Substância no cérebro que causa pensamentos indesejados é descoberta

Na hora de dormir, a maioria das pessoas trava uma dura batalha contra pensamentos e memórias embaraçosas que nos despertam do sono. Um grupo de cientistas acredita ter descoberto a resposta para esse problema.

Durante o dia, o cérebro faz o possível para evitar pensamentos indesejados, mas, na hora de dormir, não há como evitar lutar contra pensamentos e memórias que nos despertam e deixam envergonhados.

Ainda assim, o cérebro nos oferece uma forma de controlar esse tipo de pensamento nada produtivo. Sem essa ferramenta, as memórias indesejadas podem ser debilitantes para a pessoa, já que esse tipo de pensamento é um sintoma clássico de problemas mentais como a esquizofrenia, estresse pós-traumático e depressão.

Até agora, os cientistas não entendiam como funcionava esse processo. Os pesquisadores sabiam que o córtex pré-frontal tem um papel importante no controle de nossas ações e pensamentos, mas o mecanismo que ativa esse sistema de defesa continuava um mistério.

Um grupo de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, publicou, em novembro, um artigo científico na Nature Communications que pode explicar o funcionamento desse mecanismo de defesa.

Os cientistas afirmam que o neurotransmissor ácido gama aminobutírico, GABA, é o responsável por noites mal dormidas devido a lembranças negativas.

O GABA é uma substância química presente no cérebro que permite que as mensagens passem pelas células nervosas, e que também age como principal inibidor dessas mesmas mensagens.

Quando uma célula nervosa libera o GABA, a célula suprime a atividade de outras células conectadas. No novo estudo, os cientistas mostraram que a quantidade de GABA no hipocampo do cérebro pode prever com que eficiência o cérebro de uma pessoa pode bloquear o processo de recuperação de memórias, que, por sua vez, bloqueia a aparição dessas memórias.

“O que é empolgante sobre isso é que estamos ficando cada vez mais específicos”, explica o coautor do trabalho, Michael Anderson.

No estudo, os participantes fizeram um exercício de palavras em que tinham que associar pares de palavras sem relação entre si, como “mofo” e “norte”. Esses pares de palavras representavam as memórias que os participantes tinham que recuperar ou reprimir para passar à próxima fase da experiência, na qual tinham que reagir dependendo da cor que aparecesse na tela.

Quando aparecesse a cor verde com uma palavra, o participante em questão tinha que se recordar e dizer em voz alta qual a palavra que era associada a ela no início do teste. Mas, quando a palavra aparecia com a cor vermelha, os participantes tinham que evitar pensar no par dessa.

Enquanto isso, os pesquisadores fizeram uma ressonância magnética nos participantes para medir a atividade do cérebro. Além disso, fizeram também uma espectroscopia por ressonância magnética para analisar a química do órgão.

Os resultados revelaram que as pessoas que tinham níveis mais baixos de GABA no hipocampo tinham maior dificuldade em reprimir memórias.

“O ambiente e influências genéticas que aumentam a hiperatividade do hipocampo podem causar uma série de problemas com pensamentos invasivos como sintoma principal”, explica a coautora Taylor Schmitz. Caso um tratamento consiga melhorar a atividade do GABA no hipocampo, a severidade do problema pode vir a diminuir.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Blue Origin quer criar habitats espaciais comerciais já na década de 2020

Parece que a Blue Origin, empresa de Jeff Bezos focada em voos espaciais comerciais, está mesmo querendo entrar no novíssimo e vindouro mercado de habitats na órbita da Terra — e pode ter a NASA …

Brasil é líder em conflitos socioambientais na Amazônia

Dono da maior extensão de Floresta Amazônica, o Brasil também é campeão em conflitos socioambientais na região. Um levantamento inédito comparando a situação de quatro países mostrou que, dos 1.308 confrontos registrados em 2017 e …

Lukashenko toma posse em cerimônia secreta em Belarus

O presidente de Belarus prestou juramento, nesta quarta-feira (26), em uma cerimônia mantida em sigilo. Este é o sexto mandato do chefe de Estado, no poder há 26 anos. "Alexander Lukashenko prestou juramento no idioma bielorrusso, …

Pássaros sacrificados como oferenda aos deuses são encontrados no Egito

Milhões de aves, que teriam sido utilizadas como oferenda aos deuses Hórus, Rá ou Thoth foram encontradas por uma equipe de arqueólogos no Egito. Os arqueólogos da Universidade Claude Bernard Lyon estavam trabalhando nas escavações de …

Navalny deixa hospital em Berlim

Oposicionista russo recebe alta após um mês de tratamento para curar envenenamento por agente neurotóxico do tipo Novitchok. Médicos dizem que recuperação total é possível, mas não sabem estimar efeitos de longo prazo. O oposicionista russo …

Governo pede suspensão de filme da Netflix após acusações de pedofilia

Após diversas acusações de pedofilia nas redes sociais ao filme Lindinhas, que estreou com exclusividade na Netflix, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos pediu a suspensão e investigação sobre sua distribuição …

Mais de 13 milhões de britânicos enfrentam novo lockdown diante do aumento de casos de Covid-19

Um quinto da população do Reino Unido acordou sob um novo lockdown nesta terça-feira (22). Essas pessoas estão sobretudo no norte da Inglaterra e no País de Gales, as regiões mais afetadas pela Covid-19 …

Pinguim é encontrado morto no litoral de SP com máscara no estômago

Um pinguim foi encontrado morto no último dia 9 de setembro na praia de Juquehy, em São Sebastião, litoral de São Paulo – e, depois de realizada a necropsia, a causa da morte foi determinada: …

Misteriosa minilua vai entrar na órbita da Terra em outubro e ficará por meio ano

Corpo celeste tem uma velocidade muito baixa, o que é atípico para asteroides. Cientistas suspeitam que a minilua afinal seja lixo espacial do século passado. Astrônomos descobriram o corpo celeste 2020 SO, que está em uma …

Na ONU, Bolsonaro diz ser vítima de campanha de desinformação

Presidente defende política ambiental do governo e afirma que Amazônia e Pantanal sofrem campanha de desinformação internacional. Ele também elogia sua gestão da epidemia de covid-19, que já matou 137 mil. No discurso de abertura da …