OMS declara emergência internacional no Congo devido a ebola

Martine Perret / ONU

Caso registrado numa das maiores cidades do país acende alerta da Organização Mundial de Saúde. Epidemia já deixou mais de 1,6 mil mortos em menos de um ano.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou nesta quarta-feira na República Democrática do Congo estado de emergência internacional devido ao surto de ebola que atinge o país. A designação é rara e usada apenas em casos de epidemias graves.

O surto de ebola no Congo é o segundo mais mortal já registrado no mundo e, apesar de ter sido contido em regiões remotas, a confirmação de um caso na cidade de Goma, no leste do país, nesta semana, preocupou especialistas.

“É o momento de a comunidade internacional se solidarizar com o povo do Congo, não de impor medidas punitivas e restrições contraproducentes que só servirão para isolar o país”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, após a reunião do Comitê de Emergência da organização.

O atual surto de ebola começou há quase um ano e já deixou mais de 1,6 mil mortos. No início desta semana, foi registrado um caso em Goma, a cidade mais povoada do país, e localizada a 20 quilômetros da fronteira com Ruanda, o que aumenta o risco de uma propagação da epidemia.

Segundo Tedros, a cidade é a porta de entrada para a região dos Grandes Lagos Africanos e para o resto do mundo. O paciente de Goma foi identificado como um pastor evangélico que viajou para Butembo, uma das cidades mais atingidas pela recente epidemia. Ele teria tocado em vários pacientes com ebola e o ocultou sua identidade para evitar exames de saúde durante sua volta para Goma.

“Há sinais preocupantes de uma possível expansão da epidemia. Apesar da melhora significativa em muitos lugares, há uma preocupação com a potencial disseminação em Goma”, esclareceu o Comitê de Emergência da OMS. Há atualmente 22 casos suspeitos da doença na cidade e nenhum tem relação direta com o do pastor, que morreu.

A avaliação da OMS indica que o risco de a epidemia continuar a se espalhar no Congo e “permanece muito alto”, mas o risco de se expandir para fora dessa região “permanece baixo”, acrescentou Tedros.

Cerca de 12 novos casos de ebola são registrados por dia na região. Este surto é o segundo mais mortífero da história, apenas ultrapassado pela epidemia que entre 2014 e 2016 atingiu a África Ocidental e que matou mais de 11,3 mil pessoas.

Países vizinhos do Congo, como Sudão do Sul, Uganda, Ruanda e Burundi estão em alerta máximo. A OMS pediu que eles impulsionem as coordenações de risco e melhorem a preparação para detectar casos importados da doença. A organização destacou que o fechamento das fronteiras pode piorar a crise, ao levar pessoas a atravessarem por rotas clandestinas e sem controle.

De acordo com as diretrizes da OMS, a declaração de estado de emergência internacional traz implicações para a saúde pública além das fronteiras nacionais e permite a realização de ações internacionais imediatas com a liberação de mais recursos para combater o surto.

Essa é a quarta vez que a organização declara estado de emergência internacional diante uma epidemia. A primeira vez foi em 2009 com a pandemia da gripe suína. A designação ainda foi usada durante a propagação do poliovírus em 2014, no surto de ebola que devastou partes da África Ocidental entre 2014 e 2016 e na epidemia do vírus da zika em 2016.

A República Democrática do Congo foi atingida nove vezes pelo ebola – a primeira manifestação do vírus no país foi em 1976.

No entanto, trata-se da primeira vez que um surto de ebola ocorre numa zona de conflito. A presença de grupos armados leva ao deslocamento contínuo de centenas de milhares de pessoas que podem ter tido contato com o vírus e dificulta o trabalho de organizações de socorro.

O vírus ebola é transmitido por meio do contato direito com sangue ou fluidos corporais contaminados, causa febre hemorrágica e pode atingir uma taxa de mortalidade de 90% caso não seja tratado a tempo.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

NASA detecta 150 objetos voadores não identificados orbitando a Terra

Para além de qualquer especulação vaga ou teoria da conspiração, os famosos Objetos Voadores Não-Identificados – mais conhecidos como OVNIs – são uma realidade, cada vez mais documentada e tornada publica por agências espaciais como …

Reino Unido aprova vacina da Pfizer para uso já na semana que vem

O governo do Reino Unido anunciou nesta quarta-feira (02/11) a aprovação da vacina para covid-19 produzida em parceria pela Pfizer e pela Biontech e adiantou que ela estará disponível já na próxima semana. O governo comunicou …

Com 14 prêmios no Oscar do turismo, Portugal tenta se reinventar na pandemia de COVID-19

Portugal conquistou 14 prêmios no World Travel Awards 2020, considerado o Oscar do turismo mundial, na noite de sexta-feira (27). Lisboa, Madeira e Algarve foram os destaques como melhores destinos do mundo na premiação, feita …

Um traumatizado veterano SEAL da Marinha dos EUA disse que uma viagem "mágica" de cogumelo pôs fim à sua depressão

Antes de sua primeira viagem guiada de cogumelos “mágicos”, Chad Kuske era prisioneiro de sua própria raiva no trânsito. Se um carro parasse na frente dele, ele ficava consumido pela raiva, ultrapassando todos os veículos em …

Esta espécie rara de uva é maior que um ovo de galinha

Não, as fotos de uvas gigantes (do tamanho de ovos de galinha) não são falsas. Se você passa um tempo considerável na internet, deve ter visto imagens dessas frutas atípicas por aqui. Para a surpresa …

Reino Unido anuncia novas restrições após fim do lockdown para tentar conter segunda onda de covid-19

O Reino Unido sai na próxima semana de um novo lockdown, mas, diante do aumento de casos de covid-19 no país, não entra em um período de flexibilização das medidas de distanciamento social. Nesta quinta-feira (26/11), …

Neandertais podem ter usado as mãos de maneira diferente à dos humanos modernos

Os neandertais podem ter feito um uso diferente das mãos em comparação à forma como os humanos modernos as usam, para eles seria difícil repetir muitos gestos normais para nós hoje em dia. Os dedos do …

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …