Primeira musa trans da Salgueiro desabafa: “Lutei muito para ser mulher”

Kamilla Carvalho tem 30 anos e estreará como musa da Acadêmicos do Salgueiro no carnaval carioca deste ano. A dançarina terá a responsabilidade de sambar ao som de um enredo que fala sobre a história de luta das mulheres negras. Além disso, Kamilla se tornará a primeira mulher transexual a sambar pela escola.

Apesar de estar representando a escola da Zona Norte, Kamilla cresceu no Centro do Rio de Janeiro, no Morro da Providência, onde desenvolveu sua paixão pelo samba.

Em entrevista ao G1, a musa contou que a primeira vez que entrou na Sapucaí foi antes da transformação, na escola de samba Vizinha Faladeira, da comunidade onde vivia. Lá, ela desfilou por anos como passista.

A chegada à Salgueiro aconteceu através do trabalho. Kamilla é cabeleireira e conheceu Regina Celi, presidente da escola, no salão. Elas ficaram amigas e passaram a frequentar a quadra da escola juntas.

Esse vai ser o ano mais marcante de todos. Estou numa ansiedade surreal”, disse ela, que afirma amar o carnaval desde criança. “Minha vizinha de porta é a falecida Dodô da Portela, e eu moro num lugar que é um arquivo do samba. Ali tem os barracões das escolas de samba, então a proximidade é muito fácil, você não precisa se deslocar para estar em contato com o carnaval”, afirmou.

Preconceito por ser trans

Como todas as mulheres nessa condição, Kamilla já enfrentou muitas barreiras sociais para conseguir se sentir bem com seu próprio corpo. Uma das histórias foi decisiva para sua mudança de identidade.

“O maior deles foi no aeroporto. Eu estava com umas pulseiras e quando eu passei no detector de metais, apitou. Eu tirei as pulseiras e apitou de novo. Quiseram me revistar e colocaram um homem para me revistar. Eu não queria, mas falaram que se eu não aceitasse iam ter que chamar a Polícia Federal”, contou ao portal de notícias da Globo.

“No final, eu passei por mais um constrangimento porque eu me atrasei e aí me anunciaram e eu ainda não tinha trocado o meu nome judicialmente. Falaram ‘senhor fulaninho de tal’. Nesse dia eu resolvi trocar [de nome], porque eu nem ligava. Mas, nesse dia, eu resolvi entrar com um processo de mudança de nome. Achei uma humilhação”, lembrou.

Kamilla também julga que, ante o meio social, o carnaval seja uma área mais tolerante. “Quando você pega um público de carnaval, que é uma festa muito abrangente em nível internacional, você vê que um espaço desse deveria ter tido há muito tempo. Várias trans já tiveram destaque. A Ariadna [ex-BBB], a Roberta Close saiu várias vezes em destaque”, lembrou.

A musa também explicou o que a fez querer ser mulher mesmo em uma sociedade tão machista. “Eu estava vendo o discurso da Oprah no fim de semana [durante o Globo de Ouro] e é aquilo ali, é perfeito. Você ser mulher, é ter atitude. Mesmo que eu tenha escolhido, você tem que vestir uma capa de uma coisa que pra mim foi tudo”, diz.

“Eu lutei muito pra ser mulher”, conclui.

Ciberia // Hypeness

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A polêmica sobre campos de extermínio nazistas que opôs a Polônia ao Netflix

O primeiro-ministro da Polônia, Mateusz Morawiecki, enviou uma carta ao Netflix insistindo em mudanças no documentário The Devil Next Door (o diabo ao lado), sobre campos de extermínio nazistas. Na carta enviada no domingo, 10, e …

O único problema de ser filho único é o estigma

Filhos únicos possuem uma péssima reputação. Quantas vezes você não observou algum pai ser criticado por escolher ter apenas um pimpolho? “Ele vai ficar mimado, muito sozinho, egoísta, etc. etc. etc”. É um senso comum. Parece, …

Epidemia mundial: Pneumonia mata uma criança de menos de 5 anos a cada 39 segundos

O Dia Mundial da Pneumonia é comemorado em 12 de novembro. A data foi proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da prevenção da doença, …

Senadora se declara presidente da Bolívia

A parlamentar oposicionista e segunda vice-presidente do Senado Jeanine Áñez declarou-se presidente da Bolívia nesta terça-feira (12). Ela também afirmou que o país terá novas eleições após a formação de uma nova comissão eleitoral. "De acordo …

Bolsonaro anuncia saída do PSL

Em meio à crise por disputa de poder na legenda, presidente afirma que pretende criar novo partido. Cerca de 30 parlamentares aliados de Bolsonaro devem seguir exemplo e deixar o PSL. O presidente Jair Bolsonaro anunciou …

Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo

Forças israelense bombardeiam casa de líder extremista na Faixa de Gaza. Militantes palestinos reagem disparando dezenas de mísseis contra Israel. Autoridades pedem que população fique em casa. Um importante comandante militar do grupo extremista palestino Jihad …

Cão aprende a falar usando máquina de escrever e já sabe 29 palavras

Stella tem 18 meses e, apesar de ser um cachorro, já sabe “falar” mais do que muitos humanos da sua idade. Através de uma máquina criada por sua tutora, o animal consegue se comunicar usando …

Saída de Lula da prisão pode ser “oportunidade” para Bolsonaro, diz especialista ao Le Monde

O jornal Le Monde deste domingo e segunda-feira, feriado em que a França comemora o Armistício da Primeira Guerra Mundial, traz uma reportagem de página inteira sobre a liberação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da …

Evo Morales deixa a Bolívia rumo ao México

O agora ex-presidente Evo Morales deixou a Bolívia na noite desta segunda-feira (11) e pegou um avião em direção ao México. Em comunicado via Twitter, Evo Morales disse que estava agradecido ao México por ter lhe …

Turquia repatria jihadistas estrangeiros do "Estado Islâmico"

A Turquia começou a repatriar nesta segunda-feira (11/11) jihadistas estrangeiros do grupo terrorista "Estado Islâmico" (EI) que foram capturados no norte da Síria. Um alemão, um dinamarquês e um americano foram os primeiros deportados por …