Dinamarca suspende vistos e se torna 1° país europeu a ordenar retorno de refugiados à Síria

A Dinamarca acredita que a situação na província de Damasco se encontra atualmente estabilizada e decidiu suspender as autorizações de residência temporária de várias centenas de sírios. Trata-se do primeiro país europeu a ordenar o retorno dos refugiados sírios. Damasco continua, porém, sob a autoridade do regime ditatorial de Bashar al-Assad, e a fome e a miséria imperam.

A situação na Dinamarca foi recentemente ilustrada publicamente pela história de Aya, uma refugiada síria de 19 anos. Ela é uma “estudante brilhante”, de acordo com o diretor de sua escola, na pequena cidade dinamarquesa de Nyborg. Seus dois irmãos fugiram do serviço militar e obtiveram o status de refugiados na Dinamarca.

Depois de enfrentar pressões e ameaças, o resto da família foi forçado a se juntar a eles na Dinamarca em 2015. No entanto, eles só receberam uma autorização de residência temporária. Há 10 dias, a jovem recebeu um e-mail do escritório de migração dinamarquês informando que a licença expirada não seria renovada.

De acordo com dados do escritório de migração, 170 refugiados sírios teriam perdido sua autorização de residência no ano passado. Entre janeiro e fevereiro de 2012, pelo menos 84 também já estão na mesma situação. Uma mensagem lançada nas redes sociais pelo diretor do colégio Aya, compartilhada 10 mil vezes, tornou público o problema.

Apesar da polêmica, o Ministro dinamarquês da Imigração mantém a sua posição: do seu ponto de vista, não existem grandes incidentes de segurança na região da capital síria. Mas o Conselho Dinamarquês para os Refugiados recorda os graves riscos ainda incorridos pela população sob a autoridade de Bashar al-Assad.

Síria: “Quase 60% da população se pergunta como vai comer amanhã”

Em 2021, as necessidades humanitárias na Síria são absolutamente sem precedentes. Após 10 anos de conflito, a população perdeu suas casas, seus rendimentos, seus entes queridos e até mesmo o país que conheciam que foi destruído.

Infelizmente, após os anos de guerra, os sírios enfrentam uma nova crise, desta vez econômica. Muitas pessoas já não podem pagar uma refeição básica. Isso se deve principalmente à combinação de uma década de conflito, do deslocamento de populações, da alta vertiginosa dos preços dos alimentos e da pandemia de Covid-19.

Novos números do Programa Mundial de Alimentos (PMA) mostram que 12,4 milhões de sírios estão em situação de insegurança alimentar. Quase 60% da população total do país se pergunta como vão se alimentar no dia seguite. Nunca este tipo de situação foi vista antes, mesmo durante os piores anos de conflito.

Atualmente, o PMA fornece ajuda alimentar a 4,8 milhões de pessoas em todo o país, nas 14 províncias sírias.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo de terapia com MDMA é tão poderoso que 67% dos voluntários foram curados de trauma

Um teste clínico em humanos inovador alcançou resultados extremamente estatisticamente significativos e uma excelente taxa de segurança, demonstrando que a terapia psicodélica assistida por MDMA pode ser um tratamento eficaz para transtorno de estresse pós-traumático …

Bolsonaro diz que pessoas que cumprem isolamento são "idiotas"

Presidente critica apelos para que brasileiros restrinjam os contatos sociais em meio à pandemia, que já provocou 435 mil mortes no país. "Tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa", diz. O Presidente Jair Bolsonaro …

EUA vão fornecer 20 milhões de vacinas contra Covid-19 para outros países

Os Estados Unidos fornecerão 20 milhões de doses adicionais de vacinas contra a Covid-19 para outros países até o final de junho, elevando o total destinado ao exterior para 80 milhões de doses. O …

Demi Lovato vai comandar programa de TV investigativo sobre OVNIs

A atriz e cantora Demi Lovato está prestes a se aventurar em um desafio de outro mundo. A artista anunciou na última semana a sua participação em uma série limitada para a plataforma de streaming …

CPI da Covid: como 'isolamento vertical' pode virar arma contra Bolsonaro

Uma das linhas de investigação da CPI da Covid apura se o governo federal adotou a estratégia da imunidade de rebanho, ou seja, a obtenção da imunidade coletiva por meio da infecção da população, no …

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …