Adriana Calcanhoto estreia como professora na Universidade de Coimbra

Relicário / Wikimedia

Adriana Calcanhoto

Adriana Calcanhoto

O curso de Letras da Universidade de Coimbra, Portugal, acaba de ganhar uma ilustre professora.

A cantora Adriana Calcanhoto foi convidada pela instituição para desenvolver um plano de atividades intenso ministrando diferentes aulas abertas e abordando algumas disciplinas como produção artística. Ela ainda escreverá um livro infantil sobre a universidade.

A artista brasileira deu um tempo na carreira para viver a experiência de ser professora na universidade entre os meses de fevereiro e junho de 2017.

Sua primeira aula acontece no dia 22 de fevereiro e tem a temática ‘Eu ando pelo mundo’, na qual falará de sua trajetória, suas influências e dos motivos que a levaram a produzir para crianças.

Desde 2004, Adriana tem sido também Adriana Partimpim, um bem-sucedido projeto musical para crianças que tem já três discos editados, um deles premiado com um Emmy Latino.

Em entrevista ao jornal português Diário de Notícias, Adriana falou sobre a similaridade entre um palco e uma sala de aula.

“É a mesma coisa. Eu vou conversar sobre essas coisas, música e poesia, vou cantar um pouco, e depois vou abrir um espaço para perguntas, que acho que é interessante. Não vou saber todas as respostas, mas quero conversar”, declarou.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Superterra gelada vizinha do nosso planeta pode abrigar vida primitiva

Edward Guinan e Scott Engle, cientistas da Universidade de Villanova, no estado norte-americano da Pensilvânia, anunciaram que pode existir vida primitiva em GJ 699b, a Superterra gelada que orbita a estrela de Barnard, localizada a apenas …

China faz história: pela primeira vez, nasce uma semente de algodão na Lua

A missão espacial chinesa conseguiu fazer brotar uma semente de algodão na Lua, informou nesta terça-feira (15) a imprensa estatal, em um feito inédito, alcançado pelo Chang'e 4, a primeira sonda a pousar no lado …

Submarinos russos serão equipados com “torpedos do Juízo Final”

Os submarinos das frotas do Norte e do Pacífico da Marinha russa deverão brevemente contar com 32 drones nucleares Poseidon, conhecidos como “torpedos do Juízo Final”, capazes de destruir completamente cidades costeiras. Segundo revela o portal Russkoe …

Universidade egípcia expulsa aluna por abraçar o noivo (fora do campus)

A aluna abraçou o noivo quando o rapaz a pediu em casamento, mas o gesto, que não aconteceu no interior do campus, foi o suficiente para a jovem ser expulsa pela universidade. A universidade egípcia de Al …

Escultura “McJesus” provoca protestos em Israel

Uma escultura representando a figura de Ronald McDonald (da cadeia de fast food McDonald’s) crucificado, em uma exposição de arte em Israel, está provocando protestos da minoria cristã árabe no país. Centenas de cristãos árabes pediram …

Há uma espiral misteriosa na atmosfera de Vênus

A nave espacial não tripulada Akatsuki, do Japão, encontrou gigantescas estruturas espirais na atmosfera de Vênus, formadas por ventos polares e pela rápida rotação do planeta. A atmosfera de Vênus ganha atenção de astrônomos há quase …

Tem “barriga de cerveja”? Seu cérebro pode estar encolhendo

Uma equipe de pesquisadores britânicos concluiu que quem acumula mais gordura na zona do abdômen apresenta uma maior probabilidade de redução do cérebro e de aparecimento de demência. Com a linha da cintura em expansão, surgem …

Até os antigos egípcios faziam tarefa de casa

Uma tarefa de casa, escrita por uma criança do Antigo Egito, ficou preservada desde o segundo século a.C. – e as palavras podem parecer familiares até nos dias de hoje. Uma lição antiga preservada em uma …

Dinamarca avança com plano ambicioso de criar 9 ilhas na costa de Copenhague

O governo dinamarquês e a prefeitura de Copenhague, em conjunto com um gabinete de arquitectura e planejamento urbano, vão avançar com um ambicioso plano de criar nove ilhas na costa da capital do país. Um grandioso …

(cv) Euronews

Submarino alemão da Primeira Guerra Mundial aparece na costa da França

Os destroços de um submarino alemão da Primeira Guerra Mundial emergiram em uma praia de Wissant, no norte da França. Há décadas enterrada na areia, a carcaça enferrujada da embarcação naufragada em 1917 agora pode …