Jornalista pede demissão ao vivo após ser impedido de fazer pergunta a Bolsonaro

O nome da Rádio Guaíba, de Porto Alegre, foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nesta terça-feira (23). Mais uma vez, as eleições dominaram as tuitadas dos brasileiros.

Tudo aconteceu depois do jornalista gaúcho Juremir Machado, com mais de 10 anos de casa, pedir demissão ao vivo. “Achei humilhante e, por isso, estou saindo do programa. Foi um prazer ter trabalhado aqui por 10 anos”, disse enquanto deixava o estúdio.

A decisão foi motivada por acusações de censura. Depois de insistentes pedidos, o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, aceitou conversar com o programa Bom Dia.

Mas a entrevista só seria concedida com uma condição: ele responderia apenas aos questionamentos do apresentador, Rogério Mendelski. “O silêncio de vocês foi uma condição do candidato”, justificou o âncora.

Visivelmente incomodado com a postura adotada pelos colegas jornalistas, Machado deixou clara a sua posição contrária. “Nós poderíamos dizer que o candidato nos censurou?”, perguntou.

Ao que parece não adiantou muito, já que os outros dois integrantes da bancada enxergaram com normalidade o fato de permanecerem calados durante toda a entrevista. “Ele disse que falaria somente comigo. Não tem censura”, respondeu o âncora.

Juremir Machado pede demissão AO VIVO após CENSURA

Toda nossa solidariedade ao jornalista Juremir Machado da Silva, que foi CENSURADO por não poder fazer perguntas a Bolso.naro e se viu obrigado a pedir demissão AO VIVO.

Posted by Fernanda Melchionna on Tuesday, October 23, 2018

Há pouco mais de 10 anos, a Rádio Guaíba é propriedade do Grupo Record, comandado por Edir Macedo, que recentemente declarou apoio a Bolsonaro no segundo turno. Em nota enviada ao BuzzFeed, Gustavo Chagas, produtor da emissora, nega o pedido de demissão de Machado.

“Sou produtor da rádio e também recebi o teu e-mail. Não falo pela empresa, mas só faço um esclarecimento: Juremir não pediu demissão. Ele participou normalmente de seus outros espaços na programação depois do ocorrido. Teve seu comentário durante o programa Direto ao Ponto, o qual produzo; participou do debate esportivo Ganhando o Jogo e, neste exato momento, apresenta o seu programa, Esfera Pública, ao lado de Taline Oppitz. A transmissão está ao vivo no Facebook da emissora.”

Manuela D’Ávila, vice na chapa de Fernando Haddad (PT) criticou a postura adotada pela Rádio Guaíba. “A censura começou e os gestos de grandeza e coragem diante do arbítrio também! Minha solidariedade a meu professor Juremir Machado. Resistiremos e venceremos!”, escreveu no Twitter.

Ciberia // Hypeness

COMPARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Bem tendenciosas as postagens de vocês, não?
    Conhecem o termo “Jornalismo Imparcial” ?
    Deem uma pesquisada sobre o assunto, quem sabe não levamos vocês mais à sério 😉

  2. Não podemos ter um presidente com o perfil de um psicopata e desequilibrado como este Bolsonaro. As declarações que ele profere não deveriam sair da sua boca, pois é puro estrume, lavagem, lixo! É um louco desequilibrado: Mas as pesquisas de opinião já denotam uma queda nas pesquisas de opinião e uma acessão do seu adversário Fechar o judiciário, fazer laqueaduras, apoiar a matança e a tortura, acabar com 13o. salário e com as férias, dizer que usa o dinheiro que ele recebe do auxilio moradia de deputado para comer gente, chamar mulheres de vagabunda, dizer que não estrupa uma mulher porque nem isso ela merece, querer implantar o ensino a distancia desde o ensino básico, querer dar a amazônia para os EUA, privatizar a Petrobras, mandar prender ou exilar os que não concordam com ele, que são seu adversários, chamar de burro e dar capim aos eleitores que não votam nele, enfim, FORA BOLSONARO, ELE NÃO!

    • Pois é amigo: Bolsonaro pode até ser burro, mas não faz parte de um partido que tem bandidos na cadeia. Quando escrever sobre uma pessoa, pelo menos fale a verdade. Não seja igual a candidato adepto de presidiário que ou mente ou fala meias verdades.

  3. Bolsonaro apenas cumpriu o que havia sido combinado e o jornalista Juremir Machado sabia disso préviamente. Ele usou rasteiramente esse mimimi com fins políticos para atingir Bolsonaro. Pronto, Juremir, você já conseguiu seus 5 minutos de fama. Agora cala a boca e volta para a sua insignificância.

  4. De nada adianta tanto mimimi, tantas acusações falsas, distorcidas e fora do contexto original . Dia 28 veremos o resultado (se as urnas não roubarem). PT nunca mais. É isso que o povo quer. Em qualquer DEMOCRACIA DE VERDADE é assim: A minoria fala e é escutada, as vezes até esperneia, mas quem decide é a maioria.

  5. Felizmente os petistas estão esperneando tarde. Já causaram o mal que podiam e queriam ao povo brasileiro. Estão certos que perderão os privilégios e apavoraram. Basta! Se recolham à sua insignificância, pois agora queremos que o nosso querido Brasil prospere na educação, na segurança pública e principalmente na honestidade. E que Deus nos ajude!

  6. Notícia FALSA!!!!!! Procurem a verdade antes de darem a notícia!!! à não ser que voces tem algum interesse em disvirtuar a VERDADE. AS REGRAS FORAM ESTABELECIDAS ANTES DA ENTREVISTA. O PSEUDO JORNALISTA QUIZ SE FAZER DE VÍTIMA!!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …

Alemanha acusa médico sírio de crimes contra a humanidade

Promotores federais da Alemanha acusaram nesta quarta-feira (28/07) um médico sírio de assassinato e crimes contra a humanidade. O suspeito enfrenta 18 acusações de tortura contra pacientes de hospitais militares nas cidades sírias de Homs e …