Cientistas desvendam o mistério da forma dos ovos – e tem tudo a ver com o voo

CCO

O albatroz põe ovos elípticos porque é um excelente voador

O albatroz põe ovos elípticos porque é um excelente voador

A incógnita borbulhava há séculos na cabeça dos biólogos: por que os ovos de diferentes espécies de aves têm diferentes formas. O mistério foi agora desvendado e a resposta está na forma das suas asas.

A pesquisa, publicada na revista Science, recorreu a conceitos da biologia, da matemática, da física e da ciência computorizada. Uma equipe internacional de cientistas das Universidades de Harvard e de Princeton apurou que quanto mais forte for a ave na capacidade de voo, mais longos ou pontiagudos serão os seus ovos.

Os pesquisadores começaram criando um programa de computador batizado Eggxtractor para catalogar a variação natural da forma dos ovos de 1.400 espécies.

Conseguiram assim, abranger quase 50 mil ovos das principais ordens de aves, tendo como referência um arquivo digital de imagens do Museu de Zoologia de Vertebrados de Berkeley, na Califórnia, EUA.

Depois criaram um modelo matemático para explicar a variação, procurando ligações entre a forma dos ovos e as características das aves.

Concluíram assim que a forma do ovo está relacionada com a habilidade para voar, verificando-se “uma forte correlação a ligar as aves que têm ovos que são elípticos e assimétricos com uma forte capacidade de voo”, explica L. Mahadevan, cientista da Universidade de Harvard.

A pesquisa conclui que há uma ligação direta entre a forma do ovo e a medida da forma da asa – o chamado índice mão-asa, que determina a capacidade de voo.

As grandes voadoras teriam desenvolvido formas de corpo aerodinâmicas que influenciam a configuração dos seus órgãos e, logo, do sistema reprodutivo e da forma dos seus ovos.

“Para manterem corpos elegantes e simplificados para o voo, as aves parecem pôr ovos que são mais assimétricos ou elípticos“, refere Mary Caswell Stoddard, pesquisadora da Universidade de Princeton.

“Com estas formas de ovo, as aves podem maximizar o volume do ovo sem aumentar a sua largura – o que é uma vantagem em ovidutos [o tubo por onde o ovo passa depois de deixar o ovário] estreitos”, acrescenta Stoddard.

Assim, o que explica que pássaros como o albatroz e o beija-flor, que são muito diferentes, tenham ovos elípticos com formas parecidas é o fato de serem ambos excelentes voadores. Já as corujas, que têm fraco potencial de voo, têm ovos quase esféricos, tal como as galinhas.

O estudo “deixa claro que a variação no tamanho e na forma dos ovos das aves não é simplesmente uma casualidade, mas está relacionada a diferenças na ecologia, incluindo na quantidade de cálcio na dieta e, particularmente, na medida em que cada espécie está projetada para um voo poderoso”, conclui outro dos autores da pesquisa, Joseph Tobias, pesquisador do Colégio Imperial do Reino Unido.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vacina contra covid-19: a estratégia do país que decidiu vacinar os jovens antes dos idosos

A Indonésia lançou um programa de vacinação em massa gratuito contra a covid-19 em uma tentativa de impedir a propagação do vírus e fazer sua economia voltar a se aquecer. Mas o país está adotando uma …

Com popularidade a mil, Signal vai contratar mais pessoas e otimizar recursos

Recentemente, o Canaltech noticiou que um simples tweet publicado pelo empresário Elon Musk fez com que o Signal, um mensageiro instantâneo conhecido por respeitar a privacidade de seus usuários e ser 100% em código aberto, …

Palácio mais antigo da China de 5.300 anos é descoberto perto de antiga capital

Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem cerca de 5.300 anos, sendo possivelmente a …

Bolsonaro colocou vida de brasileiros em risco, diz Human Rights Watch

O novo relatório mundial da ONG Human Rights Watch (HRW) de 2021 acusa o presidente Jair Bolsonaro de tentar sabotar os esforços para retardar a disseminação da Covid-19 no Brasil e investir em políticas …

Novo navio insígnia da Rússia é considerado 'maior ameaça' pelo Ocidente

Com novos mísseis, modernos equipamentos a bordo e uma capacidade de combate única, o cruzador nuclear pesado do projeto 1144 Orlan, Admiral Nakhimov, deverá assumir o posto de navio insígnia da Marinha russa em 2022. O …

Biden anuncia pacote de estímulo de quase US$ 2 trilhões

Para revitalizar a maior economia do mundo em meio à pandemia, "Plano de resgate americano" apresentado pelo presidente eleito inclui auxílio a desempregados e escolas e investimento na vacinação. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe …

Coronavírus: Reino Unido proíbe entrada de viajantes vindos da América do Sul e de Portugal por variante encontrada no Brasil

Chegadas ao Reino Unido da América do Sul e Portugal serão proibidas a partir de sexta-feira (15/01) devido a preocupações com a variante brasileira do coronavírus. O secretário de transportes, Grant Shapps, disse que a mudança …

Vacinação nacional contra a COVID-19 começa no dia 20, às 10h

Ao que tudo indica o Brasil já tem uma data oficial para o início da vacinação, em massa, contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Nesta quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a …

"Futuro assustador de extinção em massa" nos espera, elite dos cientistas alerta

O planeta enfrenta um “futuro assustador de extinção em massa, declínio da saúde e distúrbios climáticos” que ameaçam a sobrevivência humana por causa da ignorância e da inação, de acordo com um grupo internacional de …

Oferta de perfuração do Ártico tem fracasso histórico por falta de interessados

O recente leilão que oferecia arrendamentos de perfuração de petróleo no Ártico foi um fracasso. Esperava-se que a chamada atraísse muitos interessados em explorar a área no Alasca, mas a realidade foi outra. A notícia é …