Brasil guarda registros do asteroide que dizimou os dinossauros

Há 65 milhões de anos, acredita-se que um asteroide se chocou com a Terra e foi o responsável pelo fim da era dos dinossauros em nosso planeta, abrindo caminho para que os pequenos mamíferos se desenvolvessem, marcando a transição entre os períodos Cretáceo e Paleógeno.

E, apesar de o asteroide ter caído na península de Yucatán, no México, há um pedaço do Brasil que guarda registros do acontecimento que mudou a vida terrestre para sempre.

Esse lugar fica em Pernambuco, especificamente no município de Paulista. Ali, a Mina Poty exibe em suas rochas algumas microesféculas, que são grãos de vidro microscópicos, juntamente com fragmentos de quartzo de impacto, que são produzidos pelo calor gerado no momento da colisão com o asteroide.

Esses objetos foram lançados à atmosfera, caindo em algumas partes do planeta — e uma delas é a cidade de Paulista.

A área traz marcas geológicas desse período histórico da Terra e também apresenta resquícios do mega tsunami causado pelo impacto do asteroide, que provocou ondas de 20 metros de altura a 112 km/h, que alcançaram o Nordeste brasileiro.

Dada a relevância histórica da região, o sítio será preservado e terá abertura para visitação a partir de novembro.

A descoberta

O responsável por descobrir a preciosa região pernambucana foi o geólogo Gilberto Albertão, lá no início dos anos 1990, quando estava fazendo pesquisas para o seu mestrado na Universidade Federal de Ouro Preto.

Ele pretendia verificar se em alguma bacia sedimentar brasileira havia evidências físicas ou biológicas das extinções do período Cretáceo — e conseguiu.

Além de descobrir fósseis vertebrados marinhos, o geólogo também localizou anomalias químicas e físicas mostrando os resquícios do asteroide em questão.

“O primeiro efeito do impacto foi um grande incêndio global, em função da chegada desse corpo. O atrito do asteroide gerou um superaquecimento. E em todas as áreas desse limite que são continentais existem evidências de anomalia de carbono”, explicou.

Albertão seguiu estudando a região mesmo mais de duas décadas depois da conclusão de seu mestrado. Agora, a manutenção do local ficará a cargo da Votorantim em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco, que, por sua vez, será responsável por novos estudos que serão conduzidos por lá.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo sugere que 2,5 bilhões de tiranossauros rex viveram na Terra

Estimativa inédita da população total dos dinossauros foi publicada na revista "Science". Biólogo brasileiro integrou equipe da Universidade da Califórnia que fez o cálculo. Se um Tyrannosaurus rex já parece bastante assustador, imagine 2,5 bilhões deles. …

Submarino soviético atingido por minas alemãs encontrado no mar de Barents

Uma expedição da Frota do Norte russa e da Sociedade Geográfica Russa encontrou no mar de Barents o submarino Katyusha, afundado durante a Segunda Guerra Mundial, de acordo com informação do serviço de imprensa da …

Filme desaparecido do mestre do cinema Orson Welles pode estar no Brasil

Apaixonado por Orson Welles, um documentarista norte-americano se prepara para ir ao Brasil relançar a busca de um filme desaparecido do mestre de Hollywood, Orson Welles: a versão original de "The Magnificent Ambersons", que …

Cientistas criam embriões que são parte humanos, parte macacos

Pela primeira vez, cientistas criaram embriões que são uma mistura de células humanas e macacos. Os embriões, descritos quinta-feira na revista Cell, foram criados em parte para tentar encontrar novas formas de produzir órgãos para pessoas …

Criatura misteriosa em árvore que assustou moradores em cidade da Polônia era croissant

Quando autoridades polonesas receberam o chamado de que um animal incomum estava escondido em uma árvore da cidade de Cracóvia, não sabiam o que esperar. "As pessoas não estão abrindo as janelas porque estão com medo …

"Os Simpsons": Hank Azaria se desculpa por dar voz ao personagem indiano Apu

O ator e dublador Hank Azaria pediu desculpas por sua contribuição ao racismo estrutural contra a população indiana. Azaria, que é branco, foi a voz por trás do personagem Apu Nahasapeemapetilon no desenho animado Os Simpsons …

STF confirma anulação das condenações de Lula na Lava Jato

Plenário do Supremo referenda decisão de Fachin que considerou a 13ª Vara Federal de Curitiba incompetente para julgar ações contra o ex-presidente. Com isso, petista retoma o direito de disputar eleições em 2022. O plenário do …

Biden: EUA estão prontos para mais medidas se Rússia continuar a interferir na nossa democracia

Em discurso nesta quinta-feira (15), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que notificou o presidente russo, Vladimir Putin, de que seu governo poderia ter tomado mais medidas contra a Rússia, mas preferiu ser …

Eurodeputados defendem que Bolsonaro seja responsabilizado por necropolítica

O embaixador brasileiro na União Europeia, Marcos Galvão, pediu nesta quinta-feira "vacinas, vacinas e vacinas" para tirar o Brasil "da situação desastrosa" em que se encontra. Durante audiência com deputados do Parlamento Europeu, em …

Robô em forma de estrela vai estudar o fundo do mar

Cientistas do MIT criaram uma estrela-do-mar robótica, que consegue nadar pela vizinhança sem chamar muita atenção. Um dos principais problemas enfrentados pelos robôs marinhos é que eles não se parecem com peixes ou com alguma outra …