Arqueólogos descobrem restos de uma terrível batalha da Idade do Ferro

(dr) Ejvind Hertz / Museum Skanderborg

Restos mortais da terrível batalha da Idade do Ferro em Alken Enge, na Dinamarca

Os arqueólogos ainda não sabem ao certo o que aconteceu nessa batalha, na Dinamarca, que ocorreu há 2 mil anos. Mas uma coisa é certa: foi violenta.

Uma equipe de arqueólogos apresentou recentemente, em um estudo publicado nos Proceedings of the National Academy os Sciences (PNAS), suas descobertas sobre uma das mais espetaculares escavações arqueológicas em Alken Enge, na Dinamarca.

A vala comum encontrada contém os restos mortais de uma batalha, que ocorreu há 2 mil anos, onde crianças de 13 anos lutaram ao lado de homens adultos e onde os mortos foram deixados e comidos por animais famintos, informa o Science Nordic.

Até agora, os cientistas descobriram 2.095 ossos e fragmentos. No entanto, como ainda não exploraram toda a zona arqueológica, acreditam que ainda estão por encontrar entre 380 e 1.000 restos mortais.

As análises de radiocarbono mostram que todos os ossos encontrados pertencem a um grande evento do início do primeiro século, período em que houve um aumento significativo da violência em toda a Europa.

A equipe está confiante de que a batalha não foi entre romanos e tribos germânicas e de que “não são pessoas provenientes do sul da Europa”. “Simplesmente ainda não sabemos”, afirma Ejvind Hertz, arqueólogo do Museu Skanderborg e coautor do estudo.

Contudo, os restos mortais contam uma história única sobre as estruturas da Idade do Ferro, considera a arqueóloga Katrine Balsgaard Juul, pesquisadora do Museu Vejle, mas que não participou do estudo.

“Estamos sempre interessados em descobrir como passamos de pequenas origens para uma estrutura mais formal ou até mesmo um estado. Alken nos mostra que, nessa época, havia uma forma de organização em grandes regiões geográficas”, explica.

Para construir um exército capaz de partir para a batalha, Juul acredita que seriam precisas várias aldeias, que consistiam em três ou cinco casas, com entre oito e 15 pessoas – homens, mulheres e crianças. Isso significa que seriam entre 24 a 75 pessoas por aldeia, cerca de metade dos quais seriam homens ou rapazes (os potenciais guerreiros).

A maioria dos restos mortais encontrados indica que os guerreiros teriam idades entre 20 e 40 anos e apenas cerca de 5% teriam menos de 20. No entanto, os ossos encontrados mostram que os soldados mais novos tinham apenas 13 anos.

A pesquisa também revelou detalhes sobre os ferimentos sofridos pelos homens. Alguns ocorreram durante a batalha, outros depois, e poderiam estar ligados a rituais de sacrifício.

Foram encontrados crânios esmagados e sulcos profundos no interior dos ossos pélvicos. “Quase nenhum dos ossos mostrou sinais de fraturas prévias, o que significa que estes homens provavelmente nunca tinham visto a guerra anteriormente“, diz Hertz.

Segundo os cientistas, os mortos teriam sido deixados no campo de batalha e por lá ficaram, tendo sido devorados por animais e acabando por entrar em decomposição. Depois da batalha, a população teria ficado muito dispersa e o que antes teriam sido terras cultivadas passou a ser floresta.

Alken Enge é um “sonho” para qualquer arqueólogo, sobretudo, porque ainda há muitas coisas para se descobrir e muitas perguntas para responder. “Este local é único. É a experiência de uma vida para qualquer arqueólogo ter a oportunidade de fazer parte desta escavação”, conclui Hertz.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …