Cinco projetos de lei apresentados por Marielle são aprovados no Rio

jeso.carneiro / Flickr

A vereadora Marielle Franco

A Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro aprovou, em sessão extraordinária nesta terça-feira (14), cinco projetos de lei (PLs) apresentados pela vereadora Marielle Franco, assassinada há cinco meses, no centro da cidade, junto com o motorista Anderson Gomes. O crime permanece sem solução.

Um dos projetos aprovados foi o PL 017/2017, que institui o programa Espaço Infantil Noturno de Atendimento à Primeira Infância, na capital do estado.Já PL 103/2017 inclui o Dia de Tereza de Benguela e da Mulher Negra no calendário oficial do município.

Também aprovado, o PL 417/2017 cria a campanha permanente de conscientização e enfrentamento ao assédio e violência sexual na cidade do Rio.

Foram aprovados ainda os projetos de lei 515/2017, que institui o Programa de Efetivação de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto no município do Rio, e 555/2017, que cria o Dossiê Mulher Carioca.

A Câmara de Vereadores aprovou ainda projeto das vereadoras Teresa Bergher, Tania Bastos e Luciana Novaes, entre outras, que dá o nome de Marielle Franco à tribuna localizada no Plenário Teotônio Villela, daquela Casa.

Ciberia // Agência Brasil

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bolsonaro é autor de mais da metade dos ataques a jornalistas em 2019

Em todo o ano foram registrados 208 casos de ataques a veículos de comunicação e jornalistas, um aumento de 54%. Presidente foi responsável por 121 deles, afirma a entidade. O presidente Jair Bolsonaro, sozinho, é responsável …

Qual a idade em que somos mais infelizes, segundo a ciência

A chamada crise dos 40 deixou de ser um mito, pelo menos de acordo com uma ampla pesquisa realizada em 134 países pelo economista David Blanchflower, professor da universidade Dartmouth College, nos EUA, e ex-membro …

Trump fecha acordo e sinaliza fim da "guerra fiscal" com a China

Na última quarta-feira, os Estados Unidos e a China firmaram um acordo que pode ser o primeiro passo para o fim da chamada “guerra comercial” entre as potências. O pacto, que foi anunciado em dezembro do …

YouTube vincula anúncios em vídeos controversos sobre mudanças climáticas

Uma notícia deixou algumas empresas anunciantes do YouTube surpresas. Segundo estudo feito pela Avaaz, a plataforma de vídeos da Google tem vinculado anúncios de grandes companhias em vídeos que têm como propósito desinformar as pessoas …

Premiê renuncia após Putin propor reformas constitucionais

Líder russo propõe pacote de mudanças com as quais, segundo críticos, poderia permanecer no poder após fim do mandato. Premiê Medvedev renuncia com todo o gabinete para "abrir espaço" às reformas. O presidente da Rússia, Vladimir …

Musculação: detonando o grande mito da nutrição para ganhar massa muscular

Dietas com alto teor de carboidratos costumam ser recomendadas como parte de protocolos de exercícios para melhorar a recuperação e aumentar o desempenho. No entanto, pesquisas recentes tem mostrado que os carboidratos talvez não ajudem …

Austrália: aviões jogam alimentos para animais sobreviventes dos incêndios

Os incêndios que ardem por toda a Austrália desde setembro do ano passado vem atingindo e ameaçando a vida dos animais locais não só diretamente – mais de 500 milhões de animais já morreram por …

"Democracia em Vertigem", de Petra Costa, é indicado ao Oscar

A Academia de Artes e Ciências cinematográficas anunciou nesta segunda-feira (13) os indicados ao Oscar. “Democracia em Vertigem”, da brasileira Petra Costa, foi indicado ao prêmio de melhor documentário. "Dois Papas", o filme de Fernando Meirelles …

Arquivos sobre OVNIs poderiam 'danificar seriamente' segurança dos EUA, segundo Marinha americana

Marinha dos EUA considera que abertura de arquivos sobre OVNIs poderia causar sérios danos à Segurança Nacional, enquanto reconhece existência de OVNIs. Enquanto conspiracionistas acreditam que as Forças Armadas americanas utilizam tecnologia alienígena para o desenvolvimento …

Crise do 737 Max faz Boeing registrar perda de produção recorde

Pela primeira vez em décadas, a Boeing terminou o ano com pedidos negativos de produção de aviões comerciais. No final de 2019, a gigante aeroespacial registrou cancelamentos de 87 unidades, o que significa mais baixas …