Sim, os vulcões também fazem música; e isso pode nos ajudar a prever erupções

elgolem / Flickr

Vulcão Cotopaxi, no Equador

Os vulcões fazem música, o que pode ser bastante útil para nos ajudar a monitorar sua atividade e perceber quando as erupções estão prestes a acontecer.

O vulcão Cotopaxi, a 90 quilômetros da capital do Equador, é uma autêntica maravilha da natureza e uma preocupação constante para a população do país. Embora tivesse adormecido durante quase todo o século XX, o vulcão despertou em 2015.

A erupção foi monitorada por vulcanólogos, e no rescaldo do acontecimento, conta o Diário de Notícias, revelou um de seus maiores segredos: uma onda sonora muito parecida a uma respiração profunda, como o som grave de um órgão de tubos.

Jeff Johnson, vulcanólogo da Universidade de Boise State, nos Estados Unidos, e coordenador do estudo, publicado nas Geophysical Research Letters, explica que a melodia pode ser uma grande descoberta da natureza. “É o maior órgão que já encontramos”, comenta.

De acordo com as medições feitas pela equipe após a erupção de 2015, o solo no interior da cratera do vulcão afundou durante esse episódio eruptivo e seu tubo interno caiu até a profundidade de 300 metros. O tubo tem cerca de 100 metros de diâmetro.

Ao fazer o registro dos acontecimentos no interior da cratera, os especialistas repararam naquele infrassom – inaudível ao ouvido humano – que corresponde a uma onda sonora que ficou gravada nos instrumentos de observação com a forma de um parafuso. Foi por esse motivo que a equipe de especialistas lhe chamou tornillo – parafuso em espanhol.

(dr) Jeff Johnson

“É extraordinário que a natureza consiga produzir este tipo de oscilação.” O vulcanólogo compara a onda sonora “à porta de um saloon, que alguém empurrou, e que ficou ali para trás e para frente, até acabar parando”.

A melodia ressoou uma vez por dia, todos os dias, no interior da cratera, durante todo o primeiro trimestre de 2016. Depois disso, o vulcão se calou e assim tem permanecido desde então.

Os cientistas não sabem o que esteve na origem da “música” do Cotopaxi, mas têm a certeza que teve diretamente a ver com a atividade do vulcão.

Ainda assim, os cientistas suspeitam que uma de duas coisas teria acontecido para que o vulcão “cantasse”: parte do chão da cratera poderia estar entrando em colapso ou então havia uma explosão em andamento no fundo da cratera.

Há, no entanto, uma certeza: o vulcão mudou de formato durante o período, e, portanto, as duas coisas estiveram ligadas.

Essa é a prova de que a geometria das crateras vulcânicas influencia de forma direta a música de cada vulcão e, compreender a “assinatura vocal” de cada estrutura vulcânica, pode mesmo nos ajudar a entender melhor cada uma delas, assim como sua própria atividade, adiantam os autores do artigo científico.

Desta forma, os cientistas recomendam que esse tipo de fenômeno seja cuidadosamente monitorados para se estimar a possibilidade de ocorrência de erupções vulcânicas.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Futuro assustador de extinção em massa" nos espera, elite dos cientistas alerta

O planeta enfrenta um “futuro assustador de extinção em massa, declínio da saúde e distúrbios climáticos” que ameaçam a sobrevivência humana por causa da ignorância e da inação, de acordo com um grupo internacional de …

Oferta de perfuração do Ártico tem fracasso histórico por falta de interessados

O recente leilão que oferecia arrendamentos de perfuração de petróleo no Ártico foi um fracasso. Esperava-se que a chamada atraísse muitos interessados em explorar a área no Alasca, mas a realidade foi outra. A notícia é …

Palácio mais antigo da China de 5.300 anos é descoberto perto de antiga capital

Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem cerca de 5.300 anos, sendo possivelmente a …

Variante da Covid-19 no Brasil faz Reino Unido banir viajantes da América Latina e Portugal

O governo britânico proibiu, nesta quinta-feira, as chegadas de todos os países da América do Sul e do Panamá, além de Portugal, em resposta à nova variante da Covid-19, descoberta no Brasil. A decisão …

CEO do Twitter defende banimento de Trump da rede social

Jack Dorsey diz que medida resulta do “fracasso” da plataforma em mediar diálogo saudável e admite que pode abrir “precedente perigoso”. Proibição veio após presidente dos EUA insuflar apoiadores que invadiram Capitólio. O CEO da rede …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

Monocultura da soja destruiu mais de 30% do cerrado brasileiro entre 2004 e 2017, alerta WWF

Os 24 principais focos de desmatamento no mundo provocaram a perda de uma superfície equivalente ao tamanho do Paraguai em menos de uma década, aponta um relatório do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na …

Coreia do Sul eleva capacidades de combate para conter ameaça norte-coreana

A Coreia do Sul planeja elevar suas capacidades militares para conter as ameaças de mísseis de curto alcance dos norte-coreanos, declarou o Ministério da Defesa sul-coreano. A declaração ocorreu após os norte-coreanos prometerem elevar o arsenal …

Como a vacinação em massa salvou a Escócia em 1950

Em 2021, haverá uma campanha de vacinação em massa como nenhuma outra realizada no mundo. Hoje se trata de parar o covid-19, mas, em meados do século passado, um programa de vacinação se tornou a …

Em provocação a Biden, Kim Jong-un avisa que vai reforçar arsenal nuclear da Coreia do Norte

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou que vai reforçar o arsenal nuclear de seu país, em discurso de encerramento do congresso do partido no poder, anunciou nesta quarta-feira (13) a imprensa oficial, a uma …