Primeira musa trans da Salgueiro desabafa: “Lutei muito para ser mulher”

Kamilla Carvalho tem 30 anos e estreará como musa da Acadêmicos do Salgueiro no carnaval carioca deste ano. A dançarina terá a responsabilidade de sambar ao som de um enredo que fala sobre a história de luta das mulheres negras. Além disso, Kamilla se tornará a primeira mulher transexual a sambar pela escola.

Apesar de estar representando a escola da Zona Norte, Kamilla cresceu no Centro do Rio de Janeiro, no Morro da Providência, onde desenvolveu sua paixão pelo samba.

Em entrevista ao G1, a musa contou que a primeira vez que entrou na Sapucaí foi antes da transformação, na escola de samba Vizinha Faladeira, da comunidade onde vivia. Lá, ela desfilou por anos como passista.

A chegada à Salgueiro aconteceu através do trabalho. Kamilla é cabeleireira e conheceu Regina Celi, presidente da escola, no salão. Elas ficaram amigas e passaram a frequentar a quadra da escola juntas.

Esse vai ser o ano mais marcante de todos. Estou numa ansiedade surreal”, disse ela, que afirma amar o carnaval desde criança. “Minha vizinha de porta é a falecida Dodô da Portela, e eu moro num lugar que é um arquivo do samba. Ali tem os barracões das escolas de samba, então a proximidade é muito fácil, você não precisa se deslocar para estar em contato com o carnaval”, afirmou.

Preconceito por ser trans

Como todas as mulheres nessa condição, Kamilla já enfrentou muitas barreiras sociais para conseguir se sentir bem com seu próprio corpo. Uma das histórias foi decisiva para sua mudança de identidade.

“O maior deles foi no aeroporto. Eu estava com umas pulseiras e quando eu passei no detector de metais, apitou. Eu tirei as pulseiras e apitou de novo. Quiseram me revistar e colocaram um homem para me revistar. Eu não queria, mas falaram que se eu não aceitasse iam ter que chamar a Polícia Federal”, contou ao portal de notícias da Globo.

“No final, eu passei por mais um constrangimento porque eu me atrasei e aí me anunciaram e eu ainda não tinha trocado o meu nome judicialmente. Falaram ‘senhor fulaninho de tal’. Nesse dia eu resolvi trocar [de nome], porque eu nem ligava. Mas, nesse dia, eu resolvi entrar com um processo de mudança de nome. Achei uma humilhação”, lembrou.

Kamilla também julga que, ante o meio social, o carnaval seja uma área mais tolerante. “Quando você pega um público de carnaval, que é uma festa muito abrangente em nível internacional, você vê que um espaço desse deveria ter tido há muito tempo. Várias trans já tiveram destaque. A Ariadna [ex-BBB], a Roberta Close saiu várias vezes em destaque”, lembrou.

A musa também explicou o que a fez querer ser mulher mesmo em uma sociedade tão machista. “Eu estava vendo o discurso da Oprah no fim de semana [durante o Globo de Ouro] e é aquilo ali, é perfeito. Você ser mulher, é ter atitude. Mesmo que eu tenha escolhido, você tem que vestir uma capa de uma coisa que pra mim foi tudo”, diz.

“Eu lutei muito pra ser mulher”, conclui.

Ciberia // Hypeness

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Não precisa sofrer. Carnaval começa cedo em 2021

Com a chegada da quarta-feira de Cinzas, está declarado o fim do Carnaval 2020… Ok, vai… Dá para fazer mais um bota fora na sexta e sábado dessa semana, pois, como sempre, brasileiro dá o …

Coronavírus: antiga vacina pode ter resposta para prevenção contra Covid-19

Novos casos do coronavírus SARS-CoV-2 continuam a se espalhar pelo mundo, mesmo que em velocidade menor de propagação, e sem nenhuma vacina ou medicamento para a prevenção — pelo menos até agora. Já são mais de …

Líderes políticos condenam apoio de Bolsonaro a ato anti-Congresso

Presidente teria compartilhado com aliados convocação para manifestações a seu favor e contra o Legislativo. Lula, FHC, OAB e outras lideranças alertam contra ameaça às instituições democráticas e à Constituição. Líderes políticos de várias correntes e …

A menina de 6 anos que foi presa por se comportar mal na escola nos EUA

Imagens gravadas pela câmera corporal de um policial mostram o momento em que uma criança de seis anos foi presa em uma escola de Orlando, na Florida, em setembro de 2019. As mãos da menina foram …

Achado 'elo perdido' bacteriano fundamental a pensamento e memória do ser humano

Os canais de cálcio que se abrem e fecham em resposta a sinais elétricos no cérebro são essenciais para o pensamento, memória e contrações musculares. A descoberta de um canal de cálcio que é possivelmente um …

Novo estudo aponta Uber e Lyft como responsáveis por aumento de 70% da poluição

Um novo estudo divulgado pela Union of Concerned Scientists nesta terça-feira (25) afirma que as viagens feitas em carros de apps como o Uber e o Lyft foram responsáveis por um aumento de 69% nos …

Brasil tem primeiro teste positivo para coronavírus

Pela primeira vez, o teste em um paciente no Brasil deu positivo para o novo coronavírus causador da doença Covid-19. Segundo divulgou o Ministério da Saúde nesta terça-feira (25/02), trata-se de um homem de 61 …

Tese diz que ‘Parasita’ se inspirou em filme de Sérgio Mallandro e assusta por coerência

E se toda a inspiração do mago do cinema Bong Joon Ho viesse das grandes pérolas do nosso cinema dos anos 90? O diretor e roteirista de parasita já se declarou um fã da sétima …

Cientistas: a primeira vida alienígena que encontrarmos provavelmente será inteligente

Segundo cientistas do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), é mais provável que encontremos evidências de vida extraterrestre inteligente antes de encontrarmos microrganismos aliens, por exemplo. Por quê? Se você costuma ler notícias sobre a busca científica …

'Marte está vivo': sonda da NASA registra sismos no Planeta Vermelho

Os resultados dos primeiros 10 meses de observações da sonda InSight da NASA em Marte conseguiram revelar que o Planeta Vermelho é um mundo sismicamente ativo. "Marte está vivo", comentou a missão InSight no Twitter, acrescentando …