Pegadas humanas de mais de 4 mil anos são estudadas 50 anos depois de descobertas na Espanha

Miguel Ángel Martín Merino / CENIEH

Em 1969, cinco espeleólogos do Grupo Edelweiss descobriram a Gruta Palomera, na Espanha. Meio século mais tarde, começa-se a saber mais sobre quem viveria dentro da mesma há mais de quatro milênios.

No final da década de 1960, os espeleólogos descobriram pegadas de pés humanos descalços, algo que impressionou bastante o grupo, pois deveriam ter sido os primeiros a descobrir o local, e de imediato informaram aos responsáveis pelos serviços culturais da região. Graças à sua descoberta e atitude responsável ante o achado em causa, esta formação geológica acabaria por ficar conhecida como a Galeria das Pegadas.

No total, mais de 1.200 pegadas foram contabilizadas dentro da caverna, cuja conservação foi possível graças ao isolamento do espaço, sem luz nem vento, onde a umidade é constante. Ana Isabel Ortega, arqueóloga do Centro Nacional de Investigação sobre a Evolução Humana (CENIEH, na sigla em espanhol) e da Fundação Atapuerca, destacou que “as cavernas são lugares com condições muito estáveis, favorecendo a preservação dos traços arqueológicos”.

Por outro lado, o difícil acesso ao local também contribuiu para que outros humanos não tivessem chegado à gruta e comprometido as pegadas. “Tratando-se de impressões em argila fresca, qualquer movimento as poderiam destruir”, explicou Ortega à Sputnik.

De quem seriam as pegadas?

Em 2012, a equipe de investigação do CENIEH introduziu um escâner no interior da estrutura, de modo a identificar as pegadas sem que nada lhes tocasse. A realização de moldes também teria sido considerada, mas isso acabaria por ser uma técnica mais destrutiva.

Após primeira análise, os pesquisadores examinaram a morfologia e a disposição das pegadas, com o âmbito de perceberem a quem pertenciam e quando teriam sido feitas. No total, foram reconstruídos até 18 trajetos individuais, especulando-se que pertenciam a um grupo composto por dez ou 11 indivíduos. Segundo as várias disposições das pegadas, a equipe supõe que o grupo teria explorado o interior da gruta e voltado para trás, junto a outros rastros, mostrando a possível exploração de determinadas partes da galeria enquanto outros estariam à sua espera.

Através do estudo de mais de 39 pegadas, os especialistas também puderam estimar a morfologia dos seres humanos que teriam atravessado a gruta. O tamanho de seus pés, impressos nas pegadas, indica que o grupo seria formado por adultos, medindo entre 1,73 a 1,80 centímetros de altura, uns com peso entre 91 e 99 quilos e outros entre 72 a 92 quilos. Deste modo, acredita-se que os indivíduos, em sua maioria, fossem homens, sendo que os donos de pegadas menores seriam, provavelmente, mulheres, mas não por isso menos robustas.

Em relação à idade das pegadas, isso é algo impossível de determinar. Contudo, utilizando datação por carbono nos restos de uma tocha na Galeria das Pegadas, os pesquisadores confirmaram que estes teriam uma idade compreendida entre 4.200 e 4.600 anos, correspondente à idade de outros registros nessa parte da gruta.

No momento, o estudo destas pegadas continua, e Ortega pretende analisar a maioria das pegadas milenares com mais ferramentas. Na verdade, ela comenta que “gostaria de ter um drone que não caísse” para ajudar em sua pesquisa. A arqueóloga voltou a exaltar sua enorme apreciação e respeito pelos arqueólogos de cinco décadas atrás. “É importante que os pesquisadores anteriores não tenham tocado em nada. Sempre deve-se deixar uma parte [da descoberta] para que os profissionais do futuro possam trabalhar nos restos com técnicas mais modernas. É uma lei da arqueologia”, afirmou Ortega à Sputnik.

Os resultados dos estudos da Gruta Palomera, até agora, podem ser encontrados em uma monografia sobre os principais rastros de pegadas humanas pré-históricas do planeta, publicada pela Springer Nature, no capítulo 17, cobrindo uma viagem que partiu da França e da Inglaterra para a África ou Austrália.

Ciberia // Sputnik

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …