Filipinas declara epidemia nacional de dengue após 622 mortes

O governo das Filipinas declarou nesta terça-feira uma epidemia nacional por dengue devido à rápida propagação da doença em diferentes regiões, com 622 mortes registradas neste ano.

Entre 1º de janeiro e 20 de julho foram contabilizados 146.062 casos, o dobro do mesmo período no ano anterior, segundo dados oficiais divulgados após uma reunião de emergência entre todas as agências governamentais envolvidas para conter a epidemia.

“É importante que seja declarada uma epidemia nacional para identificar onde são necessárias respostas localizadas e permitir que os governos locais utilizem o fundo de resposta rápida para lidar com a situação”, anunciou em entrevista coletiva o secretário de Saúde, Francisco Duque.

Sete regiões do país (Calabarzon, Mimaropa, Bicol, Bisayas ocidental, Bisayas oriental, Zamboanga e Mindanao do Norte) – situadas majoritariamente no centro das Filipinas – já excederam o as estimativas epidemiológicas, enquanto outras três (Ilocos, Bisayas Central e Bangsamoro) alcançaram o nível de alerta.

No entanto, o número de casos aumenta em todo o país por conta das chuvas. A água parada é o ambiente propício para a reprodução do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença.

O secretário de Defesa, Delfin Lorenzana, explicou que embora a situação seja grave, ainda não foi declarada uma “emergência nacional” ou “estado de calamidade” porque ainda há áreas do país, como Manila, onde os números de contágio são baixos.

“Depende dos governos provinciais ou locais declarar a emergência ou o estado de calamidade”, afirmou Lorenzana, embora no início de julho já tenha sido declarado o nível de alerta em escala nacional.

A epidemia de dengue reacendeu o debate sobre o uso da Dengvaxia, uma vacina contra a doença que foi aplicada em mais de um milhão de filipinos em uma intensa campanha de imunização entre 2016 e 2017, sobretudo em escolas.

Em novembro de 2017, o governo filipino paralisou o uso dessa vacina depois que a fabricante, a farmacêutica francesa Sanofi, admitiu que o produto tinha efeitos adversos.

O caso se tornou um escândalo de saúde depois da morte de várias crianças imunizadas, mas não foi possível provar a relação direta da Dengvaxia com essas mortes.

Diante da gravidade do atual surto de dengue, vários médicos e pesquisadores defenderam o uso da vacina e o próprio porta-voz presidencial, Salvador Panelo, afirmou durante o fim de semana que o governo vai analisar “exaustiva e extensamente” a possível retomada do programa de imunização com Dengvaxia.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …