Apps de mensagens são o principal canal usado por empresas para vender produtos

Manny Valdes / Flickr

2019 foi um ano promissor para as empresas que apostaram na digitalização para impulsionar suas vendas. Isso 57% das companhias promoveram a comercialização de produtos e serviços via internet. E boa parte delas (42%) utilizou aplicativos de mensagens como WhatsApp, Skype ou chat do Facebook para intermediar as transações.

Essas informações integram a pesquisa TIC Empresas 2019, divulgada nesta terça-feira (28) pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

Outros meios utilizados para transações online foram e-mail (39%), redes sociais (20%), website da empresa (16%) e plataformas específicas de venda (14%), como os marketplaces. Entre os setores que mais utilizaram esses meios, destaque para a indústria, comércio, informação e comunicação, alojamento e alimentação.

A pesquisa constata um cenário de estabilidade – ainda que em ligeira queda – entre as empresas brasileiras que possuem uma presença digital: em 2019, 54% das delas possuíam um website, proporção que era de 55% em 2017. Porém, a presença em redes sociais teve um crescimento de 8% em relação a 2017, atingindo 78% das empresas em 2019. Percebeu-se, ainda, o avanço nas companhias de todos os portes: 77% das pequenas empresas possuíam conta em redes sociais, enquanto 78% das médias e 80% das grandes.

O pagamento por anúncios na Internet também ganhou relevância: em 2019, 36% das empresas afirmaram que pagaram por anúncios na rede. Dentro deste universo, destaque para o setor de alojamento e alimentação, em que 50% das empresas pagaram por anúncios.

Em sua 13ª edição, a pesquisa TIC Empresas 2019 mediu o acesso das tecnologias de informação e comunicação (TIC) entre as pequenas, médias e grandes empresas brasileiras. O estudo entrevistou 7 mil companhias em todo o território nacional, com a coleta de dados ocorrendo entre abril e agosto de 2019.

A TIC Empresas aponta que, em 2019, 70% das empresas brasileiras compraram pela Internet, o maior percentual verificado na série histórica da pesquisa. A pesquisa mostra ainda diferenças no comércio eletrônico por porte e setor. Os mercados de atuação em que a maioria das transações se deram entre empresas (B2B), como indústria e construção, usaram boleto ou débito online/transferência bancária como forma de pagamento mais frequente. Setores que atuaram principalmente com pessoas físicas (B2C), como comércio, alojamento e alimentação, utilizaram o pagamento na entrega e o cartão de crédito em maiores proporções.

A TIC Empresas também investiga as barreiras que restringem o comércio eletrônico. A preferência pelo modelo comercial atual foi apontada por 51% das empresas, seguida por inadequação dos produtos para venda online (49%), alto custo de desenvolvimento e manutenção (38%) e a baixa demanda pela Internet (36%).

“O comércio eletrônico tem sido uma das principais formas de participação das empresas brasileiras na economia digital. Os dados da pesquisa oferecem uma ampla radiografia de como os diversos setores econômicos estão preparados para a digitalização de suas atividades de negócios”, afirmou Alexandre Barbosa, gerente do Cetic.br. “E isso tem se mostrado fundamental neste momento em que medidas de isolamento social estão sendo adotadas em várias partes do Brasil”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …