E a pior apresentação de sempre do Oscar foi…

A edição de 1989 da cerimônia do Oscar foi definida até como “uma vergonha para a Academia e para toda a indústria cinematográfica”, na época, e ficou conhecida até hoje como a pior apresentação do Oscar de sempre.

A cerimônia do Oscar de 1989 começava com uma atriz vestida de Branca de Neve, perguntando “Para onde é o teatro do Oscar?”.

O colunista Army Archerd, que apresentava o tapete vermelho, respondia: “Só siga as estrelas de Hollywood!” e, imediatamente depois da resposta, pessoas vestidas de estrelas gigantes feitas de papelão começaram a correr e dançar em direção ao palco da premiação. E com essa piada enfadonha tinha início aquela que seria conhecida para sempre como “a pior apresentação da história do Oscar”.

A edição de 1989 não teve um host. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas chamou o produtor veterano da Broadway, Allan Carr, para organizar o Oscar. Mas os doze minutos que vieram após a tal pergunta da Branca de Neve foram tão ruins que quase afundaram a carreira de Carr.

A edição de 2019 será a primeira desde a desastrosa apresentação com a Branca de Neve que o Oscar não terá um mestre de cerimônias. Nos últimos 30 anos tivemos comediantes, atores, músicos e todo tipo de personalidades do showbiz comandando a premiação. Mas, dessa vez, ninguém quis o trabalho.

The Rock foi chamado e não tinha espaço na agenda; Stephen Colbert e James Corden foram impedidos por terem contrato com emissoras diferentes. Jerry Seinfeld, Oprah e Julia Louis-Dreyfus recusaram a proposta da Academia.

Já nomes ácidos como Bill Maher e John Oliver nem foram chamados: foram riscados da lista de possibilidades por serem polêmicos demais.

Ninguém quis assumir o manto pois, desde que Ellen DeGeneres tirou aquela famosa selfie em 2014, a audiência do Oscar só cai.  Em 4 anos, 17 milhões de americanos desistiram de ligar suas televisões naquele domingo de noite, revelam dados da Nielsen.

A responsabilidade de apresentar o 91º Oscar ficou para Kevin Hart, que virou refém de seus próprios comentários ofensivos feitos há quase uma década. As críticas as declarações fizeram com que Hart e a Academia revogassem o contrato e o Oscar ficasse sem um apresentador oficial. De mãos atadas, a organização não teve escolha senão tocar a cerimônia sem um grande nome no comando.

A decisão de manter o Oscar sem host é arriscada: nas 90 apresentações do prêmio, só cinco foram feitas sem apresentador. A primeira vez foi em 1939, na 11ª edição: a cobertura radiofônica foi proibida na época e os prêmios entregues por vários atores e produtores. De 1969 a 1973, uma época de transição de rádio para TV, os produtores ainda não sabiam como fazer uma transmissão exclusivamente visual.

E retornamos à edição de 1989: a fatídica cerimônia com a princesa Disney — que não contava com a autorização da Disney, vale ressaltar.

A entrada com estrelas espalhafatosas não foi o único momento desastroso daquela noite de 29 de março de 1989. Nesse mesmo dia, a performance da música “The Stars of Tomorrow” colocava atores em ascensão para cantar uma canção dizendo abertamente que eles gostariam de vencer um Oscar.

O recado era claro: aquelas eram as apostas da Academia para vencer o prêmio nos anos seguintes. Entre os atores cantando estavam Corey Feldman, Christian Slater e Ricki Lake. Nenhuma das tais “Estrelas do Amanhã” jamais ganhou um Oscar.

Veja abaixo a apresentação de “The Stars of Tomorrow”:

Na manhã seguinte da trágica apresentação, 17 ícones de Hollywood — entre eles a diva Julie Andrews assinaram uma carta chamando a apresentação de “uma vergonha para a Academia e para toda a indústria cinematográfica”.

O próprio ator que aceitou contracenar com a Branca de Neve, Rob Lowe, classificou a performance como “um grande erro” em entrevista recente ao New York Times. Mas mesmo com esse show de horrores na abertura, aquela foi a maior audiência do Oscar durante cinco anos — até ser desbancado em 1973.

Oscar 2019

Para a edição de 2019, a ideia da Academia foi selecionar vários nomes famosos em Hollywood para comandar pequenos segmentos do show. Diferente de anos anteriores, a maior premiação do cinema deve começar sem um grande monólogo cheio de piadas políticas.

Ao que sabemos, a ideia é rechear a cerimônia de esquetes de comédia e apresentações musicais das canções indicadas ao Oscar — se aproveitando de um ano especialmente prolixo para músicas originais no cinema.

Lady Gaga brilhou com Nasce uma Estrela, Mary Poppins retornou com adoração do público e o rapper Kendrick Lamar fez a elogiada trilha sonora de Pantera Negra. A Academia pretende agendar todas essas grandes estrelas para performar no Dolby Theater e trazer um pouco de diversão no meio do anúncio dos vitoriosos.

A cerimônia oficial acontece em 24 de fevereiro de 2019.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Asteroide Psyche poderia ser núcleo de planeta que não se formou, dizem cientistas

Cientistas examinaram um asteroide que deve ser visitado por uma missão da NASA em 2022, encontrando provas que suas propriedades atraíram sucessão de outros asteroides. Após realizar diversas simulações em 2D e 3D usando um supercomputador, …

Essa “formiga-diabo” pré-histórica ataca sua presa há 99 milhões de anos

Uma linhagem extinta há tempos, nomeada afetuosamente de “formiga do inferno” ou “formiga-diabo”, foi encontrada presa em âmbar há 99 milhões de anos atrás, com sua mandíbula em formato de foice agarrada firme na presa. No …

Mataram um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros depois de 50 anos de perseguição

Notícia triste para quem luta pela preservação do meio ambiente. Conhecido como Demônio, um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros, que segundo moradores aterrorizava vilarejos na ilhas Bangka Belitung (Indonésia), foi morto na semana …

China diz que encontrou traços de coronavírus em frango brasileiro

Carga de asas de frango que chegou a Shenzhen, no sul do país asiático, foi confiscada. Funcionários da alfândega que entraram em contato com alimentos foram testados, mas exames deram negativo. Traços do novo coronavírus foram …

Vacinação em SP começa em janeiro, segundo diretor do Butantan

Com a pandemia, inúmeras empresas estão dedicadas ao desenvolvimento de uma vacina que possa ajudar na luta contra a COVID-19. Nesta quarta-feira (12), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, afirmou que o estado …

Descoberto "Stonehenge de madeira" de 4.500 anos em Portugal

A estrutura de madeira achada é a "única na pré-história da Península Ibérica", explicou o arqueólogo que lidera as escavações. Durante uma escavação no sítio arqueológico de Perdigões, arqueólogos descobriram uma estrutura para fins cerimoniais de …

Coronavírus reaparece na "protegida" Nova Zelândia e gera alerta

A detecção de quatro casos de transmissão local do novo coronavírus, depois de mais de 100 dias sem o vírus, levou as autoridades da Nova Zelândia a restaurar a quarentena em Auckland, cidade mais populosa …

Viagem aos anos 90: Airbnb abrirá reservas para pernoites na última Blockbuster

Quem viveu o boom das locadoras nos anos 90 sabe que ir até uma Blockbuster ou redes semelhantes de VHS e DVDs era um verdadeiro programa de final de semana: a experiência de assistir a …

Joe Biden escolhe Kamala Harris como candidata a vice

Senadora eleita pela Califórnia pode se tornar a primeira mulher vice-presidente dos Estados Unidos, caso chapa democrata derrote Donald Trump em eleição de novembro. O candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta terça-feira …

Bilionários do Vale do Silício apostam em bunkers para vencer fim do mundo

Esqueça a vida no espaço: bilionários do Vale do Silício estão se preparando para o apocalipse comprando bunkers. A parte mais abastada da população mundial tem se mostrado interessada em adquirir “buracos na terra” equipados para …