Buscador planta uma árvore a cada 45 buscas e quer ser alternativa ao Google

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Criado em 2009, o Ecosia é uma alternativa sustentável ao Google. As pesquisas feitas na plataforma transformam-se em árvores plantadas em países como Brasil, Burkina Faso, Etiópia, Indonésia, Madagascar, Marrocos, Nicarágua, Peru e Tanzânia.

Até o momento, mais de 65 milhões de árvores já foram plantadas. Os números são atualizados em tempo real na página do mecanismo e um novo plantio ocorre a cada 45 buscas. Parece muito? O tempo entre elas costuma ser de menos de um segundo.

Para transformar pesquisas na internet em árvores, o buscador investe cerca de 80% de seus lucros neste projeto. O Ecosia continua sendo gratuito mas, da mesma forma que ocorre com o Google, obtém receitas sempre que seus usuários clicam em anúncios na plataforma. Um contador no canto superior direito usa um ícone no formato de árvore para informar a quantidade de buscas já realizada por cada usuário.

Todas as emissões de carbono na empresa são compensadas. Os servidores do Ecosia funcionam movidos a energias 100% renováveis e cada busca realizada é capaz de remover aproximadamente 1 kg de CO² da atmosfera. Um artigo publicado no blog oficial da plataforma estima que, se ela fosse tão grande quanto o Google, suas ações poderiam absorver 15% das emissões globais de CO².

No Brasil, o buscador decidiu plantar um milhão de árvores em resposta às políticas ambientais de Bolsonaro e ao aumento de 84% no desmatamento promovido por ele. A promessa veio antes dos incêndios ocorridos na Amazônia e a crise ambiental apenas intensificou o projeto: agora, o plano é plantar mais dois milhões de mudas no país.

Além de todos os benefícios, o Ecosia afirma que não armazena permanentemente as pesquisas realizadas. Passada uma semana, os termos de busca se tornam anônimos. Além disso, eles garantem não vender os seus dados aos anunciantes – o que pode parecer o mínimo, mas não é seguido por diversos serviços na internet.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

NASA pode ter encontrado pistas sobre Planeta X

O suposto Planeta X segue repleto de mistérios e a única coisa que se sabe é que há algum objeto grande e massivo na região do cinturão de Kuiper. O grande objeto estaria causando uma grande …

Co-fundador da Wikipedia lança rede social livre de anúncios

O co-fundador da Wikipédia, Jimmy Wales, desenvolveu uma rede social chamada WT: Social, que opera basicamente do mesmo jeito que a enciclopédia virtual, ou seja, sem publicidade, apenas com doações. Apesar disso, não há ligação …

O que é a peste pulmonar e por que sua aparição na China preocupa

A forma mais rara, porém mais letal de peste, apareceu na China. Duas pessoas foram hospitalizadas em Pequim após contrairem a peste pulmonar ou pneumônica - uma variante altamente infecciosa da doença e muitas vezes …

Mais de 200 pessoas perderam visão em protestos no Chile

A principal associação médica do Chile anunciou nesta quinta-feira (14/11) que pelo menos 230 pessoas perderam a visão, parcial ou completamente do olho afetado, devido a tiros com espingarda de pressão disparadas por agentes de …

Movimento dos "coletes amarelos" completa um ano com efeitos positivos na economia

O diário econômico francês Les Echos desta sexta-feira dedica sua capa e várias páginas ao movimento dos coletes amarelos, que completa um ano neste domingo. O jornal analisa as consequências dos protestos na economia francesa …

Preço para voar em nave da Boeing será 60% mais caro do que na da SpaceX

O inspetor-geral da NASA divulgou nesta quinta-feira (14) um relatório sobre o Programa Commercial Crew, com detalhes sobre os problemas técnicos enfrentados pelas empresas SpaceX e Boeing no desenvolvimento de suas espaçonaves - Crew Dragon …

A corrida para salvar 33 marinheiros e 1 cachorro da ilha onde missionário foi morto por nativos há 1 ano

"Homens selvagens, provavelmente mais de 50, com armas caseiras, estão fazendo dois ou três barcos. Temo que eles nos alcancem no pôr do Sol. A vida de todos os tripulantes está em risco." A corrida contra …

Gigante chinesa do comércio eletrônico vende U$ 1 bilhão em 1 minuto

Sessenta e oito segundos. Esse foi o tempo que consumidores chineses levaram para gastar seu primeiro bilhão de dólares em vendas pela internet numa tradicional liquidação do país. O resultado surpreendente de vendas foi alcançado …

“A Tumba”: depósito de lixo nuclear está começando a se romper e afundar nas Ilhas Marshall

Antes de lançar a primeira bomba atômica do mundo, os EUA fizeram vários testes de detonações em locais remotos. O problema é que toda a radiação está até hoje nesses lugares, sendo que um desses …

Brasil dá 'sinal positivo' e valoriza participação no BRICS, diz especialista

Contrariando estimativas de que o governo de Jair Bolsonaro reduziria a importância do BRICS na sua política externa, o Brasil demonstra empenho e compromisso com o bloco, segundo especialista ouvido pela Sputnik. Em entrevista à Sputnik, …