Filipinas declara epidemia nacional de dengue após 622 mortes

O governo das Filipinas declarou nesta terça-feira uma epidemia nacional por dengue devido à rápida propagação da doença em diferentes regiões, com 622 mortes registradas neste ano.

Entre 1º de janeiro e 20 de julho foram contabilizados 146.062 casos, o dobro do mesmo período no ano anterior, segundo dados oficiais divulgados após uma reunião de emergência entre todas as agências governamentais envolvidas para conter a epidemia.

“É importante que seja declarada uma epidemia nacional para identificar onde são necessárias respostas localizadas e permitir que os governos locais utilizem o fundo de resposta rápida para lidar com a situação”, anunciou em entrevista coletiva o secretário de Saúde, Francisco Duque.

Sete regiões do país (Calabarzon, Mimaropa, Bicol, Bisayas ocidental, Bisayas oriental, Zamboanga e Mindanao do Norte) – situadas majoritariamente no centro das Filipinas – já excederam o as estimativas epidemiológicas, enquanto outras três (Ilocos, Bisayas Central e Bangsamoro) alcançaram o nível de alerta.

No entanto, o número de casos aumenta em todo o país por conta das chuvas. A água parada é o ambiente propício para a reprodução do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença.

O secretário de Defesa, Delfin Lorenzana, explicou que embora a situação seja grave, ainda não foi declarada uma “emergência nacional” ou “estado de calamidade” porque ainda há áreas do país, como Manila, onde os números de contágio são baixos.

“Depende dos governos provinciais ou locais declarar a emergência ou o estado de calamidade”, afirmou Lorenzana, embora no início de julho já tenha sido declarado o nível de alerta em escala nacional.

A epidemia de dengue reacendeu o debate sobre o uso da Dengvaxia, uma vacina contra a doença que foi aplicada em mais de um milhão de filipinos em uma intensa campanha de imunização entre 2016 e 2017, sobretudo em escolas.

Em novembro de 2017, o governo filipino paralisou o uso dessa vacina depois que a fabricante, a farmacêutica francesa Sanofi, admitiu que o produto tinha efeitos adversos.

O caso se tornou um escândalo de saúde depois da morte de várias crianças imunizadas, mas não foi possível provar a relação direta da Dengvaxia com essas mortes.

Diante da gravidade do atual surto de dengue, vários médicos e pesquisadores defenderam o uso da vacina e o próprio porta-voz presidencial, Salvador Panelo, afirmou durante o fim de semana que o governo vai analisar “exaustiva e extensamente” a possível retomada do programa de imunização com Dengvaxia.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Novo vírus infecto-contagioso explode na China e outros países já estão em alerta

O misterioso vírus que surgiu na China nos últimos dias de 2019 acaba de chegar aos Estados Unidos. As autoridades americanas confirmaram que um homem vindo da China está infectado com o vírus, que é …

Davos assiste choque entre Greta Thunberg e Trump sobre o clima

A 50ª edição do Fórum Econômico Mundial de Davos começou nesta terça-feira (21) na Suíça dominada pelos debates sobre as mudanças climáticas. Pelo segundo ano consecutivo, a jovem ativista sueca Greta Thunberg foi convidada a …

China proibirá plástico não biodegradável

País asiático quer reduzir o uso de produtos como talheres e sacolas descartáveis em 30% até 2025. Plano prevê proibições escalonadas em hotéis, restaurantes e serviços de entrega do comércio eletrônico em áreas urbanas. As autoridades …

Inteligência artificial está sendo usada para combater extinção de pinguins

Uma tecnologia de inteligência artificial está sendo determinante no combate à extinção de pinguins no mundo. A ferramenta está sendo utilizada pela Gramener, empresa membro Intel AI Builder, que, a partir de imagens de regiões …

Criaram um escape room baseado em La Casa de Papel

As empresas Fever Originals, Atresmedia e Enigma Exprés criaram um escape room na Espanha baseado em “La Casa de Papel“. Mais de 80 mil pessoas participaram da primeira temporada do desafio. Vestidos com os uniformes e …

Guaidó desafia proibição de deixar Venezuela e inicia giro internacional em busca de apoio

O opositor venezuelano Juan Guaidó voltou a desafiar a proibição de deixar o país. O autoproclamado presidente interino viajou para a Colômbia, antes de seguir para Bélgica e Suíça. Ele pretende participar do Fórum …

FMI prevê melhora para economia brasileira, apesar da redução do crescimento mundial

O Fundo Monetário Internacional reduziu nesta segunda-feira (20) sua expectativa de crescimento global para este ano. A instituição é mais otimista sobre a situação do Brasil, que deve crescer nos próximos anos. O FMI disse …

Harry diz estar triste por deixar deveres reais

O príncipe Harry falou neste domingo (19/01) de sua tristeza por ser obrigado a desistir de seus deveres reais em um acordo com a família real britânica, dizendo não haver outra opção se ele e …

Ultrassom destrói células cancerosas

Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia e do Instituto de Pesquisa Beckman da Cidade da Esperança desenvolveram uma técnica de ultrassom direcionado de baixa intensidade que mata células cancerígenas sem afetar as células saudáveis …

Robôs são maior ameaça à humanidade que mudança climática, segundo especialista

Especialista em inteligência artificial acredita que robôs podem ser hackeados por terroristas, além de outros problemas, tornando-os potencialmente perigosos para o homem. Se por um lado a tecnologia pode ajudar o homem em suas tarefas do …