Facebook pagou terceirizados para transcrever áudios do Messenger

Bloomberg revela que centenas de funcionários foram contratados para ouvir conversas de usuários. Empresa confirma a prática, mas garante que foi suspensa. Apple, Google e Amazon foram criticadas por caso semelhante.

O Facebook contratou centenas de trabalhadores terceirizados para ouvir e transcrever mensagens em áudio de usuários do serviço de mensagens Messenger, revelou a plataforma Bloomberg.

A rede social confirmou que áudios estavam sendo transcritos, mas garantiu que a prática já foi suspensa. “Assim como a Apple e o Google, pausamos a análise humana de áudio há mais de uma semana”, afirmou a empresa à Bloomberg na terça-feira (13/08).

Segundo o Facebook, somente foram afetados os usuários que ativaram a função de transcrição para mensagens de voz.

A reportagem da Bloomberg revelou que centenas de funcionários de empresas terceirizadas ouviam e transcreviam clipes de áudio para o Facebook. Os trabalhadores não tinham conhecimento da situação sob a qual as conversas tinham ocorrido e para qual finalidade se destinava a transcrição.

Ainda segundo a Bloomberg, alguns dos terceirizados sentiam que seu trabalho era antiético e ficavam abalados com algumas conversas ouvidas, que por vezes tinham conteúdos “vulgares”.

De acordo com o Facebook, a transcrição dos áudios por tralhadores terceirizados visava verificar se o software entende corretamente as frases dos usuários. As mensagens teriam sido anteriormente anonimizadas, afirmou a empresa.

Nas últimas semanas, Amazon, Apple e Google foram alvo de críticas após a revelação de que elas empregam pessoas para analisar áudios coletados por seus sistemas de assistência de voz.

As companhias alegam que a prática de analisar conversas visa aperfeiçoar seus produtos. Enquanto Apple e Google dizem ter suspendido a prática, a Amazon dá a seus usuários a opção de bloquear a coleta de voz realizada pelo seu assistente de voz Alexa.

No caso do Facebook, a situação é um pouco mais delicada do que para os outros conglomerados de tecnologia. Há anos há rumores de que aplicativos da rede social ouvem os usuários para personalizar conteúdos publicitários. Relatos de casos em que propagandas combinam com uma conversa realizada pouco antes comprovariam essa suspeita.

Entretanto, a empresa sempre negou a prática. Seu fundador e CEO, Mark Zuckerberg, refutou isso veementemente durante um questionamento no Congresso dos Estados Unidos, classificando a denúncia de “teoria da conspiração”.

O Facebook também sempre frisou que a rede social só processa dados de áudio se um usuário der sua permissão expressa. Embora esteja claro que áudios devem ser processados durante a função de transcrição, os usuários não tinham consciência – como no caso dos assistentes de voz das outras empresas – de que, em alguns casos, outras pessoas ouviam esses áudios.

No mês passado, a empresa de tecnologia fechou acordo com o governo americano para pagar uma multa de 5 bilhões de reais, encerrando um processo por violação de privacidade. A ação se refere ao escândalo envolvendo a Cambridge Analytica, empresa que recolheu dados de 87 milhões de usuários do Facebook sem o conhecimento dessas pessoas com intuito de fazer propaganda política.

// DW

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Tratamento para tuberculose é recorde, mas 3 milhões não têm acesso

Em 2018, o número de pessoas que receberam tratamento para a tuberculose bateu um recorde histórico em grande parte devido a uma melhor detecção e diagnóstico da doença. Em todo o mundo, sete milhões de pessoas …

"Blob": o que é a misteriosa criatura com 720 sexos e sem cérebro

Ele não tem boca, estômago, olhos, tampouco pode detectar ou digerir alimentos. Também não tem braços ou pernas, mas consegue se locomover — e, em um único dia, dobrar de tamanho. É capaz de aprender e …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

Desgaste político e crise entre clã Bolsonaro e PSL minam nomeação do filho do presidente, que dificilmente seria aprovada pelo Senado. Caso ocorre após batalha pela liderança da legenda na Câmara. O Palácio do Planalto decidiu …

EUA aplicam tarifas punitivas sobre produtos da UE

Após aval da OMC, entram em vigor aumentos tarifários de 10% e 25%, afetando 7,5 bilhões de dólares em produtos do bloco europeu. Bruxelas poderá retaliar com sanções. As autoridades de comércio dos Estados Unidos confirmaram …

Polícia libera filho do chefe do narcotráfico El Chapo depois de emboscada

Alvos de uma violenta represália dos narcotraficantes, os policiais mexicanos foram obrigados a soltar Ovidio Guzmán López, um dos filhos do célebre El Chapo, do cartel de Sinaloa, pouco depois de prendê-lo, nesta quinta-feira (17) …

Pesquisa identifica quais as preferências musicais em cada região do Brasil

Ainda que a cultura brasileira tenha o hábito de importar, no bom e no mal sentido, tudo que pode de países estrangeiros – em especial dos EUA e alguns países da Europa – na hora …

Estudo descobre que humanos têm capacidade de regeneração como a salamandra

Infelizmente, seres humanos não podem se dar ao luxo de perder nenhum pedacinho do corpo, porque todos são insubstituíveis. Ou talvez não. Um estudo da Universidade Duke (EUA) descobriu que somos muito melhores em regenerar cartilagem …

Polícia da Holanda encontra família que diz ter passado 9 anos fechada em quarto secreto ‘esperando o fim do mundo’

Uma família de seis pessoas que passou nove anos em uma fazenda "esperando o fim do mundo" foi descoberta pela polícia na Holanda, depois que um deles apareceu em um bar da região de Ruinerworld. Um …

Ter um cachorro pode te ajudar a viver mais, aponta estudo

Nos últimos anos diversas pesquisas apontaram as vantagens de se ter um cachorro em casa. Nossos fiéis amigos de quatro patas são muito mais do que companheiros, mas podem nos ajudar a viver mais. É …

Desde 1970 a NASA sabe que existe vida em Marte, diz ex-engenheiro da agência

Em um artigo publicado na terça-feira (15) na revista Scientific American, Gilbert Levin, um ex-engenheiro da NASA que trabalhou nas missões Viking, faz uma afirmação polêmica: a de que, desde a década de 1970, a …