Índio vive sozinho há 22 anos na Amazônia; e está muito bem, obrigado

Foram registradas novas imagens do índio que vive sozinho há 22 anos, na Amazônia, depois de a comunidade a que pertencia ter sido dizimada em um ataque de fazendeiros.

Segundo a TSF, o índio vive sozinho há 22 anos, caça e planta o que come e conta apenas com a companhia da natureza e dos animais selvagens da Amazônia. As novas imagens desse eremita foram divulgadas, na quarta-feira (18), pela equipe que segue seus passos desde 1996.

O homem, que já deve ter cerca de 50 anos, aparece nas imagens meio nu, cortando uma árvore com um machado e aparenta estar com boa saúde.

“Ele está muito bem, caça, mantém algumas plantações de papaia e milho. Tem boa saúde e está em boa forma física fazendo todos aqueles exercícios”, explica Altair Algayer, coordenador regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) no estado da Rondônia, citado pelo The Guardian.

Conhecido como o “índio do buraco”, os pesquisadores acreditam que se trata do único sobrevivente de uma tribo isolada de seis pessoas que foi dizimada, em 1995, em um ataque de fazendeiros. Foi visto pela primeira vez em 1996 e tem sido monitorado desde então.

De acordo com o jornal britânico, esse homem caça porcos selvagens, pássaros e macacos com recurso a um arco e flecha e armadilhas presas em buracos escondidos cheios de aduelas afiadas de madeira.

A Funai evita o contato direto com grupos isolados e protege a zona desde os anos 90. A reserva indígena de Tanaru foi legalmente criada em 2015.

Geralmente, a organização espalha machados, machetes e sementes tradicionalmente plantadas por povos indígenas para que o homem possa encontrá-las, mas, bem como explica Algayer, claramente não está interessado na nossa sociedade.

“Entendo sua decisão. É um sinal de resistência e dá um pouco de repúdio, ódio, conhecer a história pela qual passou”, acrescenta.

“Esse homem, mesmo perdendo tudo, como o seu povo e uma série de práticas culturais, provou que, mesmo assim, sozinho no meio do mato, é possível sobreviver e resistir do que se aliar à sociedade majoritária. Acredito que esteja muito melhor do que se tivesse feito contato”, pode se ler ainda no site oficial da Funai.

Os especialistas da Funai acreditam que ainda existem 113 tribos isoladas vivendo na Amazônia brasileira, dos quais 27 grupos são confirmados e uma tribo vive fora do Brasil. Há também 15 tribos isoladas no Peru e outras na Bolívia, Equador e Colômbia.

“A ironia é que estamos descobrindo que há mais dessas pessoas isoladas do que pensávamos. Mas também é preocupante que sua cobertura esteja sendo queimada”, diz Fiona Watson, diretora de pesquisa e defesa da Survival International, um grupo sem fins lucrativos que trabalha para proteger os povos indígenas.

“O fato de [o “índio do buraco”] ainda estar vivo nos dá esperança. Ele é o último símbolo desses povos, podemos dizer assim”, conclui.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Olá, Aristides!
      A Funai espalha machados e outros recursos para que ele possa encontrá-los dentro da reserva indígena em que ele vive!
      Apesar de não interessado na nossa sociedade, mesmo uma ajudinha sempre cai bem, não é? 😉

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Aumento do Judiciário compromete orçamento de 13 Estados

Metade dos 26 estados ligou o alerta orçamentário: o aumento que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) concederam a si mesmos – ainda depende de aprovação no Senado – pode inviabilizar a folha de …

Universidade de São Paulo abre inscrições para curso gratuito sobre Harry Potter

O universo de Harry Potter continua conquistando gerações. Desde o lançamento do primeiro romance em 1997 (A Pedra Filosofal), foram mais de 450 milhões de cópias vendidas, traduções para 73 idiomas e o surgimento de …

Polícia catalã abate homem que invadiu delegacia aos gritos de “Alá é grande”

O homem de 29 anos, de origem argelina, foi abatido, na manhã desta segunda-feira (20), depois de ter tentado invadir uma delegacia catalã armado com uma faca aos gritos de “Allahu Akbar”. Segundo o El País, …

Juiz solta empresário filmado agredindo a esposa; imagens fortes

O juiz Fabiano Ribeiro abriu mão da fiança e permitiu que o empresário Giorgio Alan Bortolin dos Santos, preso em flagrante após ser filmado por uma câmera de segurança agredindo a própria mulher, responda ao …

“Bola de fogo” 40 vezes mais brilhante que a Lua cheia atravessa os EUA

Uma bola de fogo cruzou o céu do estado norte-americano do Alabama durante a noite de sexta-feira (17). A NASA divulgou um vídeo, no qual mostra o objeto sobrevoando a cidade, com um feixe de …

Com curso gratuito, USP quer meninas cientistas

Meninas que sonham ser cientistas contam agora com o incentivo de um grupo de pesquisadoras e cientistas de São Paulo. É o projeto “Meninas com Ciência-2ª edição SP: de mulheres cientistas para meninas que sonham”, …

Ministra neozelandesa pedala até hospital para dar à luz

Titular do Ministério para Mulheres que estava grávida de 42 semanas brincou que escolheu bicicleta porque não havia "espaço suficiente no carro”. A ministra para Mulheres da Nova Zelândia deu à luz ao seu primeiro bebê …

Japão terá robôs "inteligentes" nas salas de aula para ensinar inglês

O Governo de Japão planeja introduzir nas salas de aula robôs com inteligência artificial (IA) capazes de falar inglês durante as aulas desta matéria, para ajudar as crianças a melhorar sua destreza oral, uma das …

Empresário britânico doa R$ 5 milhões para campanha contra o Brexit

O empresário britânico Julian Dunkerton, cofundador da marca de roupas Superdry, anunciou neste domingo (19) que apoia financeiramente a organização People's Vote, que milita pela realização de um novo referendo sobre o Brexit. A doação do …

Cientistas afirmam ter evidências de um universo anterior ao nosso

Cientistas afirmam que as evidências de universos passados ​​podem existir mesmo no céu noturno - sendo restos de buracos negros de outro universo. De acordo com a New Scientist, a ideia é baseada na Cosmologia Cíclica …