Esqueletos de soldados esmagados por Napoleão são encontrados na Áustria

(dr) Novetus

Alguns dos esqueletos encontrados, na Áustria, dos soldados da Batalha de Wagram

Debaixo dos campos agrícolas de uma pequena cidade a nordeste de Viena, na Áustria, foram encontrados vestígios de uma das maiores batalhas travadas por Napoleão Bonaparte.

De acordo com as estimativas, 55 mil soldados morreram quando as tropas de Napoleão entraram em confronto com o exército austríaco na Batalha de Wagram, entre 5 e 6 de julho de 1809. Muitos foram diretamente enterrados no local e, pela primeira vez, uma equipe de arqueólogos escava o campo de batalha, escreve o Live Science.

Os pesquisadores mapeiam as valas comuns, bem como as milhares de balas e itens pessoais que foram deixados no campo, esperando assim ter uma visão mais detalhada do desfecho da batalha. Eles também examinam os ossos dos soldados, descobrindo o quão pouco saudáveis muitos deles estavam antes de morrerem na guerra.

As escavações começaram porque a autoridade rodoviária da Áustria (ASFINAG) está construindo uma rodovia, que se estende do leste de Viena até a fronteira com a Eslováquia, e a rota planejada passa por Deutsch-Wagram, município onde foram encontrados os vestígios da batalha.

Para cumprir as leis de patrimônio cultural, a ASFINAG teve que levar arqueólogos até o local para procurar qualquer vestígio histórico que pudessem ser destruídos ou encobertos pela nova estrada.

“Sempre soubemos que esse campo de batalha estava aqui, mas não havia nenhuma pesquisa planejada ou focada nele”, disse o arqueólogo Alexander Stagl, diretor executivo da Novetus, uma empresa de gestão de recursos culturais em Viena, que ganhou o contrato para as escavações. “Estamos no local da batalha e esta é a razão pela qual acho que temos tantas descobertas”, acrescenta.

Muitos dos soldados foram enterrados com suas roupas e, embora tenham se desintegrado com o tempo, os botões de metal “sobreviveram”. Os objetos podem mostrar aos arqueólogos as fileiras e nacionalidades dessas pessoas.

Slawomir Konik, o arqueólogo responsável pelas escavações, acredita que a equipe encontrou um oficial francês e, eventualmente, poderá ser possível identificá-lo pelo nome.

Mas a equipe não está apenas interessada nos oficiais. Hannah Grabmayer, da Novetus, e Michaela Binder, do Instituto Arqueológico Austríaco, conduzem um estudo antropológico dos restos mortais encontrados.

“Há, obviamente, muitos traumatismos que são impressionantes”, disse Binder, em declarações ao mesmo site. “Mas o que é realmente interessante é aprender como os soldados viviam”.

Dos 50 esqueletos encontrados até agora, a maioria dos indivíduos eram homens jovens entre 16 e 30 anos, com deficiências de vitamina C, inflamação das articulações provocadas pelas longas marchas carregando objetos pesados e doenças como pneumonia, que teriam se espalhado facilmente devido às condições do acampamento militar.

A equipe explora a zona desde março de 2017, estimando vá continuar as escavações até o fim do ano. Trata-se de um projeto caro e de grandes dimensões. Por exemplo, um dos locais cobre uma área do tamanho de 27 campos de futebol.

A ASFINAG reservou 3 milhões de euros para o projeto, com metade do dinheiro para os agricultores cujas terras terão de ser alugadas para a escavação.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Chinesa acorda com problema auditivo e deixa de conseguir ouvir homens

Da noite para o dia, uma chinesa deixou de conseguir ouvir vozes masculinas. Embora possa parecer invejável para alguns, a perda auditiva pode ter sérias repercussões médicas. A chinesa, identificada apenas pelo apelido Chen, se deitou …

Oásis egípcio escondia tumbas da era romana

Dois túmulos da época romana foram encontrados no complexo arqueológico de Beir Al-Shaghala, no oásis egípcio de Dakhla, anunciou esta semana o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mostafa Waziri. Construídos com diferentes estilos arquitetônicos e …

60% das espécies de café estão em risco de extinção

Pela primeira vez, o café integra a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza como espécie em vias de extinção. De acordo com um estudo publicado esta semana nas revistas ScienceAdvances e Global Change Biology, 60% …

Pela felicidade dos professores, escola cria “licença do amor”

A escola de ensino médio de Dinglan, localizada na cidade chinesa de Hangzhou, apresentou esta semana a “licença do amor”, que visa melhorar o humor dos professores e, consequentemente, o trabalho com os alunos. Segundo relata …

Parte da Antártida está encolhendo (e não deveria)

Quando os cientistas falam sobre o derretimento da Antártida, geralmente se referem à Antártida Ocidental, onde gigantescos glaciares costeiros derramam grandes quantidades de água. Mas, do outro lado das montanhas transantárticas a leste, há um manto …

Estátua de diabo “alegre demais” gera polêmica na Espanha

Uma estátua que representa o diabo foi criticada por ser “alegre demais” pelos moradores da cidade de Segóvia, na Espanha. A escultura de bronze, que ainda não foi instalada, foi criada em homenagem a uma lenda …

Deputada britânica adiou o parto para votar contra o acordo do Brexit

Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do segundo filho para poder votar contra o acordo do Brexit. A deputada trabalhista chegou ao Parlamento em uma cadeira de rodas. Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do filho por …

Sorveteria em Florença cobra R$ 106 de turista por uma bola de sorvete

Uma sorveteria cobrou 25 euros (cerca de R$ 106) por um sorvete a um turista de Taiwan. Indignado, o turista reclamou ao guia que o acompanhava, que chamou a polícia. O estabelecimento foi multado em …

McDonald’s perde direitos do Big Mac para cadeia de fast food irlandesa

A irlandesa Supermac’s conseguiu uma vitória histórica: o Big Mac deixa de ser uma marca registrada na Europa. Mas a decisão ainda é passível de recurso. “É o fim do McBully”, disse Pat McDonagh, que recebeu …

Disco de gelo giratório gigantesco "invade" rio no Maine

Um enorme círculo de gelo giratório se formou esta semana no rio de Presumpscot, na cidade de Westbrook, no estado norte-americano do Maine. Esse disco bizarro, ainda que raro, é um fenômeno natural fruto da Física. …