Hong Kong registra primeiro caso confirmado de reinfecção por covid-19

Narendra Shrestha / EPA

Paciente, de 33 anos, contraiu novamente o vírus pouco mais de quatro meses depois de ter se recuperado da doença. Descoberta é um revés para defensores da estratégia de imunidade de rebanho.

Um cidadão de Hong Kong, de 33 anos, que havia se recuperado da covid-19 se tornou o primeiro caso documentado no mundo de reinfecção pelo novo coronavírus, anunciaram nesta segunda segunda-feira (24/08) pesquisadores do território autônomo. O paciente foi novamente diagnosticado com a infecção quatro meses e meio após ter se livrado da doença.

Pesquisadores da Universidade de Hong Kong relataram que o homem havia sido considerado curado da doença em abril, mas voltou a apresentar resultado positivo em testes para o coronavírus após retornar de viagem à Espanha no dia 15 de agosto.

Inicialmente, as autoridades de saúde de Hong Kong cogitaram que o homem poderia ser um “portador persistente” do novo coronavírus e que o patógeno teria permanecido em seu organismo durante todo o tempo. Entretanto, os pesquisadores asseguraram que as sequências genéticas das cepas do vírus contraído pelo paciente seriam são “claramente diferentes”.

Segundo os pesquisadores, ele contraiu um coronavírus de cepa diferente da infecção anterior e não apresenta sintomas após a segunda infecção.

A descoberta é considerada um revés para todos que acreditam na estratégia de imunidade de grupo, segundo o próprio estudo. Ela confirmaria ainda temores de que o coronavírus Sars-Cov-2 possa continuar a se espalhar pela população global mesmo entre os que já tiveram a doença.

“Muitos acreditam que os pacientes recuperados da covid-19 têm imunidade contra as reinfecções, em razão de a maioria ter desenvolvido uma resposta baseada em anticorpos neutralizantes no soro”, afirma o estudo da Universidade de Hong Kong.

Os cientistas ressaltaram que já existem provas de que alguns pacientes têm níveis decrescentes de anticorpos, passados poucos meses da primeira infecção. De acordo com os especialistas de Hong Kong, o “Sars-Cov-2 poderia persistir na população humana, como é o caso de outros coronavírus humanos comuns, associados aos resfriados”.

Por esse motivo, os pesquisadores recomendam que os pacientes recuperados da infecção sigam utilizando máscaras e respeitando o distanciamento social e físico. “Já que a imunidade pode ser pouco duradoura, deve se considerar a vacinação também para aqueles que já tenham passado por um episódio de infecção”, diz o estudo.

O resultado, porém, não significa que a vacinação não será eficaz, ressaltou um dos principais autores do estudo. “A imunidade induzida pela vacinação poderá ser diferente das que se originam em infecções naturais. Precisamos aguardar pelos resultados dos testes das vacinas para ver o quanto elas serão eficazes“, acrescentou Kai-Wang.

O estudo da Universidade de Hong Kong já foi aceito pela revista especializada Clinical Infectious Diseases, publicada pela Universidade de Oxford, no Reino Unido. Ao comentar o caso de reinfecção descoberto pelos pesquisadores da província semiautônoma da China, a epidemiologista Maria Van Kerkhove, da Organização Mundial de Saúde (OMS), disse que não se deve tirar conclusões precipitadas do estudo.

Casos de pessoas que haviam sido liberadas pelos hospitais e, mais tarde, voltaram a apresentar resultados positivos em testes, já haviam sido relatados na China continental. Mas, até agora não havia sido comprovado se essas pessoas haviam contraído o vírus novamente após total recuperação – como ocorreu com o paciente de Hong Kong – ou se o coronavírus ainda estava presente no organismo após a infecção inicial.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Esqueletos descobertos podem revelar a história do mais rico pirata da historia, morto há 300 anos

No início do século XVIII, quem mandava nos mares sem lei do Caribe, da América Central e da América do Norte era o grande pirata inglês Samuel Bellamy, imortalizado pelo apelido de “Black Sam”. Um dos …

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …

O estudo que vacinará uma cidade inteira com a Coronavac

Serrana (SP), com 45 mil habitantes, se torna um dos laboratórios mundiais para analisar o coronavírus. Instituto Butantan quer avaliar impacto da imunização em massa na transmissão da covid-19. Wuhan é a cidade onde a pandemia …

Investigação revela terras protegidas da Amazônia à venda no Facebook

Pessoas que invadem e desmatam ilegalmente trechos da Floresta Amazônica estão anunciando as áreas no Facebook em busca de compradores. Uma investigação da BBC encontrou na plataforma dezenas de anúncios em que vendedores negociam pedaços da …

Primeiro ataque militar da era Biden mata pelo menos 17 no leste da Síria

Os Estados Unidos atacaram, nesta quinta-feira (25), infraestruturas utilizadas pelas milícias pro-iranianas no nordeste da Síria, deixando 17 mortos. Esta é a primeira operação militar organizada pelo governo de Joe Biden. A ação é …

Tiranossauros jovens impediram o desenvolvimento de espécies menores, diz estudo

A pesquisa demonstrou que grandes dinossauros, como o T-rex, que cresceram de um pequeno tamanho até se tornarem criaturas enormes, modificaram seus ecossistemas ao competirem com espécies rivais menores. Um estudo publicado nesta sexta-feira (26), no …

UE quer passaporte para vacinados até meio do ano

A União Europeia quer estabelecer um sistema de passaportes para vacinados contra covid-19 ainda antes de suas férias de verão, no meio do ano. O setor turístico é fundamental para várias economias do bloco, sobretudo …

Facebook encerra contas do exército birmanês devido ao recurso à violência

A rede Facebook anunciou hoje em comunicado ter encerrado as contas vinculadas à junta militar birmanesa devido ao uso da "violência mortífera" contra os manifestantes que têm protestado contra o golpe militar perpetrado no …

Malcolm X: carta indica plano do FBI e polícia de NY para assassinar líder negro

Morto em 1965, aos 39 anos, em Nova York, o ativista negro norte-americano Malcolm X não teve, até hoje, o assassinato totalmente esclarecido. Contudo, o surgimento recente de uma carta aponta para uma possível conspiração entre …

NVIDIA e Stefanini anunciam que desenvolverão Inteligência Artificial no Brasil

A Nvidia Enterprise e a Woopi, empresa do Grupo Stefanini focada em Inteligência Artificial (IA) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria para desenvolver soluções de IA e processamento de linguagem natural. E o primeiro projeto …