Direito ao aborto no Brasil será debatido em agosto; saiba mais sobre a polêmica no país

Fernando Frazão / ABr

Mulheres defendem legalização do aborto

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou nesta quinta-feira (14) por 129 votos a favor, 125 contra e 1 abstenção o projeto de lei que descriminaliza o aborto, em uma sessão histórica que durou cerca de 22 horas e meia.

No Brasil, o tema será debatido nos dias 3 e 6 de agosto em audiência pública convocada pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber. Os debates deverão auxiliar a ministra na elaboração de seu voto sobre a questão, que ainda não tem data para ser julgada.

Rosa Weber é relatora de uma ação protocolada no ano passado, na qual o PSOL questiona a constitucionalidade de artigos do Código Penal que preveem pena de prisão para mulheres que cometem aborto nos casos não autorizados por lei.

Atualmente, o aborto só é permitido em caso de estupro, fetos anencéfalos ou para salvar a vida da gestante.

Em 2016, por maioria de votos, a Primeira Turma do STF decidiu descriminalizar o aborto no primeiro trimestre da gravidez. Seguindo voto do ministro Luís Roberto Barroso, o colegiado entendeu que são inconstitucionais os artigos do Código Penal que criminalizam o aborto.

O entendimento, no entanto, valeu apenas para um caso concreto julgado pelo grupo. A decisão da Turma foi tomada com base no voto do ministro Barroso.

Para o ministro, a criminalização do aborto nos três primeiros meses da gestação viola os direitos sexuais e reprodutivos da mulher, o direito à autonomia de fazer suas escolhas e o direito à integridade física e psíquica.

Congresso

No Congresso Nacional, no ano passado, causou polêmica a proposta de emenda à Constituição (PEC) 181/2015 que pode abrir a possibilidade de proibir todas as formas de aborto no país, inclusive dos casos considerados legais. Houve mobilização da sociedade contra a proposta.

A PEC 181 tratava inicialmente da ampliação da licença-maternidade para mães com bebês prematuros. Por 18 votos a um, a comissão especial da Câmara que debatia o tema aprovou o parecer do relator, favorável à extensão da licença.

No entanto, o relator, deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP), acrescentou uma mudança no texto: de que os direitos constitucionais da dignidade da pessoa humana, da inviolabilidade da vida e igualdade de todos perante a lei devem ser considerados “desde a concepção”, e não somente após o nascimento.

Para partidos de oposição e integrantes do movimento femininista, a mudança foi uma manobra das bancadas evangélica e católica para reforçar a proibição do aborto no país. O texto ainda tramita no Congresso.

Ciberia // Agência Brasil

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Eleição na Bolívia: Resultados parciais indicam 2º turno inédito entre Evo Morales e Carlos Mesa

Com quase 90% dos votos contabilizados, resultados parciais da eleição realizada neste domingo na Bolívia indicam que o atual presidente Evo Morales não teve votos suficientes para garantir já sua vitória, caminhando para disputar com …

Voo mais longo e sem escalas da história pousou em Sydney

O voo mais longo e sem escalas da história pousou nesse domingo (20) em Sydney, 19 horas e 16 minutos após a decolagem, em Nova York. Foi um teste da companhia australiana Qantas, que pretende …

Governo brasileiro publica lei que agiliza venda de bens do tráfico de drogas

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 13886/19, que pretende acelerar a destinação de bens apreendidos ou sequestrados que tenham vinculação com o tráfico ilícito de drogas. Essa lei, que converte a Medida Provisória nº 885, …

Criaram uma bebida com probióticos geneticamente modificados para prevenir ressacas

Beber moderadamente pode ser garantia de uma noite especialmente divertida, mas quem se aventura pelos bares da vida sabe que basta um pequeno erro de cálculo ou deslize nos preparativos – como, por exemplo, esquecer …

Manifestantes desafiam proibição em Hong Kong

Milhares voltam às ruas, apesar de governo ter proibido protestos na região semiautônoma, e são recebidos com jatos d'água e gás lacrimogêneo. Há quatro meses, colônia britânica atravessa a sua maior crise política. Milhares de manifestantes …

Brexit pode causar ao Brasil perdas anuais de exportações de mais de US$ 700 milhões

Nas próximas semanas, empresários e exportadores brasileiros deverão acompanhar com grande atenção os capítulos finais da novela do Brexit, como é chamada a saída do Reino Unido da União Europeia. Isso por que, a depender de …

Motivos de artrópodes se moverem em fila indiana há 480 anos são revelados

Um novo estudo revela que os fósseis de artrópodes descobertos em fila podem indicar um comportamento coletivo devido a fatores ambientais. O estudo publicado pela revista Scientific Reports sugere que o comportamento em grupo de trilobitas …

Arqueólogos encontram 20 sarcófagos de madeira perto de Luxor

Arqueólogos encontraram mais de 20 caixões antigos de madeira, ainda coloridos, na necrópole de Asasif, em Tebas, na margem oeste do rio Nilo, próximos à cidade de Luxor, no Egito. Os caixões estavam posicionados em duas …

Mão robótica aprendeu sozinha como solucionar o cubo de Rubik

Provavelmente você já deve ter passado pelo desafio de deixar o cubo de Rubik, mais conhecido como cubo magico, com as cores das faces iguais. Saiba que uma mão robótica conseguiu resolver teste desafio sozinha. Provavelmente …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

O Palácio do Planalto decidiu deixar em suspenso a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, para assumir a embaixada brasileira nos Estados Unidos, em meio a uma crise política …