A crise dos combustíveis no Reino Unido

Marcelo Camargo / ABr

Governo atribui escassez em todo o país ao pânico dos consumidores, enquanto faltam caminhoneiros em razão de políticas pós-Brexit. Premiê Johnson deixa militares de prontidão para garantir distribuição aos postos.

Mais de dois terços dos postos de gasolina britânicos esgotaram seus estoques de combustíveis nesta segunda-feira (27/09), após consumidores em pânico agravarem uma crise de abastecimento gerada pela escassez de caminhoneiros no país após o Brexit.

Filas de automóveis eram vistas em postos nas maiores cidades do país pelo quarto dia consecutivo, enquanto aumentam os temores em relação aos estragos que a crise pode gerar à quinta maior economia do mundo.

O Ministério do Meio Ambiente do Reino Unido afirmou que, na verdade, o país não passa por uma escassez de combustíveis, mas sim, de abastecimento, e que os problemas estariam somente nos pontos de vendas, devido a compras excessivas por parte dos consumidores, sem que houvesse real necessidade.

“O único motivo pelo qual nãos temos gasolina nos pátios é que as pessoas estão comprando quando não necessitam”, afirmou o ministro George Eustice. Ele diz, porém, que as coisas devem se acalmar em breve. “Tão logo as pessoas se acostumem com a situação, a vida voltará ao normal.”

O governo do primeiro-ministro Boris Johnson gastou milhões de libras esterlinas para reverter a falta de alimentos ocorrida devido a um aumento acentuado nos preços da gasolina e seus derivados. As autoridades pediram repetidas vezes, sem sucesso, que a população evitasse sair às compras em pânico.

Um porta-voz de Johnson rebateu críticas de uma suposta falta de ação por parte do governo e assegurou que as autoridades trabalham para pôr fim à crise. “O que fazemos, como um governo responsável, é adotar as medidas preparatórias necessárias para a ajudar a entrega de combustível aos postos”, afirmou.

Governo apela aos militares

A Associação dos Revendedores de Combustíveis do Reino Unido, que representa 5,5 mil proprietários independentes de postos de gasolina, afirmou neste domingo que cerca de dois terços de seus membros relataram falta de combustível.

Para lidar com a crise, o governo anunciou a suspensão temporária das leis que regulam a competição de mercado para que as empresas possam compartilhar informações e identificar áreas onde a escassez de combustível é mais grave.

O primeiro-ministro deixou as Forças Armadas de prontidão, para ajudar a garantir o abastecimento aos postos de gasolina em todo o país.

Os militares deverão ainda fornecer ajuda aos órgãos que realizam testes para a concessão de habilitação para os caminhoneiros, de modo a avançar o processo para um grande número de motoristas que aguardam na fila. Segundo o setor de transportes britânico, o país carece de em torno de 100 mil caminhoneiros.

A falta de caminhoneiros ocorre em razão de uma combinação de fatores: a pandemia, o envelhecimento da força de trabalho, o êxodo de trabalhadores estrangeiros após o Brexit, além das condições desfavoráveis para esses profissionais. Tudo isso origina de uma série de consequências inesperadas da saída do Reino Unido da União Europeia (UE), formalizada no ano passado.

O governo anunciou que concederá 5,5 mil vistos de três meses de duração para caminhoneiros, a partir de outubro, e outros 5,5 mil para trabalhadores da avicultura. Mas, segundo a Confederação da Indústria Britânica, esses números não serão suficientes.

Representantes de associações de caminhoneiros na Europa já sinalizam que não acreditam que um grande número de profissionais vá querer trabalhar no Reino Unido com vistos que expiram no dia 24 de dezembro.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …

América Latina pode levar ‘muitos anos’ para superar impacto da pandemia, alerta FMI

Os efeitos negativos da pandemia de Covid-19 em termos de produtividade, emprego e capital humano na América Latina e Caribe podem "demorar muitos anos para serem revertidos". O alerta foi feito nesta quinta-feira (21) pelo …

Dinossauro “garça do inferno com cara de crocodilo” é descoberto

Dois dinossauros carnívoros de dentes pontiagudos com crânios de crocodilo apareceram uma vez nas margens do rio na Ilha de Wight, na Inglaterra, revelam novos fósseis. Os cientistas deram às criaturas nomes científicos que se traduzem …

As 9 acusações contra Bolsonaro no relatório da CPI - e a manobra governista para tentar blindá-lo

Após o relatório da CPI da Covid no Senado acusar o presidente Jair Bolsonaro de nove crimes durante a pandemia, um senador da bancada governista tentou uma manobra para "blindar" o chefe do Executivo e …