Coreia do Norte lança novo míssil; Conselho de Segurança da ONU se reúne hoje

(dv) KCNA / YONHAP

Lançamento de míssil balístico ICBM da Coreia do Norte a partir de um submarino

Lançamento de míssil balístico ICBM da Coreia do Norte a partir de um submarino

A Coreia do Norte anunciou nesta segunda-feira (13) ter testado com sucesso um novo míssil balístico lançado neste domingo de uma base aérea situada no oeste do país. As informações são da Rádio France Internationale.

O dirigente norte-coreano Kim Jong-Un disse estar “satisfeito que a Coreia do Norte possua um outro meio de ataque nuclear que reforce a potência do país”, segundo declaração à agência oficial de imprensa, KCNA.

O tiro percorreu 500 quilômetros em direção ao leste antes de cair no mar do Japão, segundo o Ministério sul-coreano da Defesa. O teste é considerado pelo presidente americano Donald Trump como uma “provocação” do regime norte-coreano. O assunto será discutido hoje à noite pelo Conselho de Segurança da ONU.

As fotografias divulgadas pela agência norte-coreana KCNA mostram o lançamento do míssil de médio a longo alcance Pukguksong-2, enquanto o líder norte-coreano assiste ao teste sorridente, acompanhado de dezenas de soldados e cientistas. Ele guiou “pessoalmente” os preparativos.

O motor do míssil utiliza combustível sólido, acrescentou a KCNA, o que diminui o tempo de abastecimento. Segundo Yun Duk-Min, analista no Instituto de Relações Exteriores e da Segurança da Coreia do Sul, a maioria dos mísseis utiliza combustível líquido.

A detecção desse tipo de míssil pelos satélites de segurança também é mais complicada, explicou. “Isso representa também uma ameaça maior para os adversários”, acrescentou. Esta é a primeira vez que a Coreia do Norte fala abertamente sobre o Pukguksong-2.

As resoluções da ONU proíbem a Coreia do Norte de implementar programas nucleares ou balísticos. Desde o primeiro teste, em 2006, o regime já foi alvo de seis rodadas de sanções que não alteraram os planos do regime em abandonar suas ambições militares.

Em 2016, a Coreia do Norte fez dois testes nucleares e lançou cerca de vinte mísseis balísticos.

Brasil fora do alcance

Os mísseis balísticos norte-coreanos, capazes de transportar ogivas nucleares, têm um alcance de até 10.000 km, podendo atingir a maior parte dos países da Ásia, América do Norte e Europa.

(dr) RT

Alcance dos mísseis balísticos da Coreia do Norte

Alcance dos mísseis balísticos da Coreia do Norte

Os mísseis norte-coreanos são capazes de atingir todo o território do Japão, da Coreia do Sul, da Rússia e da China, e cobrem metade do território norte-americano.

A América do Sul é o único continente que está completamente fora do alcance das armas balísticas da Coreia do Norte.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Vão ter que mudar", diz Greta sobre Bolsonaro e Trump em retorno à Europa

A ativista chegou em Lisboa na tarde desta terça-feira (3), 21 dias depois de sair dos EUA a bordo de um veleiro. A jovem sueca retorna à Europa para participar da COP 25, a conferência …

Museu decide comprar apenas obras de mulheres por um ano por reparação histórica

Para se transformar a velha normalidade repleta de preconceitos, violências e desigualdades embutidas é preciso atitudes efetivas e concretamente transformadoras. Da mesma forma que a dívida histórica racial deve ser reparada não somente no discurso, mas …

Black Friday no Brasil superou a dos EUA nos apps de compras, segundo estudo

Neste ano, a Black Friday fez a sua marca entre as compras dos brasileiros. O próprio Canaltech fez uma cobertura muito especial em torno da Black Friday deste ano.Importada dos EUA, a tradição está mesmo …

Para acalmar a crise, presidente chileno propõe ajuda de R$ 520 para 1 milhão de famílias

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, propôs nesta terça-feira (3) a criação de um bônus de 100.000 pesos chilenos (cerca de R$ 520), que serão distribuídos para 1,3 milhão de famílias. O objetivo da medida, …

Anvisa dá aval à venda de maconha medicinal em farmácias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (03/12) um novo marco regulatório para o registro e venda de produtos à base de cannabis em farmácias no país, tornando o Brasil a nação …

Visitante interestelar pode 'morrer' ao se aproximar do Sol

Um visitante interestelar, observado em nosso Sistema Solar, pode estar próximo de "morrer", isso porque, o 2I/Borisov provavelmente será desintegrado ao se aproximar do Sol. Os cientistas acompanham cada movimento do cometa, que está se aproximando …

Messi e Rapinoe levam o Bola de Ouro

Argentino bate recorde histórico ao ser eleito pela sexta vez o melhor jogador do mundo pela "France Football". Americana é a segunda mulher a receber a premiação na categoria futebol feminino. O atacante argentino Lionel Messi, …

Chuvas já mataram 12 pessoas em dez dias no sul da França

As fortes chuvas que atingiram no domingo (1) a Riviera Francesa (sul) deixaram seis mortos e sérios danos materiais. Temporais de intensidade semelhante ocorridos na semana passada já tinham matado seis pessoas e deixado um desaparecido. …

Butão: o ‘país mais feliz do mundo’ é eleito o ‘melhor lugar para visitar em 2020’

2019 ainda não acabou, mas nós já estamos planejando e sonhando com as viagens que faremos em 2020. Que tal fugir do roteiro óbvio e conhecer um país pouquíssimo explorado? O tradicional e respeitado guia Lonely …

Trump acusa Brasil de desvalorização "maciça" do real e anuncia retaliação

Presidente dos EUA promete impor tarifas sobre importação de aço e alumínio do Brasil e Argentina, acusando-os de desvalorizarem suas moedas de forma "maciça". Bolsonaro diz que vai falar com Trump. O presidente dos Estados Unidos, …