Asteroide que dizimou os dinossauros teria atingido a Terra em “ângulo letal”

(dr)

A teoria mais aceita é a de que os dinossauros foram extintos após um asteroide atingir a Terra de maneira catastrófica há 66 milhões de anos, causando danos sem precedentes em todo o planeta.

Agora, segundo novas pesquisas, parece que o ângulo no qual o objeto entrou na atmosfera foi um fator determinante, sendo chamado pelos cientistas de “ângulo mais letal possível” para essa destruição.

Para chegar a essa conclusão, foram feitas simulações de computador no Science and Technology Facilities Council (STFC), no Reino Unido, por pesquisadores do Imperial College, da Universidade de Freiburg e da Universidade do Texas.

As simulações mostraram que o asteroide que atingiu a Terra estava em um ângulo de 60 graus, o que foi crucial para determinar a quantidade de gases lançados na atmosfera superior. Essa queda emitiu bilhões de toneladas de enxofre, causando o bloqueio do Sol e o surgimento do chamado inverno nuclear. Com o desastre, os dinossauros se tornaram extintos e 75% da vida na Terra foi eliminada.

A questão foi comprovada através da combinação de simulações de impacto numérico em 3D com dados geofísicos adquiridos no local da queda, resultando em novos modelos que se tornaram as primeiras simulações em 3D a reproduzirem todo o evento. Foi recriado desde o impacto inicial até a formação da cratera, que hoje é conhecida como Chicxulub e localizada na Península do Iucatã, no México.

Gareth Collins, líder do estudo e professor do Departamento de Ciências da Terra e Engenharia do Imperial College, conta que o acontecido com os dinossauros foi exatamente o pior cenário possível.

“O asteroide liberou na atmosfera uma quantidade incrível de gases que provocam a mudança climática, provocando uma cadeia de eventos que levaram à extinção dos dinossauros. Isso foi pior, provavelmente, pelo fato de o asteroide ter atingido em um dos ângulos mais mortais possíveis“, disse o cientista, afirmando ainda que o ângulo do objeto foi de 60 graus acima do horizonte e se aproximou do seu alvo a partir da região nordeste.

De acordo com os dados obtidos pelo grupo de cientistas, em camadas superiores de terra ao redor da Cratera de Chicxulub é possível observar grandes quantidades de água, além de rochas de carbonato poroso e de evaporito.

Essas rochas foram aquecidas e perturbadas pelo impacto do asteroide, entrando em decomposição e espalhando pela atmosfera grandes quantidades de vapor de água e enxofre, e dióxido de carbono. A emissão do enxofre pode ter criado pequenas partículas que fizeram o bloqueio dos raios de Sol, interrompendo o processo de fotossíntese das plantas e esfriando o clima consideravelmente.

Metodologia

Usando dados geofísicos, a equipe de pesquisadores fez a análise da forma da cratera, assim como a sua estrutura subterrânea, determinando então o ângulo do impacto e a direção. O estudo contou ainda com resultados recentes obtidos através da perfuração da cratera, que conta com 200 quilômetros de largura, que evidenciam a potência do impacto.

A relação entre o centro da cratera, o centro do anel de pico — que consiste em um anel de montanhas que surge através de rochas dentro da borda da cratera — e o centro de rochas de manto densas erguidas, algumas a 30 quilômetros abaixo, foi crucial para determinar o ângulo e a direção do impacto. Em Chicxulub, esses centros são alinhados na direção sudeste-nordeste, com centro da cratera entre os centros de anel de pico e do manto.

Um dos coautores do estudo, Dr. Thomas Davison, do Departamento de Ciências da Terra e Engenharia do Imperial College, conta que grandes crateras, como a de Chicxulub, são formadas em questão de minutos, envolvendo uma reconstrução incrível de rochas sob elas. Essas descobertas, segundo os cientistas, são cruciais para diagnosticar detalhes do impacto do asteroide, e permitem analisar também como se formam crateras em outros planetas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em comércio, templos e repartições públicas

Presidente alegou que uso de máscaras em locais fechados pode ser classificado como "violação de domicílio" e vetou trecho que obrigava o poder público a fornecer máscaras para a população mais pobre. O presidente Jair Bolsonaro …

Novos hábitos devem fazer parte da vida das sociedades no pós-pandemia, dizem especialistas

Enquanto a vacina que poderá conter a disseminação do novo coronavírus não sai, o mundo seguirá lavando as mãos. exaustivamente, abusando do álcool gel (ou de desinfetantes poderosos), caprichando na limpeza de tudo o …

Coroas de buracos negros supermassivos podem ser fonte de "partículas fantasmas"

Nas profundezas do gelo antártico, estão enterrados mais de 5.000 sensores de luz, que fazem parte do Observatório IceCube, um detector de neutrinos. Em 2018, este observatório recebeu a atenção da comunidade científica de todo …

Partícula exótica nunca vista antes é descoberta no CERN

Cientistas trabalhando no Grande Colisor de Hádrons (LHC) observaram uma partícula exótica composta de quatro quarks charm. Essa é provavelmente a primeira descoberta de uma classe de partículas jamais observada pelos físicos. O quark é uma …

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro

Ministério Público Federal acusa senador de ter recebido pagamentos indevidos da Odebrecht através de contas no exterior. Verônica Serra, filha do político, também é denunciada. A força-tarefa da Operação Lava-Jato em São Paulo denunciou nesta sexta-feira …

'Morra quem morrer', diz prefeito na Bahia ao decretar reabertura do comércio

O prefeito da cidade de Itabuna (BH), Fernando Gomes, declarou em vídeo divulgado nas redes sociais que autorizará reabertura de estabelecimentos comerciais em 9 de julho. Ao anunciar a implementação do decreto que autorizará reabertura do …

Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da …

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …

Putin, presidente "eterno"? Para mais de 75% dos russos, a resposta é sim

Vladimir Putin, presidente "vitalício"? Essa é uma das apostas da votação que termina hoje na Rússia, e que vem sendo apoiada por cerca de 73,55% dos eleitores, que até agora votaram “SIM” neste referendo. Se …