Wikileaks vaza detalhes de programa secreto de espionagem cibernética dos EUA

wheelzwheeler / Flickr

Julian Assange, fundador do WikiLeaks

Julian Assange, fundador do WikiLeaks

O site de vazamentos Wikileaks divulgou nesta terça-feira detalhes de um programa secreto de espionagem cibernética da CIA, a agência de inteligência dos Estados Unidos, como parte de uma série de sete pacotes que o portal definiu como “o maior vazamento de informações de inteligência da história”.

O Wikileaks, dirigido pelo ativista australiano Julian Assange, tinha planejado uma entrevista coletiva através da internet para apresentar o projeto “Vault 7”, mas, posteriormente, anunciou no Twitter que suas plataformas tinham sido atacadas e que tentará fazer contato mais tarde.

Em comunicado, o australiano, que vive refugiado na embaixada do Equador em Londres desde 2012, disse que o vazamento de hoje é “excepcional de uma perspectiva legal, política e jurídica”.

Além disso, Assange denunciou que “há um grande risco de proliferação no desenvolvimento de armas cibernéticas“, que resulta da incapacidade das agências de segurança para controlá-las, uma vez que estas as criaram e por seu “alto valor de mercado”.

Segundo o Wikileaks, esta primeira entrega, chamada “Year Zero” e na qual são expostos os sistemas de espionagem cibernética, software maliciosos e outras armas digitais utilizadas pela agência de inteligência americana, compreende 8.761 documentos e arquivos.

A documentação é procedente de “uma rede isolada e de alta segurança situada no Centro de Inteligência Cibernética da CIA em Langley, na Virgínia”.

O site de vazamentos afirmou que obteve os documentos de uma pessoa que teve acesso a eles quando a CIA perdeu o controle sobre os mesmos.

O Wikileaks explicou que, recentemente, “a CIA perdeu o controle sobre a maior parte de seu arsenal de espionagem cibernética, incluídos softwares maliciosos, vírus, cavalos de tróia, ataques de dia zero, sistemas de controle remoto de software malicioso e documentos associados”.

Esta coleção de “milhões de códigos” dão a seu possuidor “a capacidade total de espionagem cibernética da CIA”, garantiu o site em seu comunicado.

Segundo o Wikileaks, a coleção chegou nas mãos de antigos hackers do governo e de outros agentes de maneira “não autorizada”, e um deles “proporcionou porções do arquivo” ao site.

O Wikileaks acrescentou que o pacote “Year Zero” expõe o alcance e a direção do programa secreto de espionagem cibernética da CIA, o que inclui um arsenal malicioso e dúzias de possíveis ataques de dia zero – através de erros de software – contra vários produtos.

Estes produtos incluem, de acordo com o site de Assange, o iPhone da Apple, o Android do Google, o Windows da Microsoft e televisores inteligentes da marca Samsung, que podem se transformar em “microfones encobertos”.

O Wikileaks afirmou que a CIA aumentou suas capacidades na luta cibernética até rivalizar, “inclusive com menos transparência”, com a NSA, outra agência de segurança americana.

O portal também revelou que, além de seu centro em Langley, a CIA utiliza o consulado dos EUA em Frankfurt “como uma base encoberta para seus hackers na Europa, no Oriente Médio e na África”.

O Wikileaks afirmou que, ao divulgar toda esta documentação, tomou cuidado de não distribuir “armas cibernéticas carregadas” até que “emerja um consenso sobre a natureza política e técnica do programa da CIA e de como tais ‘armas’ devem ser analisadas, desativadas e divulgadas”.

Julian Assange dirigiu a divulgação do “Vault 7” a partir de sua residência na embaixada do Equador, onde se refugiou em 19 de junho de 2012 para evitar sua extradição à Suécia, que o reivindica para interrogá-lo sobre um crime sexual do qual ele nega.

Assange teme que esse país possa entregá-lo aos EUA, que o investiga pelas revelações de seu site em 2010, quando divulgou documentos diplomáticos confidenciais dos americanos.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Asteroide passará perto da Terra a 27.000 km/h na sexta-feira, alerta NASA

Um grande corpo celeste está se movendo na direção da Terra e chegará ao ponto mais próximo do nosso planeta nesta sexta-feira (6). De acordo com as estimativas da NASA, o asteroide 2019 WR3 mede entre …

Mensagem misteriosa pintada em urso polar na Rússia alarma pesquisadores

Imagens compartilhadas por perfis russos nas redes sociais com um urso polar pintado em spray com o símbolo "T-34" ter alarmado especialistas. Eles advertem que a pintura — cujas circunstâncias ainda não foram identificadas — pode …

Experimento deve provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

De onde estiver, Stephen Hawking segue presente na ciência, e seus últimos conselhos devem render uma descoberta para lá de impressionante (e revolucionária). Em conversa com um pesquisador da Austrália, o gênio da física falou sobre …

Justiça absolve Lula e Dilma no caso "quadrilhão do PT"

Juiz que analisou caso afirma que denúncia apresentada por Rodrigo Janot contra cúpula do PT em 2017 foi tentativa de "criminalizar a atividade política". Ministério Público pediu absolvição dos réus em outubro. A Justiça Federal do …

Chineses ativam o primeiro radiotelescópio posicionado no lado afastado da Lua

Um experimento que levou mais de um ano para ser concluído no lado afastado da Lua finalmente está em funcionamento. Não está ainda 100%, mas o Netherlands-China Low-Frequency Explorer (NCLE) já consegue captar sinais de …

"Vão ter que mudar", diz Greta sobre Bolsonaro e Trump em retorno à Europa

A ativista chegou em Lisboa na tarde desta terça-feira (3), 21 dias depois de sair dos EUA a bordo de um veleiro. A jovem sueca retorna à Europa para participar da COP 25, a conferência …

Museu decide comprar apenas obras de mulheres por um ano por reparação histórica

Para se transformar a velha normalidade repleta de preconceitos, violências e desigualdades embutidas é preciso atitudes efetivas e concretamente transformadoras. Da mesma forma que a dívida histórica racial deve ser reparada não somente no discurso, mas …

Black Friday no Brasil superou a dos EUA nos apps de compras, segundo estudo

Neste ano, a Black Friday fez a sua marca entre as compras dos brasileiros. O próprio Canaltech fez uma cobertura muito especial em torno da Black Friday deste ano.Importada dos EUA, a tradição está mesmo …

Para acalmar a crise, presidente chileno propõe ajuda de R$ 520 para 1 milhão de famílias

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, propôs nesta terça-feira (3) a criação de um bônus de 100.000 pesos chilenos (cerca de R$ 520), que serão distribuídos para 1,3 milhão de famílias. O objetivo da medida, …

Anvisa dá aval à venda de maconha medicinal em farmácias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (03/12) um novo marco regulatório para o registro e venda de produtos à base de cannabis em farmácias no país, tornando o Brasil a nação …