Carta sobre estado de saúde de Trump foi “ditada” pelo próprio

O ex-médico pessoal do presidente dos EUA afirmou que não redigiu o documento no qual era declarado que o então candidato republicano à presidência tinha perfeita saúde, atribuindo a responsabilidade do texto ao próprio multimilionário.

Donald Trump ditou toda a carta. Não a escrevi”, assegurou Harold Bornstein, em declarações feitas na terça-feira (1º) à CNN e citadas nesta quinta-feira (3) pelas agências internacionais e pela mídia norte-americana.

Em dezembro de 2015, os responsáveis pela campanha presidencial de Donald Trump divulgaram uma nota escrita, atribuída ao médico Harold Bornstein, sobre o bom estado de saúde do então candidato republicano à Casa Branca.

O documento descrevia a resistência e a força física de Trump como “extraordinárias” e reforçava que o candidato republicano era “o individuo mais saudável já eleito para a presidência”.

O médico, de Nova York, em Manhattan, afirmou alguns meses mais tarde que tinha escrito o texto em questão de forma apressada, enquanto o carro de Trump aguardava pelo documento.

Nas novas revelações, o médico indicou ainda que indivíduos próximos ao presidente, entre os quais um guarda-costas do chefe de Estado e um advogado da Organização Trump, entraram em seu gabinete, em fevereiro de 2017, e levaram todos os registros médicos relacionados com o atual presidente.

“Estiveram no meu gabinete entre 25 e 30 minutos. Foi um verdadeiro caos“, contou Bornstein, de 70 anos, declarando se sentir “violentado, assustado e triste”.

Na terça, a Casa Branca rejeitou as alegações do médico, com a porta-voz da presidência norte-americana, Sarah Sanders, afirmando que se tratou de um “procedimento normal”. “Os dossiês estavam sendo transferidos para a unidade médica da Casa Branca”.

Harold Bornstein foi o médico pessoal de Donald Trump durante 35 anos, segundo a estação norte-americana NBC.

Em janeiro passado, o médico da Casa Branca, Ronny Jackson, declarou que o chefe de Estado, de 71 anos, desfrutava de uma “excelente saúde”.

“A visita médica do presidente ao hospital militar nacional de Walter Reed correu extremamente bem. O presidente está em excelente saúde”, declarou na época Ronny Jackson, que desde 2013 estava encarregado de supervisionar o estado de saúde do anterior presidente, o democrata Barack Obama.

Na semana passada, o médico Ronny Jackson se viu envolvido numa polêmica relacionada com a prescrição excessiva de medicamentos e com o consumo de álcool. Perante a situação, o médico foi forçado a desistir da indicação ao cargo de secretário de Assuntos Veteranos.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Relatório da ONU aponta que 2020 deve ser um dos 3 anos mais quentes já registrados

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) publicou um relatório que aponta que o ano de 2020 deve ser um dos três anos mais quentes desde o início dos registros de temperatura. O secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, …

Documentos oficiais mostram que a China escondeu informações sobre a Covid-19

Relatórios oficiais chineses teriam sido transmitidos à rede de TV americana CNN por meio de um informador anônimo. A investigação se chama “Wuhan files” e tem como foco o começo da pandemia de Covid-19, em …

Jovem que filmou morte de George Floyd por policiais brancos ganha prêmio por bravura

A mulher que filmou o assasinato de George Floyd pelo policial Derek Chauvin vai ser condecorada com um prêmio por sua coragem. Darnella Frazier, de 17 anos, fez o registro enquanto ia com o primo …

Remédio experimental reverteu o declínio mental da idade avançada em dias

Apenas algumas doses de um medicamento experimental podem reverter o declínio relacionados à idade na memória e flexibilidade mental em ratos, de acordo com um novo estudo realizado por cientistas da UC San Francisco. A droga, …

Bebê nasce de embrião congelado há 27 anos: quase a idade da mãe

A pequena Molly Everette Gibson, de um mês, estabeleceu um novo recorde no mundo. A garotinha, filha de Tina e Ben Gibson, nasceu de um embrião que foi congelado há 27 anos e gerado por …

Covid-19: exame pioneiro mostra danos em pulmões 3 meses depois de infecção por coronavírus

A covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, pode estar causando anormalidades pulmonares ainda detectáveis mais de três meses após os pacientes serem infectados, revela um novo estudo. Cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, …

"Hyperloop de levitação": a próxima revolução nas viagens?

Imagine viajar para o trabalho a quase 1.000 km/h, pairando um pouco acima do solo, sem barulho de motor. Pode soar como um filme de ficção científica, mas este cenário se aproximou da realidade quando o …

OMS alerta para situação "muito preocupante" da Covid-19 no Brasil

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta segunda-feira que a situação da pandemia de Covid-19 no Brasil é "muito, muito preocupante". A declaração foi dada durante uma entrevista …

NASA detecta 150 objetos voadores não identificados orbitando a Terra

Para além de qualquer especulação vaga ou teoria da conspiração, os famosos Objetos Voadores Não-Identificados – mais conhecidos como OVNIs – são uma realidade, cada vez mais documentada e tornada publica por agências espaciais como …

Reino Unido aprova vacina da Pfizer para uso já na semana que vem

O governo do Reino Unido anunciou nesta quarta-feira (02/11) a aprovação da vacina para covid-19 produzida em parceria pela Pfizer e pela Biontech e adiantou que ela estará disponível já na próxima semana. O governo comunicou …