãos e autoridades designadas por Rajoy. A ideia, no entanto, é que essas responsabilidades sejam assumidas pelos ministros do governo central da Espanha.

Todos os departamentos catalães serão afetados, entre eles Vice-Presidência, Economia e Fazenda, Interior (responsável pela Mossos d’Esquadra, a polícia regional), Justiça, Assuntos Exteriores, Relações Institucionais, Ensino, Governo, Trabalho, Agricultura e Pesca.

Além disso, o governo da Espanha limitará as funções do parlamento da Catalunha para que não possa propor candidato à presidência da região, nem debater e votar sua posse enquanto as medidas propostas hoje estiverem em vigor.

O parlamento catalão também não poderá tomar iniciativas contrárias à Constituição ou ao estatuto de autonomia. O governo da Espanha ainda terá um prazo de 30 dias para exercer direito de veto sobre as decisões tomadas pelo Legislativo regional.

Segundo Mariano Rajoy, não há nenhum país do mundo democrático e civilizado que tenha vivido uma situação como a “inaceitável” rebeldia separatista das autoridades da Catalunha.

A Espanha tem vivido nas últimas semanas uma crise política iniciada pelas medidas tomadas pelos líderes independentistas catalães para separar a região do governo central, entre eles a realização no último dia 1º de outubro de um referendo de autodeterminação, considerado ilegal pelo Tribunal Constitucional.

O presidente da Catalunha defendeu os resultados desse referendo, favorável à separação, no parlamento, mas deixou em suspenso a declaração de independência, defendendo o diálogo com mediação internacional com o governo central da Espanha.

Rajoy, então, enviou um requerimento a Puigdemont para que cumprisse com a legalidade constitucional, um documento no qual também pedia que o líder catalão dialogasse com o parlamento espanhol.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A quantidade de nitrogênio emitida pela pecuária já ultrapassou os limites seguros

A quantidade de nitrogênio emitida pela criação de animais para abate é superior ao que o planeta pode aguentar. Cientistas alertam que é necessário diminuir o consumo de carne e laticínios. As principais fontes de nitrogênio …

França vai adotar teste de saliva nos aeroportos para evitar 2ª onda de Covid-19

O governo francês anunciou nesta sexta-feira (10) a implementação de testes a base de saliva em seus aeroportos. A medida, que tem como objetivo evitar uma segunda onda de contaminação pelo coronavírus, visa principalmente os …

De 4.200 anos? Arqueólogos desvendam em Israel 'emoji' mais antigo do mundo

Arqueólogos israelenses encontraram evidências de arte rupestre sem precedentes em dólmens de 4.200 anos. O novo projeto de pesquisa faz parte de um estudo de dólmens (monumentos megalíticos tumulares construídos por humanos) na Alta Galileia e …

Governo remarca Enem para janeiro e fevereiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (08/07) as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, adiado em razão da epidemia de covid-19. As provas em papel serão aplicadas em 17 …

Steve Jobs dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus e, consequentemente o isolamento social, muitas pessoas conseguem continuar trabalhando normalmente de forma remota. Mesmo dentro de casa, felizmente, algumas empresas conseguem manter o contato com seus funcionários …

Viagem tripulada a Marte seria melhor com passagem por Vênus, afirmam astrônomos

De acordo com cientistas norte-americanos, cálculos das órbitas entre a Terra e Marte os levaram a concluir que tais viagens seriam mais rápidas, eficientes, e permitiriam estudar os dois planetas. Uma viagem da Terra a Marte …

EUA: Suprema corte autoriza a divulgação de documentos financeiros de Trump

A Suprema Corte dos Estados Unidos impôs uma grande derrota a Donald Trump, ao decidir que um procurador de Nova York tem direito de acesso a vários documentos financeiros do presidente, incluindo declarações de …

O fenômeno "água morta", observado a mais de cem anos, é finalmente explicado

Finamente uma equipe com especialistas de múltiplas áreas CNRS e da Universidade de Poitiers, ambas na França, decifrou a misteriosa ocorrência pela primeira vez. O estranho é fenômeno que desacelera navios ou faz que eles parem …

Pode mesmo haver vida nas nuvens de Vênus, dizem cientistas

Quem gosta de astronomia não deve saber que Vênus não é o mais habitável dos planetas. Com temperaturas em torno de 470ºC e com uma atmosfera formada por dióxido de carbono e nitrogênio noventa vezes …

Cientistas rebatem decisão da China de coletar DNA de homens e meninos

Um relatório que revelou que a China está coletando DNA de milhões de pessoas para ajudar a solucionar crimes. Essa informação tem levantado preocupações entre os pesquisadores sobre privacidade e consentimento, sob o argumento de que …