Álcool em excesso afeta de forma diferente cérebro de homens e mulheres

Petras Gagilas / Flickr

O consumo alcoólico excessivo e prolongado durante a adolescência e a juventude afeta o desenvolvimento cerebral, causando alterações visíveis em electroencefalograma, e aparece de forma diferente nos cérebros de homens e mulheres, com mais alterações funcionais no sexo masculino.

O congresso anual do colégio Europeu de Neuropsicofarmacologia começou nesta segunda-feira (4) e continua até esta terça em Paris. Lá, foram apresentadas duas conclusões de um estudo realizado por cientistas finlandeses. Além do consumo continuado de álcool causar alterações visíveis em electroencefalograma, essas alterações divergem em homens e mulheres.

Há mais alterações na atividade elétrica do cérebro nos homens do que nas mulheres, devido ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas”, explica Outi Kaarre, a pesquisadora do hospital da Universidade de Kuopio e uma das autoras do estudo.

Os resultados mostram que existem alteração elétricas e químicas no cérebro, com especial relevância para o neurotransmissor GABA e seus receptores neuronais de dois tipos diferentes: A e B.

Nas mulheres, o consumo excessivo de álcool afeta apenas os receptores de tipo A nas mulheres, enquanto que os homens veem os dois tipos de receptores serem afetados. No entanto, segundo os pesquisadores, ainda não é possível determinar com clareza como é que a nova conclusão pode ser interpretada ou o que ela implica.

De acordo com Outi Kaarre, “o GABA é um neurotransmissor fundamental, que está envolvido na inibição de muitos dos sistemas e funções cerebrais e que tem um papel importante, por exemplo, nas perturbações de ansiedade e depressão. Este neurotransmissor tem um efeito de diminuir ou acalmar a atividade cerebral”.

No estudo foram analisadas 27 pessoas, das quais 11 homens e 16 mulheres, com idades entre 23 e 28 anos e um histórico de 10 ou mais anos de consumo excessivo de álcool.

Todos tinham alterações nos electroencefalogramas depois de aplicada estimulação magnética transcraniana, que estimula a atividade neuronal. Sujeitos da mesma idade e sem esse histórico não apresentaram as alterações.

Estudos feitos em animais mostraram entretanto que o receptor GABA-A está associado a padrões de menor consumo de álcool, enquanto o GABA-B está mais presente no processo cerebral ligado ao desejo de beber.

Por isso, a equipe finlandesa acredita que os resultados “podem ser a porta para um possível mecanismo que explique as diferenças entre homens e mulheres” em relação ao consumo de álcool.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A corrida para salvar 33 marinheiros e 1 cachorro da ilha onde missionário foi morto por nativos há 1 ano

"Homens selvagens, provavelmente mais de 50, com armas caseiras, estão fazendo dois ou três barcos. Temo que eles nos alcancem no pôr do Sol. A vida de todos os tripulantes está em risco." A corrida contra …

Gigante chinesa do comércio eletrônico vende U$ 1 bilhão em 1 minuto

Sessenta e oito segundos. Esse foi o tempo que consumidores chineses levaram para gastar seu primeiro bilhão de dólares em vendas pela internet numa tradicional liquidação do país. O resultado surpreendente de vendas foi alcançado …

“A Tumba”: depósito de lixo nuclear está começando a se romper e afundar nas Ilhas Marshall

Antes de lançar a primeira bomba atômica do mundo, os EUA fizeram vários testes de detonações em locais remotos. O problema é que toda a radiação está até hoje nesses lugares, sendo que um desses …

Brasil dá 'sinal positivo' e valoriza participação no BRICS, diz especialista

Contrariando estimativas de que o governo de Jair Bolsonaro reduziria a importância do BRICS na sua política externa, o Brasil demonstra empenho e compromisso com o bloco, segundo especialista ouvido pela Sputnik. Em entrevista à Sputnik, …

Elon Musk fala em "curar o autismo" com as inovações da Neuralink

Participando de um podcast voltado à discussão da inteligência artificial (IA), o CEO da Neuralink, Elon Musk, erroneamente afirmou que sua empresa será capaz de curar distúrbios neurológicos como a esquizofrenia e o Alzheimer, além …

Bomba-H da Coreia do Norte seria 17 vezes mais poderosa que a de Hiroshima

Dados de satélite japonês forneceram detalhes do teste de uma arma termonuclear, realizado em 2017, indicando que sua explosão teria sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou …

Aquecimento global afetará saúde das novas gerações, diz relatório

Um relatório publicado nesta quinta-feira na revista científica The Lancet, a poucas semanas da conferência internacional para o clima (COP25), alerta para os riscos sanitários relacionados ao aquecimento global e às emissões de gás carbônico. O …

Estudante abre fogo em escola na Califórnia

Ao menos duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas depois que um aluno abriu fogo nesta quinta-feira (14/11) numa escola secundária no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, causando pânico entre estudantes e funcionários. …

Governo italiano deve decretar estado de catástrofe natural em Veneza

Metade da cidade está debaixo d’água, atingida pela pior cheia em 53 anos. O nível subiu 187 cm na terça-feira (12), o segundo mais alto desde 1966. A situação levou o governo a decidir decretar …

Oxigênio descoberto em Marte intriga cientistas da NASA

Padrão de comportamento do oxigênio recém-descoberto pelo rover Curiosity, da NASA, é tão diferente que os cientistas não conseguem desvendá-lo através dos processos químicos conhecidos pela ciência. A agência espacial norte-americana divulgou os resultados da análise …