Facebook não quis investigar desinformação vinda de site norte-americano

wiredphotostream / Flickr

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

“Facebook” e “transparência” são duas palavras que geralmente estão juntas em pautas mais espinhosas, e desta vez não é diferente: segundo uma reportagem veiculada pelo jornal norte-americano The New York Times, a rede social mais popular do mundo deliberadamente deixou de investigar uma suposta campanha de desinformação propagada por um site de notícias por temer represálias vindas do Partido Republicano do país.

O Daily Wire é conhecido pelo público norte-americano por sua agenda pró-Trump e pró-conservadorismo, comumente veiculando notícias com um tom que favoreça o atual presidente dos Estados Unidos e seu partido. O site foi fundado pelo comentarista político, autor e ex-advogado Ben Shapiro, que atua como seu editor-chefe.

De acordo com a reportagem do jornal, as equipes de segurança e relações políticas e governamentais (Public Affairs Policy) do Facebook se confrontaram entre novembro e dezembro de 2019. O time de segurança identificou uma série de mensagens coordenadas e publicações sem indicação de autoria por parte do Daily Wire — uma tática comumente associada a redes de desinformação e veiculação de fake news, segundo fontes do jornal que preferiram o anonimato.

“Alguns membros do time de segurança queriam encomendar uma investigação de tais redes baseadas nos Estados Unidos”, diz um trecho da matéria. “Mas a equipe de relações políticas os desencorajaram, deixando claro que operações de influências externas são mais prioritárias que problemas domésticos”.

Segundo uma pessoa ouvida pelo jornal e que participou de uma das reuniões, havia o receio do time político de que, ao abrir uma investigação contra o Daily Wire e outras redes, uma represália do Partido Republicano viria logo em seguida.

A situação não é confirmada pelo Facebook: seu chefe de cibersegurança, Nathaniel Gleicher, disse ao New York Times que “não se recorda” de nenhum confronto entre as equipes envolvidas, adicionando que a situação identificada pelo time de segurança não trazia as evidências mínimas que justificassem uma investigação aprofundada.

“Nós tomamos nossas decisões com base no comportamento”, ele disse. “Sejam [os usuários] estrangeiros ou domésticos, a pergunta é ‘Eles estão mostrando esse comportamento de forma consistente?’”.

A suspeita, porém, não vem sem motivo, haja vista que diversos relatos da imprensa americana, no passado, apontam que o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, por diversas ocasiões recebeu Ben Shapiro, fundador do Daily Wire; e outros proeminentes nomes do conservadorismo norte-americano em festas e jantares oferecidos por ele ou pela rede social.

O Daily Wire foi procurado pelo New York Times, mas não comentou o caso.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coronavírus: São Paulo se prepara para reabertura com 70% de leitos ocupados

O governo estadual de São Paulo ordenou a reabertura gradual dos estabelecimentos comerciais a partir dessa terça-feira (2). A gestão diz se basear no índice de infecções do novo coronavírus por cidade. Mesmo com 70% …

Júpiter é tão grande que quase virou um sol

Júpiter é o maior planeta do sistema solar. Assim, bem maior mesmo. Do tipo se você pegar todos os outros planetas e juntar suas massas, não chega nem aos pés dele. Nem mesmo metadinha. Esse gigante …

União Europeia pede que EUA reconsiderem sua decisão de cortar relações com a OMS

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o chefe de relações internacionais da União Europeia, Josep Borrell, pediram neste sábado (30) que os Estados Unidos “reconsiderem a decisão anunciada” de romper …

Astronautas da NASA chegam à ISS em nave da SpaceX e entram para a história

Depois de viajarem pelo espaço por 19 horas, os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley chegaram à Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo da nave Crew Dragon alguns minutos antes do previsto. O lançamento histórico aconteceu …

Nova Zelândia se encontra em cima de enorme bolha de lava, segundo pesquisa

Durante os anos 70, pesquisadores propuseram a teoria de que o interior do planeta se agita lentamente como uma bolha de lava. Estas bolhas flutuantes surgem como plumas do manto derretido do centro da Terra, onde …

Alemães usam criatividade para manter distanciamento social

Até final de junho, distância mínima está em vigor em espaços públicos. Instituições de cultura encontraram meios engenhosos para reunir grupos com segurança. Ideias vão de chapéu com boia até orações em estacionamento. Com medidas de …

YouTube exibe mais de 100 filmes de ‘Cannes’ e outros festivais de cinema durante quarentena

Assim como outros eventos do cinema em 2020, o ‘Festival de Cannes’ foi cancelado em função da pandemia do novo coronavírus. Já os festivais de Veneza e Toronto, previstos para setembro, ainda são incertos. Mas, …

Moradores do Catar compram novos celulares para escapar de aplicativo espião anti-Covid

Os aplicativos para smartphones destinados a rastrear pessoas infectadas com o novo coronavírus se tornaram instrumentos de controle das atividades de milhares de cidadãos, principalmente em países não democráticos. É o caso do emirado do Catar, …

Apenas 22% das empresas têm recursos para manter atividades por mais um mês, diz CNI

Levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) diz que apenas 22% das empresas têm recursos para manter atividades por mais um mês diante da crise do coronavírus. O relatório aponta que 45% das empresas podem …

Satélites podem ter problemas com o enfraquecimento do campo magnético da Terra

O campo magnético da Terra protege nosso planeta da radiação solar perigosa, mas ele não é estático. Nos últimos 200 anos ele ficou 9% mais fraco, e esse enfraquecimento pode causar problemas de funcionamento em …