Catalunha está preparada para declarar independência da Espanha mesmo sem referendo

Liz Castro / Flickr

Manifestação pela independência da Catalunha em 19 outubro de 2014

Manifestação pela independência da Catalunha em 19 outubro de 2014

A Generalitat (governo regional) já definiu o mecanismo para pôr em prática uma separação imediata da Catalunha em relação ao resto de Espanha caso o governo espanhol impeça a realização de uma consulta popular sobre a independência prevista para setembro ou outubro deste ano.

Segundo o jornal espanhol El País, o Governo regional de Carles Puigdemon já tem um plano para levar a cabo suas intenções. A Lei da Transitoriedade Jurídica – ou lei da ruptura -, deverá funcionar como uma constituição provisória, durante dois meses, para que o parlamento do território inicie o processo constituinte da República da Catalunha.

A Lei da Transitoriedade Jurídica estabelece quem serão os cidadãos catalães e como será possível obter a nacionalidade; quais leis espanholas permanecerão em vigor e quais deixarão de ser válidas; qual o destino dos funcionários da Administração Geral do Estado residentes na Catalunha e o que acontecerá com os imóveis do Estado espanhol.

A maioria independentista do Parlamento regional da Catalunha já aprovou uma mudança na regulamentação que permitiria uma aprovação desta lei em caráter de urgência. Em apenas 48 horas, e sem qualquer hipótese de reação da oposição, a independência pode ser colocada em marcha.

“Se o Estado espanhol impedir a realização do referendo, esta lei entrará em vigor de forma integral e imediata assim que o Parlamento constatar esse impedimento”, afirma o Governo catalão.

Em 2014 foi realizada uma consulta sobre autodeterminação da Catalunha na qual participaram 2.344.828 pessoas, tendo vencido o “sim” a este divórcio com 80% dos votos. No entanto, a consulta não foi reconhecida por Madrid e levou à condenação, por desobediência, de vários responsáveis do governo catalão, como Artur Mas.

O governo espanhol continua se opondo a um referendo, mas, desta vez, a Generalitat se preparou para uma ofensiva legal. Os independentistas dizem que esta é a última oportunidade para ser realizado um pacto sobre as condições da votação da independência da Catalunha, senão a “lei da ruptura” será convocada em setembro.

Em Madrid, a notícia de que a declaração unilateral de independência está sendo ponderada foi recebida com desagrado. Mariano Rajoy, o presidente do Governo, diz se tratar de “um delírio jurídico” e que Puigdemont está “liquidando o Estado de Direito”.

“É intolerável a chantagem e a ameaça que colocaram em cima da mesa”, destacou Rajoy, que reforçou o convite a Puigdemont para que compareça ao Congresso e defenda suas teses, ainda que já tenha antecipado que não apoiará “nem a liquidação da soberania nacional, nem a liquidação da unidade nacional”.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Viagem aos anos 90: Airbnb abrirá reservas para pernoites na última Blockbuster

Quem viveu o boom das locadoras nos anos 90 sabe que ir até uma Blockbuster ou redes semelhantes de VHS e DVDs era um verdadeiro programa de final de semana: a experiência de assistir a …

Joe Biden escolhe Kamala Harris como candidata a vice

Senadora eleita pela Califórnia pode se tornar a primeira mulher vice-presidente dos Estados Unidos, caso chapa democrata derrote Donald Trump em eleição de novembro. O candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta terça-feira …

Bilionários do Vale do Silício apostam em bunkers para vencer fim do mundo

Esqueça a vida no espaço: bilionários do Vale do Silício estão se preparando para o apocalipse comprando bunkers. A parte mais abastada da população mundial tem se mostrado interessada em adquirir “buracos na terra” equipados para …

Presidente russo Vladimir Putin anuncia registro de 1ª vacina contra COVID-19

Nesta terça-feira (11), o presidente Vladimir Putin anunciou o registro da primeira vacina russa contra a COVID-19. "Tanto quanto sei, nesta manhã foi registrada, pela primeira vez no mundo, uma vacina contra a COVID-19", disse o …

O planeta anão Ceres é um Oceano, afirmam cientistas

O planeta anão Ceres — há muito considerado uma estéril rocha espacial — é um mundo oceânico com reservatórios de água marinha sob sua superfície, descobriu uma grande missão de exploração que divulgou seus resultados …

Líder da oposição de Belarus deixa o país

Ministro da Lituânia afirma que Svetlana Tikhanovskaya "está em segurança” no país vizinho. Regime de Alexander Lukansheko, no poder desde 1994, vem reprimindo protestos que acusam governo de fraudar eleições. O ministro das Relações Exteriores da …

Jovem negro é morto no dia do aniversário por PM que achou que ele fosse atirar

Nesse domingo (9), Rogério Ferreira da Silva Júnior comemorava o seu aniversário de 19 anos dando um rolê de moto. Enquanto passava pela Avenida dos Pedrosos, na Zona Sul de São Paulo, foi perseguido por …

Bill Gates opina sobre compra do TikTok pela Microsoft: “cálice envenenado”

Embora esteja afastado desde março do conselho de diretores da Microsoft, Bill Gates, cofundador e atual consultor de tecnologia da companhia, não deixa de estar atento às recentes notícias de que a gigante de Redmond …

Plataforma de gelo no Canadá quebra e cria iceberg pouco menor que Vitória, do Espírito Santo

Após um aquecimento de cerca de 9 ºC nas últimas décadas, a Milne, considerada "a última plataforma de gelo completa" no mundo, perdeu uma grande parte, formando um iceberg. Uma das maiores plataformas de gelo no …

Cientistas propõe adicionar drogas psicoativas na água potável

Pesquisadores do Reino Unido propuseram uma idéia radical para reduzir a taxa de suicídios: incluir o medicamento psicoativo lítio — um estabilizador de humor — na água potável da população. Parece uma idéia completamente radical, mas …