Astronautas americanos pisaram mesmo na Lua; e a confirmação vem de astrônomos chineses

A corrida espacial continua, mas desta vez os cientistas chineses provaram que os americanos pisaram mesmo na Lua. A China utilizou um sistema de laser para medir a distância entre a Terra e a Lua (LLR), fazendo uso do retrorrefletor colocado no satélite natural pelo astronauta americano David Scott.

Há muito tempo que os defensores da teoria da “conspiração lunar“, segundo a qual os norte-americanos nunca estiveram na Lua, acusam a NASA de ter falsificado as filmagens das caminhadas lunares de Glenn Armstrong, alegam que tudo não passou de uma fraude, e sustentam que a NASA não tinha ainda na época tecnologia para levar o homem até o satélite.

Embora a maioria dos estudiosos opte por nem dar atenção à teoria conspiratória, diversos argumentos são normalmente apresentados como prova de que o homem deu sim um passo gigante na Lua – como o fato de nada menos que 12 astronautas terem alcançado o feito, e trazido (ou deixado) souvenirs para recordar mais tarde.

Entre essas provas, é contada a experiência LLR, ou Lunar Laser Ranging, uma técnica baseada na emissão de um raio laser em direção a um dos espelhos deixados na superfície da Lua pelas missões Apollo, com o intuito de medir o tempo que a radiação demora a ser refletida – e a partir daí calcular com precisão a distância da Terra à Lua.

A técnica Lunar Laser Ranging foi protagonista de um dos episódios de Big Bang Theory, durante o qual Leonard e Sheldon tentam explicar a Zack, um personagem “menos brilhante”, como funciona a experiência. Sem grande sucesso, diga-se de passagem.

Apesar da aparente simplicidade com que quatro geeks montam num telhado o equipamento necessário e realizam a experiência, até agora apenas equipes de cientistas dos Estados Unidos, da França e da Itália o tinham efetivamente realizado com sucesso.

Na segunda-feira (22), no entanto, a China entrou na corrida ao LLR.

Segundo revela o jornal chinês gbtimes, uma equipe de cientistas chineses usou um sofisticado sistema de lasers, com um telescópio de 1,2 metro, para atingir um dos quatro Lunar Laser Ranging Retroreflector (LLRR) – neste caso, o maior deles, instalado pelo astronauta David Scott no dia 31 de julho de 1971, durante a missão Apollo 15.

Através dos impulsos de laser refletidos pelo espelho, localizado na região lunar de Hadley–Apennine, a equipe de astrônomos dos Observatórios de Yunnan conseguiu medir a distância entre o dispositivo na Lua e a estação terrestre em que se encontravam – provando assim uma vez mais que um dia o homem pisou na Lua.

A experiência LLR mede a distância entre a Terra e a Lua calculando o tempo que um pulso de laser demora para viajar da estação terrestre até o retrorrefletor situado na Lua e a voltar para a Terra. Segundo concluíram os cientistas chineses, a distância é de 385.823,433 a 387.119,600 quilômetros.

David Scott / NASA

O Lunar Laser Ranging RetroReflector de David Scott 105×65 cm

Além do LLRR de David Scott, há mais três retrorefletores na Lua. Dois deles foram deixados próximos dos locais das missões Apollo 11 e 14, e o terceiro está instalado no Lunokhod 2, o segundo dos rovers não tripulados que a Rússia enviou para o satélite.

“Em um futuro próximo, a China colocará seu próprio retrorrefletor na Lua, impulsionando assim mais um passo da tecnologia LLR na China”, afirmou Li Yuqiang, pesquisador dos Observatórios de Yunnan.

A experiência LLR chinesa foi realizada no contexto dos preparativos de lançamento da sonda lunar Chang’e-4, previsto para 2018. Além da sonda que vai permitir estudar a metade da Lua que ainda não foi explorada, será lançado um satélite que permite facilitar a comunicação com os cientista na Terra.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vacina contra o câncer de mama pode estar disponível em 8 anos, diz a Clínica Mayo

Pesquisadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o câncer ovário e de mama que poderia estar disponível dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes a …

Líder de Hong Kong abandona discurso no Parlamento após protestos

Parlamentares pró-democracia forçam Carrie Lam a interromper pronunciamento anual. Sem conseguir completar fala, chefe do Executivo faz discurso sobre futuro político da região administrativa especial da China em vídeo. A chefe do Executivo de Hong Kong, …

Barcelona se prepara para novos protestos, depois de noite tensa em aeroporto

A Catalunha se prepara para um novo dia de indignação, depois que milhares de ativistas pela independência cercaram o aeroporto de Barcelona, na segunda e terça-feira, para denunciar a condenação de seus líderes a sentenças …

Erdogan acusa militares sírios de bombardear posições turcas

Dois soldados turcos foram mortos na área de Manbij pelo Exército do governo sírio, disse o presidente turco Recep Tayyip Erdogan. No dia anterior foi noticiada a morte de mais dois soldados turcos durante um ataque …

Operação da PF amplia briga interna no PSL

A disputa pública pelo comando do PSL, o partido do presidente Jair Bolsonaro, ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (15/10) quando agentes da Polícia Federal (PF) realizaram uma operação de busca e apreensão na casa …

Cidade na Itália proíbe Google Maps porque pessoas 'se perdem' o tempo todo

Serviços de emergência de Baunei já tiveram que resgatar 144 perdidos em dois anos devido ao Google Maps. O prefeito da cidade italiana de Baunei, Salvatore Corrias, proibiu o uso do aplicativo de localização geográfica Google …

Emma Watson lança consultoria jurídica gratuita para mulheres assediadas no local de trabalho

A atriz Emma Watson acaba de lançar uma consultoria jurídica gratuita para mulheres que sofreram assédio no local de trabalho. O serviço está disponível na Inglaterra e no País de Gales. De acordo com o texto …

Polícia do Rio perdeu imagens que poderiam identificar assassinos de Marielle

A Polícia Civil do Rio de Janeiro perdeu imagens do carro dos suspeitos de matar a vereadora Marielle Franco gravadas no dia do homicídio, em 14 de março de 2018. A informação foi publicada neste domingo …

Protestos se espalham pela Catalunha após condenação de separatistas

Manifestantes bloqueiam principal aeroporto de Barcelona, além de ruas e uma via férrea, após nove líderes catalães serem condenados pela tentativa de independência da região. Confrontos com a polícia deixam feridos. A condenação de nove líderes …

Erdogan revela objetivos da operação turca na Síria

Nesta terça-feira (15), o presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que a operação militar no norte da Síria está progredindo com sucesso, tendo 1.000 km de território ao longo da fronteira sido libertados de terroristas. "Temos …