Caso Marielle: Moro defende Bolsonaro e fala em ‘fraude’ para envolver nome do presidente

Lula Marques / Agência PT

O juiz Sergio Moro

 

O ministro da Justiça, Sergio Moro, defendeu nesta quinta-feira o presidente Jair Bolsonaro (PSL), cujo nome nas últimas semanas esteve vinculado ao assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do seu motorista, no Rio de Janeiro.

“Há ‘um possível envolvimento fraudulento do nome do presidente”, declarou Moro à rádio CBN. Para o ministro, o fato do porteiro do condomínio de Bolsonaro – e também de um dos suspeitos pela morte da vereadora em março de 2017 – ter mudado o seu depoimento, ao falar com a Polícia Federal, comprovaria isso.

Na visão de Moro, o momento seria para federalizar o caso Marielle – algo que a família dela se mostrou contrária, temendo que não passe de uma “operação abafa”.

“Vendo esse novo episódio, em que se busca politizar a investigação indevidamente, a minha avaliação é que o melhor caminho para que possamos ter uma investigação exitosa é a federalização”, pontuou o ministro da Justiça.

Ele relembrou que, durante as apurações conduzidas pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, uma suposta testemunha acabou desviando o curso das investigações, o que teria, na sua opinião, indicado que há uma séria dificuldade de se chegar aos mandantes do crime contra a vereadora.

“Não é um demérito das autoridades estaduais, mas é uma avaliação objetiva de que o melhor para esse caso seja a federalização”, acrescentou.

Na mesma entrevista, Moro ainda negou que tenha recebido um convite de Bolsonaro para assumir o Ministério da Justiça enquanto julgava casos relacionados ao PT na Operação Lava Jato – fato sugerido pelo ex-ministro Gustavo Bebianno no fim de semana –, admitindo apenas que o ministro da Economia, Paulo Guedes, apenas o sondou para saber como reagiria se fosse convidado.

O ministro ainda reforçou que o Congresso pode alterar o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca das prisões após condenações em segunda instância, que espera que o pacote anticrime avance ao menos em uma das duas Casas até o fim de 2019, e preferiu colocar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que o criticou seguidamente desde que saiu da prisão, no passado.

“É muito fácil dizer que é perseguição política, difícil é explicar os fatos”, completou.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …